Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Vinicius Batista Santos

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • aplicabilidade do diâmetro da veia cava inferior como indicador clínico dos diagnósticos de enfermagem em pacientes com insuficiência cardíaca aguda
  • Introdução: A Insuficiência Cardíaca Descompensada (IC Aguda) está associada à manifestação de indicadores clínicos relacionados à retenção volêmica e ao baixo débito cardíaco. Esses sinais clínicos subsidiam a identificação de alguns diagnósticos de enfermagem (DE). O uso de dados mais objetivos, como exames laboratoriais, ou de exames de imagem tem permitido que os enfermeiros identifiquem os DE com maior precisão, porém não foram identificados estudos que utilizaram o tamanho e a distensibilidade da veia cava inferior avaliados pela ultrassonografia para subsidiar a identificação dos DE passíveis de serem identificados em pacientes com IC Aguda. Objetivo: Analisar as evidência de validade de construto clinico dos diagnósticos de enfermagem Volume Líquidos Excessivo (VLE, 00026), Tolerância à atividade diminuída (TAD, 00298) e Débito Cardíaco Diminuído (DCD, 00029) e a aplicabilidade do diâmetro da veia cava inferior como indicador clínico desses diagnósticos. Método: Estudo de validação de construto clínico diagnóstico que será será realizado nas unidades de Cardiologia de um hospital público universitário. Serão incluídos os pacientes hospitalizados por IC Aguda. A variável dependente será a presença e o número de características definidoras (CD) dos diagnósticos de enfermagem (DE) VLE, TAD e DCD e a variável independente o diâmetro e o grau de distensibilidade da veia cava inferior. As características definidoras serão avaliadas conforme as definições conceituais e operacionais validadas em outros estudos e será validada a definição conceitual e operacional da mensuração da veia cava inferior. Os pacientes serão avaliados até 12 horas da admissão hospitalar, 48 horas após a primeira avaliação e na alta hospitalar ou no 7º dia de internação. A presença dos diagnósticos de enfermagem será avaliado pelo método de análise de classe latente e será calculado a sensibilidade e especificidade de cada CD inclusive o diâmetro da veia cava inferior.
  • Universidade Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 07/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Vinicius Caliman

