Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Ana Regina Barros Rêgo Leal

Ciências Sociais Aplicadas

Comunicação
  • rede nacional de combate à desinformação – entre a pesquisa e a extensão _
  • Lançada em setembro de 2020, a RNCd (https://rncd.org/ ) consiste em uma rede de parceiros de diversas áreas do conhecimento, das cinco regiões brasileiras e de distintas formas de composição, atuação e objetivos, e que trabalham em prol de da informação enquanto conhecimento comunicado. A RNCd Brasil atualmente possui 125 parceiros e tanto se compõe por parceiros com atuação direta junto à sociedade como os aplicativos, os coletivos e projetos de fact-checking, os laboratórios, os observatórios, as redes, as agências de diversas naturezas, os projetos de divulgação científica, os projetos de comunicação educativa, as instituições do campo da comunicação e da educação, as organizações não governamentais, os sites de notícia, os movimentos populares; como também por núcleos, grupos e projetos de pesquisa, dentre outros. Nesse sentido, este projeto se posiciona como uma segunda fase e objetiva viabilizar o crescimento da RNCd tendo em vista alguns polos principais de atuação para os próximos anos. O primeiro deles volta-se para o incentivo à visibilidade para a pesquisa na área, nesse sentido, temos a pretensão de criar uma página que se coloque ao público como um grande repositório das pesquisas da rede sobre o fenômeno e o ambiente da desinformação no Brasil e no mundo. O segundo polo de interesse do presente projeto é a organização de uma página em que possamos colocar o acervo de narrativas desinformacionais recebidas pelo aplicativo @Eufiscalizo (parceiro da RNCd) constituindo um grande banco de dados disponível para a pesquisa. O terceiro foco do atual projeto se refere a uma reformulação do atual site objetivando dar maior visibilidade à produção dos mais de 120 parceiros. O quarto ponto será a gestão profissional das redes sociais da RNCd. O projeto prevê ainda a realização de eventos nacionais bimensais e outros de natureza acadêmica que teriam periodicidade anual e uma publicação anual.
  • Universidade Federal do Piauí - PI - Brasil
  • 15/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Ana Rieger Schmidt

Ciências Humanas

Filosofia
  • mulheres na história da filosofia: desafios metodológicos
  • O projeto "Mulheres na história da filosofia: desafios metodológicos" pretende contribuir para a inclusão de filósofas no cânone filosófico. O projeto se insere em três áreas da história da filosofia - antiga, medieval e moderna - centrando-se sobre as contribuições de três figuras centrais: as pitagóricas (as primeiras e as tardias), Christine de Pizan e Anne Conway. O projeto visa consolidar o estudo dessas mulheres no Brasil, assim como contribuir para sua integração à historiografia especializada, a qual tradicionalmente ignora a produção de mulheres. A proposta está organizada em atividades que, no cenário nacional, contribuirão para a mudança do imaginário público acerca do valor e presença das mulheres na História da Filosofia: workshops, obtenção de acervo bibliográfico às instituições envolvidas, promoção de debate nacional e internacional sobre o tema e uma ou mais publicações resultantes do debate promovido nos workshops.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Ana Roberta da Silva Paulino

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • estudo climatológico da maré lunar na região da mesosfera e baixa termosfera.
  • A maré atmosférica lunar desempenha um papel importante na dinâmica da mesosfera e baixa termosfera, pois responde às mudanças que ocorrem nas condições básicas da atmosfera. Eventos associados à atividade solar e aos aquecimentos súbitos da estratosfera polar modificam as condições básicas da atmosfera e, consequentemente, a forma como a maré se propaga dentro da atmosfera. Desta maneira, o presente projeto tem como objetivo investigar a dependência da maré atmosférica lunar na região da mesosfera e baixa termosfera em relação à atividade solar a partir das medidas de temperatura fornecidas pelo instrumento SABER/TIMED no período de 2002 a 2021. O período de estudo compreende dois ciclos solares e possui uma quantidade relevante de eventos de aquecimento da estratosfera que torna possível desenvolver um estudo climatológico do comportamento desta oscilação. Além das medidas de temperatura, deverão ser utilizadas observações de ventos da região da mesosfera e baixa termosfera e parâmetros ionosféricos como conteúdo eletrônico total, frequência crítica e altitude da camada F da ionosfera para corroborar os estudos. A metodologia que será empregada neste estudo consiste em determinar a assinatura da maré lunar nos campos atmosféricos ( método dos mínimos quadrados) e analisar quais os índices que serão utilizados para analisar a atividade solar. Além disso, será necessário classificar os eventos de aquecimento súbito da estratosfera polar e investigar suas influências na variabilidade da maré lunar. Com o desenvolvimento dessa pesquisa espera-se entender os efeitos da atividade solar na assinatura da maré atmosférica lunar nas medidas de temperatura e contribuir para o entendimento do processo de acoplamento das atmosferas neutra e ionizada, além de investigar a propagação vertical da maré lunar na atmosfera. O presente projeto também está estritamente relacionado com a formação de pessoal qualificado a nível de graduação, mestrado e doutorado na UEPB.
  • Universidade Estadual da Paraíba - PB - Brasil
  • 07/02/2022-28/02/2025