Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Vitor Braga Rissi

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • estresse de retículo endoplasmático e suas consequências na regulação epigenética durante o desenvolvimento in vitro de embriões bovinos
  • As biotecnologias aplicadas à reprodução animal encontram-se atualmente em plena expansão comercial. O Brasil possui um dos maiores rebanhos comerciais bovinos do mundo sendo pioneiro na aplicação de biotecnologias da reprodução, dentre elas a Produção in vitro de Embriões (PIVE). A PIVE na espécie bovina ainda apresenta desafios a serem superados e melhorias que venham a elevar a eficiência da técnica. Estudos recentes têm destacado o papel das modificações epigenéticas durante os processos reprodutivos, desde a formação dos gametas até a fecundação e desenvolvimento embrionário inicial, período este, crítico para o desenvolvimento a termo em todas as espécies animais. Nos últimos anos, foram identificadas diversas moléculas e genes capazes de modificar ativamente marcadores epigenéticos. Existem evidências de que o cultivo in vitro em um ambiente subótimo pode alterar, em nível molecular, o funcionamento embrionário em comparação ao ambiente in vivo. Tais condições comprometem a eficiência de algumas biotecnologias da reprodução. O retículo endoplasmático (RE) é uma organela importante para a homeostasia celular, e sua relação com eventos epigenéticos que são essenciais para o correto desenvolvimento embrionário inicial ainda necessita ser estabelecida. Através de um modelo de indução de estresse de RE em embriões bovinos produzidos in vitro, serão estudas suas consequências na expressão gênica, marcadores epigenéticos e estresse oxidativo. Adicionalmente será avaliado o efeito de um tratamento capaz de reverter e aliviar condições de estresse de RE in vitro. Espera-se com a realização deste projeto gerar novos conhecimentos acerca da importância do estresse de RE para o desenvolvimento embrionário. O entendimento de mecanismos epigenéticos e resposta a estímulos estressantes poderão basear melhorias em sistemas de PIVE comerciais.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 07/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Vitor Garcia

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • bragantec - feira municipal de ciência do instituto federal de educação, ciência e tecnologia de são paulo
  • BRAGANTEC is a science fair organized by IFSP Bragança Paulista for 10 years, and in 2021 it will be its 11th edition. The fair aims to encourage young students of elementary, high school and technical education to develop scientific projects in different areas of knowledge, to be an instrument for the dissemination and popularization of science among the non-specialized public, to train teachers and students in the elaboration and development of projects research, strengthen the relationship between research centers, schools and the community and contribute to the scientific and technological development of the region and the country. Some of the goals proposed by BRAGANTEC are to train teachers from state and municipal schools in the region, increasing the participation of public schools in the region, involving the academic community in the development of projects, increasing the number of visitors and reaching the fair among the non-public. specialized, making the fair a reference in the region in scientific dissemination. The incentive for students is even made for those who are in the early years of their school life, through Bragantequinha, a BRAGANTEC action aimed at students in the initial grades of elementary school. To achieve these objectives, several actions are carried out before and during BRAGANTEC. As an aid in the elaboration of projects and training of students and teachers, the Organizing Committee of BRAGANTEC offers an online material with guidelines on how to prepare a research project, from the initial steps to the moment of presenting the work. In addition to this material, another action taken is the offering of a free 60-hour "Scientific Methodology and Orientation of Research Projects in High School" course, aimed at public school teachers. The Organizing Committee also makes doubts available to students and teachers twice a month, in order to assist in the preparation of projects to be submitted to the fair. To encourage the beginning of project development, BRAGANTEC also conducts a mini-course on Design Thinking, a strategy that can be used both in the conception of the problem to be researched and in the search for its solution. To ensure the quality of BRAGANTEC in all its actions and provide continuous improvement, during the fair, opinion polls are carried out with participants, students and authors, so it is possible to evaluate the results obtained. In addition to the presentation of student work, several other activities take place during BRAGANTEC. Every year, at various times at the fair, cultural presentations take place, such as plays, musical performances, various exhibitions, actions related to literature, workshops, among others. There are also activities related to sustainability and preservation of the environment, such as planting trees, workshops on the use of recycling material, orientation lectures on this topic, among others. BRAGANTEC is open to students in the 8th and 9th grades of elementary and high school and technical education. Students can submit papers in the areas of (i) Informatics, (Iii) Engineering; (iii) Exact and natural sciences; (iv) Humanities and Language. The authors of each project submit a Research Plan and a Summary, with information on its development. The selection of works for the fair takes place in 3 stages: (i) verification of the documentation; (ii) pre-evaluation by ad hoc consultants; (iii) analysis by the Technical Committee. The approved works are presented during the execution of BRAGANTEC. The presentations of works take place during the 3 days of the fair, in which the authors present their results to the community and to ad hoc evaluators. The evaluation of the projects is done taking into consideration aspects such as creativity and innovation, the application of the scientific or engineering method, the depth of its development, the necessary skill for its realization, the quality of the oral presentation and the analysis of the documents presented by the group, such as Logbook, among others. Each topic is assigned a score from 1 to 5 and the projects are classified. The first placed in several categories are awarded. At the end of BRAGANTEC, some monitoring indicators are verified to assess its success, such as, for example, the reach of disclosures on social media, the number of people registered in the evaluation system, support and collaborators obtained, the number of works registered , requests for buses to visit, scheduling schools, number of visitors, percentage of jobs present and absent, impact on the local press, satisfaction survey among participants, etc.
  • Instituto Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 16/03/2021-31/03/2023
Foto de perfil

