Relatório de pesquisa

Com o objetivo de atender ao princípio da transparência do uso dos recursos públicos pelo Governo Federal, o CNPq disponibiliza os relatórios de pesquisa apoiados com recursos financeiros por meio de suas chamadas públicas.

Trata-se, por um lado, de uma prestação de contas à sociedade dos recursos envolvidos no desenvolvimento científico, tecnológico e de inovação e, por outro, da divulgação dos resultados das pesquisas desenvolvidas pelos cientistas apoiados pelo CNPq.

Os resumos disponibilizados neste espaço foram redigidos pelos pesquisadores, por solicitação do CNPq, em uma linguagem cidadã, ou seja, em linguagem que possa ser entendida por aqueles que não são cientistas.

O texto contido nos resumos dos projetos é de inteira responsabilidade do pesquisador e envolve um esforço de popularizar a ciência para o público leigo.

A busca poderá ser realizada de várias formas e fica a critério do interessado utilizar palavra-chave, área do conhecimento, por título da pesquisa, por área do conhecimento, Unidade da Federação, nome do pesquisador, entre outras.

  • I Colóquio Internacional em Estudos Organizacionais

    Coordenador: Maria Ester de Freitas
    Currículo
    Área:Administração de Empresas

    Período de 06/07/2012 a 05/07/2013

    Os estudos organizacionais são uma área consolidada da Administração,que objetiva a análise da natureza das organizações nas sociedades onde estão inseridas. A complexidade do cenário atual impõe uma investigação cada vez mais aprofundada dos fenômenos sociais e organizacionais, portanto somente o caráter interdisciplinar do saber pode ajudar a construir novas respostas para os problemas e dilemas atuais. O programa debatido colocou em evidencia os assuntos nos quais os melhores pesquisadores do Brasil no campo tem dedicado a sua atenção, como: a questão do ensino e da pesquisa, as interfaces da área, as perspectivas criticas e culturais e o que alguns c0olegas internacionais estão estudando, como o caso da transparência de informações e seus impactos na vida organizacional, bem como um cenário de crise e o posicionamento de empresas francesas face á esta dura realidade.

    interfaces ensino temáticas novas
  • Tecnologias para Produção de Plantas Medicinais Selecionadas pelo SUS de Minas Gerais

    Coordenador: Maira Christina Marques Fonseca
    Currículo
    Área:Fitotecnia

    Período de 09/11/2010 a 20/09/2013

    A prática de uso espécies medicinais nos cuidados com a saúde tem aumentado e contribuido para o desenvolvimento de políticas públicas e a implantação de Programas de ?Farmácia Viva? em municípios brasileiros. Em 1988, foi publicada a Resolução CIPLAN N.º 08/1988 que normatiza a implantação da fitoterapia nos Serviços de Saúde, sendo os principais instrumentos norteadores para o desenvolvimento de ações e programas de Plantas Medicinais e Fitoterapia na saúde pública: a Política Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos (PNPMF), o Decreto Presidencial nº. 5813, de 22 de junho de 2006, o qual traz diretrizes para desenvolvimento da cadeia produtiva de plantas medicinais e fitoterápicos; e a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC) no SUS, Portaria nº 971, de 03 de maio de 2006, do MS, que contempla diretrizes, ações e responsabilidades dos entes federais, estaduais e municipais para inserção de serviços na rede pública, entre outras práticas, as plantas medicinais e a fitoterapia. Neste sentido, a elaboração do Programa Estadual ?Componente Verde?, vem de encontro às recomendações das Políticas Nacionais e reveste-se de importância estratégica para ampliação das opções terapêuticas aos usuários do SUS-MG, incentivando a promoção do uso racional e sustentável da biodiversidade mineira e desenvolvimento da cadeia produtiva de plantas medicinais com geração de emprego e renda aos agricultores familiares. Para iniciar o trabalho de inserção da fitoterapia o ?Componente Verde? selecionou 13 espécies medicinais para serem disponibilizadas no SUS-MG, no entanto, não se tem tecnologias de cultivo para a maioria delas. Este projeto visa desenvolver tecnologias de cultivo, colheita, secagem e armazenamento para as espécies medicinais selecionadas contribuindo assim para o fornecimento de um material vegetal de qualidade e em quantidades adequadas para o SUS do Estado.

    agricultura familiar plantas medicinais agrotecnologias SUS-MG
  • MODULAÇÃO DA EXPRESSÃO DE GÊNICA POR COMPOSTOS ORGÂNCOS DE SELÊNIO E TELÚRIO: IMPLICAÇÃO NO DESENVOLVIMENTO DE FÁRMACOS