Engenharias

Engenharia Química
  • nanofluidos para recuperação avançada de petróleo: redução de custos em campos maduros
  • A exploração e produção de petróleo no país, iniciada no início dos anos 40, está atrelada as descobertas realizadas no âmbito onshore e na região Nordeste, como por exemplo o campo petrolífero de Candeias na Bahia. As descobertas desses campos, mesmo que com pequena produtividade incentivaram, no ano de 1953, a criação da empresa estatal “Petróleo Brasileiro S.A.”, mais conhecida como Petrobras. Com o passar dos anos, novas prospecções ampliaram a produção petrolífera no país, e, com a descoberta de reservas no âmbito offshore, em 1968 a empresa iniciou a exploração de petróleo em águas profundas. A maior reserva de petróleo do país, a Bacia de Campos, foi descoberta no ano de 1974 e, mais recentemente, no ano de 2007, o governo brasileiro anunciou a descoberta de um novo campo de exploração com poços localizados a sete mil metros de profundidade, o chamado Pré-sal. Em função da alta produtividade do Pré-sal, a produção de petróleo do Brasil vem crescendo vertiginosamente. Na contramão desse crescimento, os campos de petróleo responsáveis pelo início da indústria de petróleo no Brasil, têm sua produção diminuindo acentuadamente, como é o caso das bacias sedimentares de Alagoas, Espírito Santo-Mucuri, Potiguar, Recôncavo e Sergipe e também da bacia de Campos. O início da vida do campo é marcado por um aumento acentuado de sua produtividade e baixo investimento. Após alcançado o pico de produção, a produtividade entra em declínio e, na sequência, o campo atinge a fase de maturidade, caracterizada por um menor retorno financeiro. Nesta fase, novos investimentos se fazem necessários no intuito de mitigar esse declínio. Neste contexto estratégias como a criação de novos poços de adensamento de malha, a aplicação de métodos de recuperação avançada e o desenvolvimento de novas tecnologias de recuperação tem recebido destaque. Em dezembro de 2020, com uma resolução do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE), o governo brasileiro criou o Programa de Revitalização e Incentivo à Produção de Campos Marítimos (Promar). O programa tem como foco a revitalização dos campos maduros offshore com o objetivo principal de extensão da vida útil desses campos bem como do aumento do fator de recuperação. Estima-se que, até o final de 2030, o consumo de energia deve aumentar em torno de 50% se comparado aos níveis atuais. Eventualmente esse patamar não será atingido pelo uso exclusivo de recursos renováveis e, portanto, denota-se uma categórica e progressiva demanda por petróleo como recurso energético prioritário. Com o declínio em descobertas de petróleo e gás nas últimas décadas, acredita-se que o aumento dos fatores de recuperação dos campos maduros através de técnicas de recuperação avançada de petróleo terá um papel decisivo para suprir a demanda de energia nos próximos anos. Desta forma, a revitalização de campos maduros, deve atrair esforços e investimentos de empresas especializadas no desenvolvimento de novas tecnologias de recuperação avançada capazes de aumentar a produtividade desses campos. Em dezembro de 2017 iniciamos a execução do projeto de P&D intitulado “Nanofluidos híbridos de copolímeros de acrilamida e nanomateriais de carbono para a recuperação melhorada de petróleo”, e está sendo desenvolvido no Centro de Tecnologia em Nanomateriais e Grafeno, CTNano/UFMG, que possui uma infraestrutura com equipamentos e laboratórios adequada para a realização de todas as etapas para validações experimentais objetivadas. Nesse projeto de P&D, financiado pela Petrobras, foram otimizadas as sínteses e executadas algumas etapas de aumento de escala de nanomateriais de carbono (NMC) e testes em nanofluidos em laboratório. A síntese e a modificação química de NMC em condições economicamente viáveis, têm sido a principal linha do grupo proponente, assim como a produção e a validação do aumento de escala dos NMC com modificação química customizada que atendam às necessidades do projeto e com redução dos custos de produção. O produto que foi desenvolvido na fase I deste projeto é um nanofluido a base de materiais poliméricos e óxido de grafeno que oferece uma solução mais eficiente e proporciona um aumento no fator de recuperação em campos maduros. Este nanofluido apresenta propriedades superiores como maior estabilidade e maior viscosidade em condições de reservatório, se comparadas aos fluidos poliméricos tradicionalmente utilizados e disponíveis no mercado. Testes em laboratório demonstraram que os nanofluidos desenvolvidos apresentam um ganho de viscosidade médio em relação ao fluido de referência de cerca de 70% em condições severas de reservatório, isto é, temperatura de 70ºC e força iônica de 0,6 (alta salinidade). Em ensaios de envelhecimento em ambiente relevante, o nanofluido desenvolvido apresentou uma maior estabilidade uma vez que após 90 dias, a viscosidade média continuava apresentando ganhos de até 50% em relação ao fluido comercial de referência. Foram ainda desenvolvidas várias formulações de nanofluidos que permitem a sua customização de acordo com as características requeridas no momento de sua aplicação, fornecendo ao produto, grande versatilidade. O nanofluido desenvolvido neste projeto viabiliza uma redução de 16,3% no custo diário de operação se comparado ao produto comercial utilizado hoje. Levando em conta que a viscosidade do nanofluido ao final de 3 meses é 50% maior que a do produto comercial, estima-se que, ao final desse tempo, além da diminuição significativa do custo diário de injeção, o fator de recuperação de petróleo pode ser muito superior ao obtido com o produto comercial, uma vez que ele apresenta relação direta com a viscosidade do fluido de injeção.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 27/09/2021-31/03/2023
Foto de perfil

