Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Washington Jose de Sousa

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • transversalidade da ciência e da tecnologia para o desenvolvimento sustentável: iniciação científica junior e inovações na educação do campo à luz dos objetivos do desenvolvimento sustentável
  • Tendo como público prioritário estudantes de escolas rurais, de municípios potiguares com baixo Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - IDH-M, é objetivo desta proposta fomentar educação contextualizada por meio de pesquisa-ação em ambientes escolares e divulgação científica, baseadas na transversalidade da ciência e na aplicação de tecnologias na agricultura familiar intentando a superação de vulnerabilidades socioeconômicas em áreas do Semiárido potiguar. Serão eventos abertos à população e realizados em locais de grande confluência pública. Nos municípios contemplados, rodas de conversa, ciclos de palestras, instalações pedagógicas e exposições serão realizados, parte nas escolas contempladas e, parte, durante a culminância, em ginásio de esportes por meio da mobilização das escolas e ampla divulgação institucional pela UFRN. Eventos e reuniões preparatórias ocorrerão antes e depois do momento de culminância, atendendo a diferentes abordagens e visões da transversalidade da ciência em sintonia com demandas da agricultura familiar. Um dos momentos de culminância ocorrerá em seminário em auditório do Campus Central da UFRN. A proposta tem forte aderência ao objeto e objetivos da Chamada considerando a característica de instrumento de melhoria da qualidade do ensino de ciências na educação básica pública (Ensino Fundamental I e II e Ensino Médio) visando à difusão do conhecimento científico e tecnológico e à popularização da ciência nos municípios do Semiárido contemplados, ambos com baixo IDH. Atende ao objeto da Chamada quando leva em conta possibilidades de empego de tecnologias aplicadas a especificidades de escolas rurais em áreas do bioma Caatinga. Ao adotar a estratégia de integração ensino, pesquisa e extensão, este projeto torna-se inovador, considerando que ocorrerá em cooperação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte com o sistema básica envolvendo professores e alunos com diferentes níveis de ensino e áreas de conhecimento. A intercooperação considera diálogos entre diferentes linguagens, demonstrando multidisciplinaridade ao estabelecer o tratamento do tema de uma disciplina por várias disciplinas ao mesmo tempo - das Ciências Humanas e Sociais Aplicadas aos campos da Saúde e das Ciências Biológicas (pelo prisma da segurança alimentar e nutricional) e, também, das Engenharias e Ciências Exatas (contemplando temas técnicos de agronomia e operações matemáticas). Uma natureza interdisciplinar possibilita que alunos e professores de diversos níveis e campos de conhecimento interajam métodos de uma disciplina para outra, de um nível de ensino para outro, mediados por diálogos e possibilidades de aplicação de recursos de inteligência artificial na educação básica, na agricultura familiar e no ensino e cooperativismo rurais. Viés transdisciplinar, com o prefixo “trans” referindo-se ao que surge ao mesmo tempo entre as disciplinas, compõe esta proposta, tanto por meio das disciplinas quanto para além de qualquer disciplina, como no caso do chamado senso comum. Tem potencial acadêmico multiplicador considerando o fato de que a atividade será sistematizada e publicada na forma de texto científico com o objetivo de possibilitar replicações.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 11/10/2021-31/10/2023
Foto de perfil

Watson Loh

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • aliando a versatilidade de cristais líquidos liotrópicos com propriedades mecânicas de nanoceluloses – relação entre microestrutura e propriedades macroscópicas
  • Nanomateriais à base de celulose vêm sendo amplamente estudados visando aplicações em diferentes tipos de formulações, dada a sua abundância, sustentabilidade, facilidade de obtenção e versatilidade principalmente em propriedades mecânicas. Comumente, essas formulações possuem em suas composições os surfactantes, moléculas que garantem ao sistema características como espumabilidade, elevada viscosidade, detergência e molhabilidade. Esses surfactantes se associam, em solução, formando fases líquido-cristalinas, como a lamelar, originando novas possibilidades de aplicações direcionadas. Apesar de ambos os sistemas serem investigados separadamente, informações sobre seus modos de interação e, consequentemente, as propriedades resultantes de suas combinações, são pouco exploradas. Essa proposta tem por objetivo investigar a interação de nanomateriais celulósicos em suspensão, como os nanocristais e as nanofibras, com fases lamelares formadas por surfactantes, combinando-se as propriedades de ambos os componentes na direção de fluidos complexos, como cristais líquidos, dispersões de (nano)partículas e hidrogéis, com alta performance e potenciais aplicações nas áreas cosmética, de lubrificantes e de limpeza de superfícies. Para isso, a proposta contará com um time multi-institucional formado por especialistas tanto na obtenção e aplicação de nanomateriais celulósicos quanto no estudo de sistemas coloidais formados por associação de surfactantes. O estudo será baseado em diferentes técnicas experimentais de caracterização, como microscopia eletrônica, reologia, ressonância magnética nuclear 1D e 2D, e espalhamento de luz e de raios-X, de modo a obterem-se informações, a nível molecular, e, desse modo, correlacionar a microestrutura dos sistemas com as propriedades macroscópicas resultantes, fomentando assim a formulação de novos produtos com caráter sustentável e com propriedades melhoradas.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 21/03/2022-31/03/2025