    Coordenador: Joao Batista Teixeira da Rocha
    Currículo
    Área:Toxicologia

    Período de 29/07/2008 a 30/07/2013

    O projeto teve como objetivo a implementação de novas técnicas bioquímica e moleculares para estudar efeitos de agentes tóxicos em modelos animais. Basicamente, introduzimos no laboratório técnicas de quantificação da expressão de genes (que são regiões do material genético que darão origem a proteínas). As proteínas são moléculas que irão "fazer o que um organismo é, isto é, o conjunto de nossas proteínas são o nosso fenótipo). Do ponto de vista da toxicologia molecular, visamos estudar genes que possam ser indicadores iniciais de alterações moleculares induzidas por agentes tóxicos. Chamamos tais genes ou proteinas de marcadores moleculares ou "end-point" moleculares da toxicologia de um dado agente. A identificação precoce de alteração na expressão de um gene ou na atividade de uma proteína pode dar uma idéia sobre a toxicologia de uma gente. Tecnicamente falando, o objetivo do projeto era implementar técnicas que são corriqueiras em diversos laboratórios no Brasil e no mundo, mas que poderiam representar um avanço para as nossas linhas de pesquisas, tanto no nosso laboratório como nos laboratórios de nosso programa de pós graduação. Neste sentido, conseguimos implementar estas técnicas e estamos trabalhando agora principalmente com moscas da fruta (D. melanogaster). As moscas são um bom modelo experimental e evitam o uso de roedores e outros mamíferos, o que é muito desejável do ponto de vista ético e experimental. Além disto, os 5 bolsistas que usaram a bolsa, todos são agora professores de universidade públicas brasileiras e estão atuando na formação de pessoal de graduação e pós graduação. Além disto, vários deles tiveram um bom treinamento no que toca a executar atividades junto a estudantes do ensino básico, o que visa "aproximar quem faz ciência de quem ensina ciência". Com isto esperamos que exista uma visão mais agradável do que é fazer ciência e, médio prazo, possamos melhorar o quadro péssimo que se encontra o ensino de ciências no Brasil.

    antioxidante expressão gênica selênio telúrio Fármacos
  • PROTEOMICA DO PLASMA SEMINAL E CELULAS ESPERMATICAS: ESTRATÉGIAS PARA IDENTIFICAÇÃO DE MARCADORES MOLECULARES DE PROCESSOS REPRODUTIVOS

    Coordenador: Arlindo de Alencar Araripe Noronha Moura
    Currículo
    Área:Reprodução Animal

    Período de 12/07/2010 a 11/07/2013

    A proteomica é uma tecnica e abordagem de pesquisa que visa estudar as proteinas presentes em amostras de celulas, tecidos ou secrecoes de qualquer individuo. Assim, a fisiologia, capacidade de adaptacao e producao dos animais depende da acao de proteinas e os estudo das mesmas é fundamentao para se compreender como tais animais vivem e produzem. A reproducao no macho depende, dentre outros tantos fatores, da moltilidade e funcao espermatica. No presente trabalho, identifica-se as principais proteinas do semen de carneiros de racas adaptadas ao semi-arido e como tais proteinas estao correlacionadas com aspectos dos espermatozoides. Assim, pode-se, no futuro, utilizar estas proteinas como ferramentas de diagnostico da fertilidade potencial de animais de producao ou qualidade das amostras de semen que serao utilizadas para inseminacao artificial.

    espermatozoide plasma seminal proteomica Nordeste fertilidade ruminantes
  • Dengue: IV Fórum de Ciência e Tecnologia

    Coordenador: Maria da Glória Lima Cruz Teixeira
    Currículo
    Área:Saúde Pública