Vinícius Costa da Silva Zonatto

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • antecedentes que determinam a propensão de gestores subordinados ao compartilhamento de informações privadas nos processos orçamentários
  • Este projeto propõe analisar os efeitos antecedentes da configuração orçamentária no compartilhamento de informações verticais e das atitudes do supervisor na propensão de gestores subordinados ao compartilhamento de informações privadas. Busca ainda compreender reflexos consequentes de tais interações em atitudes gerenciais e no desempenho gerencial em atividades orçamentárias. O orçamento é um importante instrumento de controle gerencial utilizado para fins de planejamento, comunicação, motivação e avaliação de desempenho. Por se tratar de um instrumento utilizado para estes fins, exerce influência nas cognições e no comportamento humano no trabalho. Apesar de sua importância no contexto gerencial, pouca atenção é dada pela literatura gerencial brasileira aos efeitos da configuração orçamentária no compartilhamento de informações e os efeitos dessas interações na propensão de gestores subordinados ao compartilhamento de informações privadas, em atitudes gerenciais e no desempenho gerencial em atividades orçamentárias, lacunas teóricas exploradas neste projeto, a ser realizado com surveys com gestores com responsabilidade orçamentária em indústrias que atuam no País. Os resultados contribuem para o desenvolvimento dos conhecimentos existentes sobre as temáticas envoltas no projeto, revelando suas interações no contexto orçamentário de organizações que atuam no Brasil, bem como antecedentes e consequentes à propensão de gestores subordinados ao compartilhamento de informações privadas. A transferência de experiências e novos conhecimentos produzidos, impacta a estruturação de instrumentos de controle gerencial, empresas de consultoria empresarial, a pesquisa e práticas de gestão orçamentária das organizações, impulsionando o desenvolvimento científico e tecnológico na área de conhecimento, por meio de mudanças em processos operacionais e administrativos, e a melhoria de produtividade e competitividade das empresas, por meio de desempenhos gerenciais superiores
  • Universidade Federal de Santa Maria - RS - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Vinicius de Almeida Vale

Ciências Sociais Aplicadas

Economia
  • crescimento e disparidades regionais no pós-pandemia: avaliação de políticas setoriais a partir da análise aplicada de equilíbrio geral
  • O Brasil é marcado por significativas e persistentes disparidades regionais. Além disso, novos desafios foram impostos pela pandemia COVID-19. A doença provocou significativas mudanças no sistema econômico, o que levou diversos países a adotarem medidas de estímulo para contrabalançar os efeitos contracionistas em curso. Dessa maneira, esforços serão necessários para garantir a retomada da economia. Além disso, a questão regional e disparidades existentes deverão fazer parte das estratégias de política no pós-pandemia. Nesse contexto, o presente projeto de pesquisa tem por objetivo realizar uma análise prospectiva dos impactos sistêmicos de políticas setoriais no Brasil no pós-pandemia a partir de análises de equilíbrio geral. Para tal, propõem-se usar um modelo inter-regional para a economia brasileira. Os resultados obtidos permitirão identificar objetivamente o papel da eficiência setorial sobre as disparidades regionais, provendo informações que podem auxiliar a promover um melhor alinhamento entre as políticas setoriais, políticas de desenvolvimento territorial e políticas de retomada da economia no pós-pandemia. Vale destacar que, por se tratar de um modelo representativo por Unidades da Federação, os resultados poderão ser utilizados para direcionar políticas setoriais e regionais.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Vinícius de Amorim Silva

