Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Valdemiro Pereira de Carvalho Júnior

Outra

Divulgação Científica
  • feira de ciência e tecnologia do oeste paulista
  • O projeto propõe a realização de uma Feira de Ciência e Tecnologia com a participação de oito instituições de ensino da região do Oeste Paulista. A proposta almeja estreitar as relações técnico-científicas entre as instituições de ensino básico e superior por meio de ações integradas para a divulgação da Ciência e o enriquecimento das atividades de pesquisa, ensino e extensão. A Feira envolverá professores e alunos da educação básica e do ensino técnico das escolas públicas e privadas da região do Oeste Paulista. Com o evento se propõe aumentar a divulgação de cursos disponíveis nas instituições com a visitação dos laboratórios de pesquisa para os estudantes, cuja intenção é disseminar as carreiras científicas, juntamente com uma visão ampla sobre as possibilidades de atuação no mercado de trabalho. O evento, que integrará a 19ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, contará com palestras, minicursos, oficinas, pod-cast, visitas aos laboratórios, shows e mostra científica das escolas.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 12/09/2022-31/03/2023
Foto de perfil

Valdenia Maria Oliveira de Souza

Ciências Biológicas

Imunologia
  • efeitos da infecção por schistosoma mansoni e dos antígenos parasitários (sea/swap) na memória imunológica inata (treinada) e adaptativa ao sars-cov-2
  • Na COVID-19 há prejuízo na regulação e na memória do sistema imune, porém não se sabe em resposta as vacinas, bem como se o Schistosoma mansoni pode alterar a resposta vacinal. Houve diminuição no número de linfócitos T CD4+, TCD8+, células B e NK e nos casos graves de COVID-19 a diminuição foi maior. Células T específicas na maioria dos indivíduos, um ano após COVID-19 leve; em casos graves, as células T CD4+ ou CD8+ e CD45RO + diminuíram, bem como as T reguladoras (Treg) que pode influenciar a imunidade de memória ativa (pós-infecção) ou passiva (pós-vacina). Células B de memória anti-spike ou RBD foram detectadas em casos de COVID-19 e com expressão de anticorpos com hipermutação somática (maior potência e resistência), mas avaliados em até 6 meses. IgM e IgG anti-RBD diminuíram em 6 meses, com IgA inalterada. Então, não é sabido o curso dos linfócitos T e B de memória, 1 e 2 anos da vacina e em áreas endêmicas para esquistossomose. S. mansoni levou aumento de Treg para antígenos heterólogos, em humanos, e melhora de memória CD8+ anti-viral, com participação de IL-4, em camundongos. Além disso, não se sabe se antígenos do parasita induzem memória inata, monócitos dependente (treinada), ao SARC-Cov-2. A hipótese que antígenos do S. mansoni in vivo (infecção) ou in vitro (SEA/SWAP) induzem Th2/Treg, altere a memória adaptativa e inata anti-SARS-CoV-2 torna-se importante para esclarecer imunidade de memória e potencial de moléculas imunododuladoras (antígenos parasitários) ao SARS-Cov-2. Assim, num ensaio de caráter exploratório in vitro, pacientes adultos de Escada-PE (demanda espontânea) terão, 1 e 2 dois anos de vacina anti-COVID, amostras de fezes colhidas (Nested-PCR), separados em infectados e não-infectados, verificada marca de BCG, com ou sem, (variável confundimento) e obter 4 grupos com sangue coletado para cultura de linfócitos e monócitos com SEA/SWAP/SARS-Cov-2, imunofenotipagem, dosagem de citocinas/quimiocinas (FACS) e IgG/IgA anti-SARS-CoV-2 (ELISA)
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Valderez Marina do Rosário Lima