    Período de 14/08/2012 a 13/08/2013

    Entende-se que reuniões científicas sobre temáticas específicas são importantes para discutir o problema em foco e evidenciar as lacunas no conhecimento, tornando possível identificar caminhos possíveis a serem trilhados no sentido de superação das dificuldades, principalmente, visando aprimorar as medidas de controle da doença. Nesta perspectiva, os Fóruns de Ciência e Tecnologia em Dengue, que vêm sendo realizados em Salvador, a cada dois anos, constituem um espaço para exposição e debates de especialistas do Brasil e de outros países sobre o conhecimento produzido pelas pesquisas acerca determinado tema nos últimos anos, sintetizando os avanços que vêm sendo obtidos no que tange à prevenção e controle da dengue. Neste IV Fórum foram abordados temas como: vacinas contra dengue que estão em fase mais avançadas de desenvolvimento, novas tecnologias de combate vetorial, manejo clínico do paciente com dengue visando diminuir os óbitos, dentre outros. Após os debates, ficou evidente a importância da comunidade científica nacional e internacional, bem como das empresas e institutos de pesquisa para continuar investindo nos esforços para obter uma vacina eficaz e segura para uso em populações. Também ficou patente que, dada a complexidade para obtenção, em curto e médio prazo, desta vacina ideal, é necessário continuar engendrando esforços para aperfeiçoar as medidas de combate vetorial no propósito de reduzir a magnitude das epidemias de dengue. As conclusões e propostas do Fórum foram repassadas para dirigentes do Ministério da Saúde, parceiro na organização e promoção deste evento, com o objetivo de serem consideradas na definição de iniciativas concretas passíveis de serem adotadas.

  • Inserção internacional de governos locais e o repensar de escalas geográficas

    Coordenador: Márcia da Silva
    Currículo
    Área:Geografia Humana

    Período de 25/08/2010 a 24/08/2013

    A pesquisa realizada sob o título ?Inserção internacional de governos locais e o repensar de escalas geográficas? demonstrou que a gestão pública estratégica dos governos locais no Brasil ainda subordina-se às definições do governo federal. No entanto, mais recentemente (anos 2000), os próprios governos locais têm tomado iniciativas paralelas visando ampliar sua participação nas relações internacionais. O estímulo para esta decisão encontra-se nas oportunidades abertas por alguns elementos do processo de globalização e, no caso do Paraná, especialmente por aqueles advindos das relações diretas com Argentina, Uruguai e Paraguai em razão das ?três fronteiras? geográficas (mas não somente a elas). São novas perspectivas que fortalecem a discussão sobre a efetividade de ações internacionais descentralizadas por governos locais que buscam relacionar-se com seus parceiros nos processos de integração regional ou internacional por razões, sobretudo, de necessidades práticas. A inserção, então, configura-se em ações políticas de governos, de movimentos sociais, de empresas, de organizações e de grupos de interesses diversos, dependendo das condições específicas de cada município. Estas têm, apesar dos entraves impostos pela legislação, constituído-se em potenciais agentes de desenvolvimento socioeconômico e territorial.

    Poder político local Inserção internacional escalas geográficas
  • Fortalecimento da Rede Nacional de Combustão e Capacitação de Recursos Humanos em Combustão e Gaseificação

    Coordenador: Luís Fernando Figueira da Silva
    Currículo
    Área:Ética

    Período de 19/10/2010 a 18/10/2013

    Produzindo mais de 80% da energia utilizada no país, a combustão é um processo estratégico para a economia. Gerar conhecimento novo e relevante em combustão, capaz de promover nosso desenvolvimento de forma sustentável, é o principal objetivo da Rede Nacional de Combustão. O processo de combustão é responsável mais de 85% da energia utilizada pelo homem. Ele permeia quase todos os setores de uma sociedade, em qualquer parte do mundo, independentemente do seu grau de desenvolvimento. Por isto mesmo combustão é um processo estratégico para a economia dos países. No caso do Brasil, estima-se que 80% da energia utilizada no país seja oriunda da queima de derivados de petróleo, gás natural, carvão mineral, lenha, carvão vegetal e de resíduos agroindustriais, ou seja, por processos de combustão. A combustão tem enorme impacto na agricultura, no setor industrial, nos transportes e na geração de energia elétrica; portanto, no próprio desenvolvimento. A Rede Nacional de Combustão é uma rede de excelência de profissionais e instituições que atuam de forma cooperativa na pesquisa, desenvolvimento e uso de processos, equipamentos e sistemas da área de combustão. Hoje, há mais de 25 atores na rede, entre universidades, institutos de pesquisa, empresas fabricantes de equipamentos e sistemas, empresas geradoras de energia, empresas consumidoras de energia e associações do setor produtivo. O Brasil tem uma posição paradoxal. Se, de um lado, contamos com um grande número de pessoas trabalhando na área, por outro, temos uma presença social e econômica ainda relativamente pequena. E em nível internacional, ainda somos um grupo praticamente invisível. Queremos aumentar nossa presença em nível nacional e fazer com o que o número de pessoas corresponda efetivamente à importância que o nosso país tem em termos de PIB internacional. Ou seja, a nossa produtividade científica e tecnológica deve corresponder à produtividade econômica do país.

