Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Vania Grim Thies

Ciências Humanas

Educação
  • modos de produção e participação nas culturas do escrito por pomeranos da região sul (século xx)
  • O projeto está ancorado na perspectiva da História Cultural (BURKE, 2005; CHARTIER,1989) com foco na história da cultura escrita (práticas de escrita e leitura). A proposta tem como objetivo geral verificar os modos de participação nas culturas do escrito (GALVÃO, 2010) pelo grupo étnico pomerano, no sul do Rio Grande do Sul, a partir de indivíduos, famílias ou grupos das comunidades rurais da região sul no século XX. Os pomeranos são um grupo étnico oriundo da região da Pomerânia. Se instalaram no sul do Rio Grande do Sul, na Serra dos Tapes, em meados do século XIX, na região meridional do RS, nos municípios de Pelotas, Canguçu e São Lourenço do Sul (THUM, 2010, WEIDUSCHADT, 2007). O problema mobilizador do projeto é: como e por que os pomeranos guardam os registros escritos em seus arquivos pessoais entre as diferentes gerações, tendo por base seus os aspectos culturais? O que guardam e por que guardam? A hipótese é de que os materiais escritos dão sentidos simbólico aos aspectos culturais entre os pomeranos. O conceito de cultura escrita problematizado está ancorado na acepção antropológica utilizado por Galvão (2010) considerando-a como “o lugar – simbólico e material – que o escrito ocupa em/para determinado grupo social, comunidade ou sociedade” (GALVÃO, 2010, p. 218). As pesquisas sobre os pomeranos tem o foco na imigração, escolarização e aspectos culturais (DREHER, 2000; WEIDUSCHADT, 2007, THUM, 2010,), porém, ainda não há investigação específica sobre os modos de participação e produção dos artefatos escritos que analisem a relação simbólica entre a participação desse grupo étnico nas culturas do escrito (GALVÃO, 2010). Será realizada a coleta de materiais escritos (manuscritos e impressos) para salvaguarda no centro de memória e pesquisa História da Alfabetização, Leitura, Escrita e dos Livros Escolares (Hisales - UFPEL). Junto de cada coleta de dados, serão realizadas entrevistas dialogadas sobre o uso dos materiais junto aos doadores.
  • Universidade Federal de Pelotas - RS - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Vania Zanella Pinto

Ciências Agrárias

Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • gryllus assimilis como proteína alternativa para alimentação humana e animal
  • Objetiva-se desenvolver criação de Gryllus assimilis processos e produtos derivados, como fonte de proteína alternativa para alimentação humana e animal. A proposta será executada em 4 partes: Estudo da biologia e comportamento dos grilos em diferentes dietas e análise de custos da produção; Processamento, caracterização e desenvolvimento de produtos; Digestibilidade, avaliação nutricional, desempenho zootécnico e metabólico em Tilápias; Estudo de tecnologias inovadoras no processamento de proteínas de grilo. Em cada subprojeto serão feitas avaliações específicas para cumprir os 8 marcos físicos previstos. Almeja-se dar continuidade e aprofundar as atividades desenvolvidas nos projetos iniciais já em execução, que possuem financiamento e bolsas de IC e permitiram o início da criação de grilos. As temáticas abordadas pelos projetos individuais já aprovados possuem convergência e complementam os marcos físicos e objetivos idealizados nesta proposta. A equipe multidisciplinar será composta por 1 eng. de alimentos, 2 eng. químicos, 2 biólogas, 1 farmacêutica, 1 eng. agrônomo e 1 contador, todos doutores. O projeto apresenta relevância científica, tecnológica e de inovação pelo desenvolvimento de sistema sustentável para produção de alimentos para consumo humano e animal, estuda os efeitos do processamento da matéria-prima e a sua estabilidade e, também o desempenho zootécnico de animais aquáticos alimentados com grilo. Ainda, emprega diferentes estratégias inovadoras de processamento, como tratamento com plasma, eletrofiação e impressão 3D. Os resultados promoverão avanços na fronteira do conhecimento das áreas de alcance da proposta, contribuirão para a consolidação dos grupos de pesquisa envolvidos, fortalecerá os PPGCTAL e PPGADRS, ampliará a formação de recursos humanos, a divulgação da ciência e dos métodos propostos, com ampla divulgação e publicações de elevado impacto e fomentará a inovação.
  • Universidade Federal da Fronteira Sul - SC - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Velci Queiróz de Souza

Ciências da Saúde

Farmácia
  • utilização de compostos bioativos obtidos de plantas do bioma pampa gaúcho em terapias de desordens decorrentes do envelhecimento.
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal do Pampa - RS - Brasil
  • 23/01/2020-22/01/2025