Outra

Ciências Ambientais
  • dinâmica de fragmentos florestais de mata atlântica e recursos hídricos por meio de geoprocessamento e inteligência artificial
  • A conservação de um bioma e da biodiversidade nele existentes é um dos fatores primordiais para a manutenção dos recursos naturais. Especificamente na região cacaueira, o bioma Mata Atlântica encontra-se ameaçado pelo manejo inadequado do extrativismo vegetal e da agropecuária. O cultivo tradicional do cacau, por meio do sistema agroflorestal Cabruca, é essencial para a conservação de espécies nativas originárias da Mata Atlântica e consequentemente para a manutenção dos recursos hídricos. O objetivo deste trabalho é avaliar a dinâmica de fragmentos florestais de Mata Atlântica, sistema agroflorestal (cacau cabruca) e disponibilidade dos recursos hídricos. Atualmente, existem dificuldades operacionais na distinção entre o sistema agroflorestal e a vegetação nativa, quando analisados por imagens de satélite, apresentam as mesmas características espectrais dos remanescentes florestais. Para isso, será necessário a aplicação de técnicas de geoprocessamento aliada aos métodos de programação computacional baseados na aplicação da inteligência artificial (IA), utilizando algoritmo de classificação como Random-Forest - RF e Support Vector Machine - SVM. Os estudos de campo serão conduzidos em áreas experimentais localizadas em alguns nos municípios pertencentes à Bacia Hidrográfica do Leste: Ilhéus, Itabuna, Itacaré, Itajuípe, Una, Buerarema, Camacã, Coaraci, Almadina, Uruçuca, Canavieiras, situadas no estado da Bahia. Ademais, serão avaliadas a qualidade da água e sedimentos na área de estudo. Espera-se produzir resultados satisfatórios por meio da validação dos modelos, por meio do índice Kappa, estatística não paramétrica, fornecendo subsídios técnicos e científicos por meio da inteligência artificial, geoprocessamento, produtos cartográficos digitais, vinculados principalmente à grande quantidade de informações de natureza espacial.
  • Universidade Federal do Sul da Bahia - BA - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Vinícius Diniz Mayrink

Ciências Exatas e da Terra

Probabilidade e Estatística
  • modelagem de dados sequenciais: espaçamento irregular, pontos de mudança, valores extremos, estrutura funcional e degradação
  • Este projeto de pesquisa tem 5 vertentes de estudo. O foco é desenvolver modelagens estatísticas para aprimorar as análises de dados com uma estrutura complexa, que não pode ser explorada por métodos simples ou convencionais. As 3 primeiras propostas lidam com dados sequenciais tendo espaçamento irregular. Na Vertente 1, o alvo é impor uma estrutura de dependência Markoviana, entre valores próximos, para configurar um método de detecção de pontos de mudança relativos aos parâmetros da distribuição geradora dos dados. A Vertente 2 também aplica essa dependência Markoviana, mas o alvo aqui é incorporar uma distribuição definida na Teoria de Valores Extremos para identificar observações altas ou baixas da série. A Vertente 3 está na área de dados funcionais, ela estabelece uma associação espacial entre curvas de locais diferentes e investiga a importância de modelar distâncias entre observações irregularmente espaçadas no domínio funcional. A Vertente 4 é um estudo, com metodologia de multi-partições, para identificar múltiplos pontos de mudanças em dados sequenciais. A Vertente 5 busca determinar melhor a distribuição do tempo de falha de elementos com elevada confiabilidade. Em termos metodológicos, o projeto irá: (i) adaptar um modelo HMM (Hidden Markov Mixture) para identificar pontos de mudanças em séries irregulares; (ii) adaptar o HMM para incorporar a distribuição GPD (Generalized Pareto) que acomoda naturalmente valores extremos; (iii) construir um modelo hierárquico Bayesiano para lidar com dados funcionais tendo dois níveis de dependência espacial (entre curvas e entre observações no domínio funcional); (iv) aprimorar limitações do Modelo Partição Produto para identificar pontos de mudanças no contexto multiparamétrico; (v) decompor a taxa de degradação em 2 componentes (para o tempo e para a unidade) e construir um modelo dinâmico de degradação para medidas positivas.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Vinícius Maran

