Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Vadim Viviani

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • desenvolvimento de insumos bioluminescentes para análises ambientais, imunoensaios e bioimagem
  • A bioluminescência, a emissão de luz visível por reações luciferina-luciferase por organismos, tem sido utilizada a várias décadas para finalidades bioanalíticas. Enzimas luciferases de vagalumes e seus genes são empregadas como reagentes luminescentes em kits para avaliar a qualidade de águas, contaminação microbiológica de alimentos e bebidas, e seus genes como sondas bioluminescentes para marcação celular, biossensores, testes de citotoxicidade, e prospecção de drogas antivirais, antibacterianas e anticancerígenas pela indústria farmacêutica. Estas aplicações utilizam produtos e tecnologias importados. O nosso grupo de pesquisa tem se destacado mundialmente no estudo da bioluminescência e estrutura e função de luciferases clonadas a partir de besouros de biomas brasileiros, tendo identificado os determinantes estruturais da atividade luminescente, dos espectros de bioluminescência, sensibilidade ao pH e metais. A partir destes conhecimentos, estamos agora desenvolvendo luciferases com propriedades de luminescência otimizadas (brilho, cinética e espectros, e sensibilidade a pH) para emprego como reagentes, biossensores de pH e de metais, genes repórter para bioimagem, e imunoensaios bioluminescentes. Considerando a demanda por reagentes e tecnologias bioanalíticas sensíveis nacionais para monitorar os problemas emergentes como a pandemia, crise ambiental e problemas de qualidade que afetam a indústria, planejamos usar estas luciferases para desenvolver insumos bioluminescentes que possam atender estes setores, a saber: biossensores de cádmio e mercúrio; reagentes bioluminescentes para imunoensaios (SARS-CoV-2); genes repórter bioluminescentes mais eficientes para marcação e bioimagem de vírus, células e acompanhamento de crescimento de tecidos em biomateriais. A associação da bioluminescência com nanopartículas, e com tecnologia de smartphones, poderá trazer soluções inovadoras como imunoensaios e biossensores luminescentes miniaturizados e portáteis.
  • Universidade Federal de São Carlos - SP - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025