    Gaseificação Explosões Detonações Chamas Deflagrações Combustão
  • Química Nova Interativa: portal difusor da Química

    Coordenador: Jailson Bittencourt de Andrade
    Currículo
    Área:Análise de Traços e Química Ambiental

    Período de 02/08/2011 a 01/08/2013

    Estamos na era do conhecimento. A informação está disponível amplamente, proveniente das mais variadas fontes e de origem ora confiável ora enganosa. O maior desafio atual dos professores e estudantes não é obter a informação, mas sim separar a confiável, classificá-la e interpretá-la. Nesta nova era o manejo adequado da informação no processo educativo só será atingido através da integração da ciência, como forma de pensar, com o ensino. Esta conexão precisa ser feita em todos os níveis do processo, pois só assim será possível atingir uma nova era em que a intensificação da criatividade predomine. Os livros e grande parte do material bibliográfico disponível não suportam adequadamente a conexão e abordagem apresentadas neste texto. Nesse sentido, a SBQ, apresentou aos sócios e a sociedade em geral o seu novo projeto: Química Nova Interativa, QNInt. Uma flecha que mira o futuro. Uma concepção que pretende ser ¿uma metamorfose ambulante¿! QNInt é o Portal do Conhecimento da SBQ, cujo objetivo é prover instrumentação para a formação em Química, acreditada, para utilização por estudantes e professores em todos os níveis de formação, primando pela iteratividade e a atualização das informações. Em resumo, a conexão entre Ciência e Educação já chegou à área de Química!

    QNInt conectando ciencia e educacao portal do conhecimento em quimica
  • Carbono orgânico do solo em povoamentos de Pinus spp.: padrões, mudança e controles edáficos

    Coordenador: Yuri Lopes Zinn
    Currículo
    Área:Solos Florestais

    Período de 14/12/2010 a 13/08/2013

    O reflorestamento com espécies exóticas sempre foi uma atividade polêmica em todo o mundo, uma vez que em vários casos ocorrem impactos negativos nos serviços ambientais (por ex., regulação do ciclo hidrológico, biodiversidade, etc.) desempenhados pelo solo. Em relação ao ciclo do C, o sequestro de CO2 efetuado pela alta produtividade de madeira desses plantios florestais (em comparação com florestas nativas) é por vezes reduzido ou mesmo anulado por perdas de carbono orgânico do solo (COS). A maioria dos estudos realizados no Brasil envolve solos sob plantios de eucalipto (Eucalyptus sp.), e embora a área plantada com pinheirais (Pinus sp.) seja também grande, há muito menos estudos sobre os efeitos dessas espécies no solo, e em geral restritos à região Sul do País. Este projeto buscou suprimir esta lacuna do conhecimento, ao amostrar solos sob plantios de Pinus e florestas nativas vizinhas em quatro diferentes solos localizados na transição geográfica Cerrado-Mata Atlântica em Minas Gerais. Observou-se que em dois solos não houve efeito do plantio de Pinus nos teores de COS até 1 m de profundidade. Nos outros dois solos onde houve mudança no teor de COS, isto parece devido mais à movimentação vertical do que à perdas propriamente ditas, pois em apenas 1 solo houve perda significativa de estoques de COS até 40 cm de profundidade.

    sequestro de C matéria orgânica do solo reflorestamento
  • II International Symposium on Integrated Crop-Livestock Systems

    Coordenador: Paulo César de Faccio Carvalho
    Currículo
    Área:Pastagem e Forragicultura

    Período de 22/08/2012 a 21/08/2013

    Como a sociedade enfrenta atualmente o fim da energia barata e uma consciência crescente de alterações climáticas associadas ao aumento das concentrações de gases de efeito estufa é provável que surjam um aumento na expansão da população humana e a expansão da concorrência para o fornecimento de água e alimentos. Temos de melhorar os sistemas agrícolas do passado para enfrentar o desafio iminente de segurança alimentar de encontro para uma população humana crescente, ao mesmo tempo, preservar/melhorar a qualidade ambiental associados à produção agrícola e a adaptação dos sistemas de cultivo para os perigos e incertezas das mudanças climáticas e flutuações de preços de commodities. Estes objetivos aparentemente opostos podem ser realizados simultaneamente pela colheita melhor integração e sistemas de produção animal para alcançar sinergias econômicas, sociológicas, ecológica, energética, ambiental, e biogeoquímicos e eficiência.

    integração lavoura-pecuária rotação de culturas sistemas de produção sustentabilidade
  • Mostrando 1 - 10 de 52030 resultado(s).
  • Página: 
  • Primeiro 
  • Anterior 
  • Próximo 
  • Último