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • recomendação sensível ao contexto de recursos e eventos em campus universitários utilizando aprendizagem de máquina
  • A computação ubíqua e suas possibilidades vêm despertando o interesse da indústria de hardware e software em várias áreas. Um dos tópicos na área de computação ubíqua trata da construção de ambientes inteligentes. Uma aplicação de ambientes inteligentes trata da criação de espaços inteligentes em universidades, criando campus universitários inteligentes. Por meio da utilização de artefatos da computação ubíqua, esses campus podem recomendar ou adaptar serviços de acordo com as necessidades dos usuários, gerenciando recursos. Uma característica das pesquisas é a necessidade de adaptação rápida do ambiente em relação às demandas, que podem ter diversas origens e contextos diferentes. Esta necessidade de adaptação é dependente da forma com que informações de contexto são coletadas e gerenciadas. Elas podem ser representadas de diversas formas e pesquisas recentes demonstram que a representação dessas informações baseada em ontologias apresenta vantagens importantes se comparada a outras soluções. Em outros domínios de aplicação, técnicas de aprendizado de máquina têm sido utilizadas para recomendar recursos e eventos que atendam necessidades e interesses específicos de alunos e professores nestes campus. Trabalhos recentes apresentam propostas de integração entre aprendizado de máquina e modelagem conceitual, a fim de aumentar, entre outras, a eficiência e a transparência dos sistemas de recomendação. Este projeto de pesquisa apresenta a proposta de conceituação e definição de um sistema de recomendação de recursos e eventos em campus universitários inteligentes, que implementa um modelo de integração que atua em conjunto com a definição formal de contexto através de ontologias para suportar recomendações sensíveis ao contexto em campus universitários. Pretende-se avaliar a aplicação da proposta em forma de serviços disponibilizados em aplicações-teste no campus universitário da UFSM.
  • Universidade Federal de Santa Maria - RS - Brasil
  • 23/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Vinícius Santos Andrade

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • inclusão e acessibilidade aplicada em feira de ciências
  • A educação inclusiva tem sido conceituada como processo de educar conjuntamente e de maneira incondicional, nas classes do ensino comum, alunos ditos típicos com alunos com necessidades especiais. Pelo reconhecimento do valor humano e dos direitos desses indivíduos, adotou-se como objetivo o oferecimento de educação para todos, e proclamou-se, entre outros princípios, a necessidade de inclusão da educação especial dentro dessa perspectiva. É diante desse novo paradigma educativo, em que a escola deve-se redefinir como uma instituição social que tem por dever atender a todos os alunos, sem exceção, que surgem os aspectos que se julgam principais na construção de uma proposta inclusiva e que serão aqui analisados. É neste contexto que a presente proposta tem como meta organizar uma feira de ciências, a ser realizada na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia de 2021. O tema desta feira será “Inclusão e Acessibilidade”. Esta feira de ciências será realizada no Centro Universitário Das Faculdades Associadas De Ensino – UNIFAE. Serão realizados experimentos e mostras que abranjam os cursos de graduação desta Universidade, de tal forma que cada área mostre, de forma criativa, soluções simples que possam impactar diretamente nas vidas das pessoas com necessidades especiais, e que ainda possa contribuir significativamente em ganhos individuais e no auxílio do seu desenvolvimento. A inclusão estará não somente inserida nos temas dos experimentos e mostras a serem apresentados, mas também, na participação da elaboração e execução dos mesmos, visto que a elaboração e execução desta feira contará com a participação de alunos inclusivos do ensino médio de colégios da rede pública do município de São João da Boa Vista - SP. Para isto, serão formados grupos de trabalho, os quais serão compostos por graduandos da UNIFAE, e alunos de ensino médio de colégios do município, tantos alunos típicos quanto alunos inclusivos. Durante todo o processo de elaboração dos experimentos, os grupos de trabalho acima citados, terão o suporte dos docentes da UNIFAE, e de uma equipe especializada em adolescentes e jovens com necessidades especiais, composta por terapeuta ocupacional, fonoaudióloga, psicóloga e pedagoga. Esta equipe irá acompanhar e dar o todo suporte necessário para que essa interação entre os alunos típicos e inclusivos seja a mais produtiva possível. A equipe auxiliará também todos os participantes envolvidos na feira, para que o aprendizado e desenvolvimento das relações interpessoais sejam positivas no que diz respeito ao convívio e no desenvolvimento do trabalho entre eles. Por fim, espera-se, ao final deste projeto, que todo o público envolvido (sejam elaboradores, executores ou expectadores), tenham adquirido conceitos e reflexões, tanto no âmbito científico quanto no âmbito social. No caso da equipe executora (alunos de graduação e alunos de ensino médio), que tenham amadurecido sua liderança, planejamento conhecimento, responsabilidade e relação interpessoal. Ainda no caso da equipe executora, que os alunos inclusivos tenham se deparado com suas próprias superações e capacidade de criar, participar e apresentar trabalhos. E por fim, que os expectadores da feira, ao terem acesso aos experimentos que tenham como tema inclusão social, possam aprender e refletir sobre dificuldades de pessoas com deficiências, assim como se conscientizarem de que os deficientes também apresentam capacidades e talentos. Por fim, espera-se que, através de uma dinâmica participativa, solidária e hospitaleira proporcionada para todos na Feira de Ciências, a deficiência seja vista como multiplicidade, que se constrói por meio da conexão e interação com todos os envolvidos neste projeto.
  • Centro Universitário das Faculdades Associadas de Ensino - SP - Brasil
  • 12/01/2021-31/01/2023
Foto de perfil