Ciências Humanas

Educação
  • análise textual discursiva: avaliação do uso em contextos acadêmicos nacional e internacional e implicações decorrentes.
  • A proposta é uma pesquisa na área de Ciências Humanas, com foco em métodos qualitativos de análise de textos. O estudo tem vínculo com o macroprojeto Métodos de pesquisa e de análise de informação associados à Educação em Ciências e Matemática (Macroprojeto PPG – Educação em Ciências e Matemática/PUCRS), que investiga ações teóricas e práticas de pesquisa voltadas à produção de conhecimento em métodos de investigação e de análise de informações para os campos de Educação e de Ensino de Ciências e Matemática. Trata-se da análise de dados qualitativos em específico, a Análise Textual Discursiva (MORAES; GALIAZZI, 2016). O método é reconhecido e largamente empregado em pesquisas qualitativas de nível Stricto sensu no contexto nacional e internacional nos campos da Educação e do Ensino em Ciências e Matemática. O problema de pesquisa é: como a Análise Textual Discursiva se apresenta em estudos delineados por pesquisadores e acadêmicos no contexto nacional e internacional? A relevância da proposta situa-se nas possibilidades de revisão e aperfeiçoamento do método a partir de novas significações impressas por pesquisadores que utilizam tal método de análise em suas pesquisas. Desse modo, o objetivo principal é avaliar avanços e reelaborações do método de Análise Textual Discursiva em produções nacionais e internacionais, com a finalidade de aprofundar a compreensão de conceitos teóricos subjacentes ao método. A pesquisa é qualitativa e delineada em estudo de caso e metanálise qualitativa. As análises também serão apoiadas em softwares qualitativos. A considerar as intenções do projeto, espera-se que as ações desenvolvidas produzam resultados de aprofundamento na compreensão frente à utilização do método da Análise Textual Discursiva, ampliação das bases filosóficas e desenvolvimento de uma forma de utilização de software qualitativo que seja condizente com os princípios preconizados no método em questão e consolidação do uso do método em questão.
  • Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Valderez Pinto Ferreira

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • estudos geológicos, geoquímicos e isotópicos de plutons graníticos nos terrenos cachoeirinha-salgueiro e alto pajeú, domínio transversal da província borborema: uma revisão com base em dados novos e da literatura
  • Ao longo das últimas décadas plutons graníticos l.s. de diversas séries magmáticas, intrusivos nos Terrenos Cachoeirinha-Salgueiro e Alto Pajeú, no Domínio Transversal da Província Borborema, têm sido alvos de trabalhos com diferentes enfoques. Apesar disso, há ainda um enorme trabalho a ser realizado tanto do ponto de vista de cartografia geológica como de caracterização petrográfica, petrológica, geoquímica e isotópica, e significado tectônico de uma boa parte dos plutons identificados em mapas geológicos regionais. Este projeto é uma continuação de projeto Universal anterior, e consiste de uma reavaliação à luz de novos dados e existentes, da petrogênese e geoquímica elemental e isotópica de plutons intermediários a ácidos de séries magmáticas diferentes no Domínio Transversal. Este estudo é de grande importância para o entendimento da gênese das diferentes séries de magmas, das características de suas regiões-fonte, sua evolução petrogenética, seu posicionamento na crosta e papel no crescimento crustal da região estudada do Cyrogeniano ao Cambriano durante a orogênese Brasiliana. Trará assim subsídios para a compreensão da evolução crustal e dos processos de amalgamação do paleocontinente Gondwana oeste. Para atingir esses objetivos serão coletadas amostras de plutons selecionados, e realizadas petrografia dessas amostras, análises químicas de elementos maiores e traços, incluindo elementos terras raras, datações geocronológicas U-Pb (zircão), determinações de razões isotópicas Rb/Sr, Sm/Nd (rocha total), delta18O (zircão), e estudos termobarométricos usando química de minerais. Isotopos de thallium epsilon205Tl, rocha total) e de silício (deltaSi em quartzo) serão utilizados para testar a hipótese de uma fonte basáltica para os granitoides cálcio-alcalinos com epidoto magmático da região.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025