Vinícius Santos Andrade

Outra

Divulgação Científica
  • ciência ao alcance de todos
  • O presente projeto é apresentado em atendimento ao Edital 06/2021 - Semana Nacional de Ciência e Tecnologia – SNCT 2021 – A transversalidade da ciência, tecnologia e inovações para o planeta – Linha B, o qual oferece apoio financeiro a projetos de divulgação científica na área científica no sentido de incentivar iniciativas para promoção da divulgação científica e a melhoria da qualidade de educação. Para ser bem sucedido, o presente projeto contará com a participação da Faculdade Municipal Professor Franco Montoro (FMPFM), localizada na cidade de Mogi Guaçu – SP, numa distância de aproximadamente 60 km de São João da Boa Vista. Consideramos que um projeto desta importância necessita de temas que atraiam não somente a atenção dos alunos, mas também que desperte a curiosidade de pessoas de todas as idades, classes sociais e níveis de instrução, além de esclarecer alguns mitos, verdades e dúvidas sobre qualquer tema da área científica e tecnológica. É neste contexto que a presente proposta tem como meta a divulgação da ciência e tecnologia. Serão realizadas visitas da equipe executora as escolas, visita dos alunos as instituições participantes do projeto e serão oferecidas oficinas para os alunos e a população em geral dos mais variados temas, onde o principal objetivo da oficinas será a divulgação e popularização da ciência e tecnologia.
  • Centro Universitário das Faculdades Associadas de Ensino - SP - Brasil
  • 06/10/2021-31/10/2023
Foto de perfil

Vinícius Tavares Guimarães

Ciências Humanas

Psicologia
  • xiv mostra de ciências e tecnologias do ifsul câmpus charqueadas - mocitec 2020
  • Atualmente, a partir das facilidades de acesso a informação, cresce a necessidade de se trabalhar na formação de um sujeito crítico e consciente de seu papel na sociedade. Assim, desenvolver a habilidade de filtrar, interpretar e aplicar de forma adequada os conhecimentos adquiridos se torna fundamental para uma formação plena e em conformidade com as atuais expectativas sociais. Faz parte desse processo saber pesquisar e selecionar de forma crítica as informações disponíveis, aplicando-as em experimentos e, possibilitando assim, a constituição do espírito científico. Quando tais ações são materializadas nos níveis fundamental, médio, técnico e superior, além de oportunizar a pesquisa aplicada, preparam e aproximam os estudantes da pesquisa acadêmica. Sob esta perspectiva, as Mostras e Feiras se consolidam como um meio para estimular e instigar os estudantes a desenvolverem projetos científicos, propiciando, adicionalmente, a divulgação e discussão sobre os resultados obtidos. A realização da XIV MOCITEC (2021) se coaduna a este cenário, invocando docentes e discentes para o desenvolvimento de projetos e experimentos. Os resultados provenientes das edições anteriores denotam a importância deste tipo de evento para a comunidade, pois, obtiveram resultados extremamente expressivos no âmbito nacional e internacional. Dessa forma, especificamente, a proposta apresentada para este edital visa a solicitação de recursos para a realização da XIV MOCITEC (2021), a qual é fundamental para que se mantenha acesa a chama do espírito investigativo, instigando e encorajando docentes e estudantes a formalizarem suas experiências e apresentá-las, desvelando saberes e revelando habilidades e competências.
  • Instituto Federal Sul-Rio-Grandense - RS - Brasil
  • 29/12/2020-31/12/2022