Vitor Koiti Miyazaki

Ciências Humanas

Geografia
  • morfologia urbana e fragmentação socioespacial: formas e processos espaciais em cidades não metropolitanas
  • Esta pesquisa busca explorar o processo de fragmentação no âmbito da acentuação da diferenciação socioespacial e das transformações na morfologia urbana em cidades não metropolitanas. Partimos da hipótese de que dinâmicas atreladas à intensificação da urbanização têm tornado muitas cidades, inclusive as não metropolitanas, cada vez mais complexas em relação à diferenciação socioespacial, dispersão territorial e constituição de novas centralidades urbanas. Neste contexto, observamos transformações importantes nas cidades brasileiras, inclusive em relação à sobreposição, cada vez maior, de uma lógica socioespacial fragmentária à configuração predominantemente centro-periférica. Diante disso, esta pesquisa tem como objetivo geral analisar as transformações na morfologia urbana e suas relações com fragmentação socioespacial nas cidades de Dourados-MS, Ituiutaba-MG, Maringá-PR e Presidente Prudente-SP. O recorte territorial da pesquisa se justifica em decorrência da vinculação desta proposta com redes de pesquisas coletivas. Para atender ao objetivo da pesquisa, serão desenvolvidos os seguintes procedimentos metodológicos: pesquisa e revisão bibliográfica; levantamento de dados e realização de trabalhos de campo; tratamento e representação espacial das informações; análise e divulgação dos resultados. Por meio do desenvolvimento da pesquisa, esperamos contribuir para os estudos referentes à morfologia urbana e à fragmentação socioespacial, bem como para o diagnóstico e caracterização das cidades analisadas para posterior subsídio ao poder público em relação à políticas públicas e planejamento urbano.
  • Universidade Federal de Uberlândia - MG - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Vitor Matheus Bacani

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • modelagem dinâmica de serviços ecossistêmicos gerados pelo estoque e sequestro de carbono no cerrado brasileiro
  • Mudanças no uso e cobertura da terra causadas por atividades humanas promovem emissões de carbono que contribuem com as mudanças climáticas globais e regionais. Por outro lado, o sequestro de carbono pode repor e contribuir para a redução das emissões de CO2. Enquanto o avanço da agropecuária sobre o Cerrado tem sido alvo de preocupação em relação as metas de redução de gases de efeito estufa, a expansão da silvicultura pode representar um aumento no sequestro de carbono. A bacia hidrográfica do rio Pântano (BHRP) se destaca no leste de Mato Grosso do Sul por apresentar profundas transformações paisagísticas nas últimas décadas. O primeiro impacto importante foi o alargamento do canal fluvial em razão da instalação próxima da usina hidrelétrica de Ilha Solteira-SP, seguido pelo avanço da agropecuária sobre áreas naturais, e atualmente a silvicultura para atender um dos maiores complexos de papel e celulose do mundo. A modelagem preditiva do armazenamento e sequestro de carbono por classes de uso e cobertura da terra pode contribuir para uma avaliação efetiva dos Serviços Ecossistêmicos (SE) na definição de Áreas Prioritárias para Conservação. Este projeto tem como objetivo avaliar o estoque de carbono na BHRP para os anos de 1984, 2007, 2021 e simular o sequestro de carbono de diferentes cenários para 2050 utilizando o modelo CA-Markov (Cadeias de Markov-Autômato Celulares) e o modelo InVEST (Integrated Valuation of Ecosystem Services and Tradeoffs). O mapeamento das mudanças e simulação do uso e cobertura da terra será desenvolvido com base no modelo CA-Markov e a modelagem do sequestro de carbono utilizando o modelo InVEST para três cenários futuros diferentes: 1- manutenção de tendência atual (avanço da silvicultura); 2- retração da silvicultura e avanço da agropecuária; 3- conservacionista, conforme previsto na legislação ambiental.
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Vitor Santaella Zanuto

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • desenvolvimento e avaliação de protótipos de painéis fotovoltaicos cobertos por vidros especiais
  • Há décadas a comunidade científica aponta a necessidade de reduzir nossas emissões de carbono, e o acordo de Paris estabeleceu algumas metas claras. Neste contexto a energia solar é a grande candidata para substituir os combustíveis fósseis, porém, ainda precisamos desenvolver muitas tecnologias, como por exemplo materiais que tornem os painéis fotovoltaicos mais eficientes e sustentáveis. Num painel comercial o vidro de cobertura corresponde a cerca de 2/3 do peso do dispositivo, e devido a sua temperatura de fusão elevada, na sua produção são emitidas grandes quantidades de Carbono. Neste projeto exploramos a possibilidade de utilizar vidros com temperatura de fusão mais baixa, e outras propriedades especiais, na cobertura dos painéis. Potencialmente, estes materiais podem reduzir a intensidade de energia consumida para se construir um painel, e, por meio da incorporação de metais terras-raras, podem ainda atuar como conversores espectrais. Resultados preliminares que já realizamos apontam que um de nossos vidros podem absorver luz ultravioleta, protegendo o dispositivo dos efeitos nocivos dessa radiação ao mesmo tempo que essa energia é convertida em emissão no infravermelho, que possuí maior probabilidade de conversão em eletricidade pelo silício. Esta característica pode ser um caminho para se superar os limites de eficiência impostos pela teoria de Shockley-Queisser, como tem sido amplamente discutido na literatura. Deste modo, nossa estratégia consiste em sintetizar os vidros especiais já comentados, e utiliza-los na construção de protótipos de painéis fotovoltaicos, que vamos avaliar a eficiência utilizando um simulador solar de padrão internacional e também com medidas em iluminação natural. Iniciaremos com amostras codopadas com Európio e Neodímio, que já tiveram as concentrações destes íons otimizadas, e avaliaremos continuamente a viabilidade de testar outras matrizes vítreas e/ou combinações de dopantes.
  • Universidade Estadual de Maringá - PR - Brasil
  • 06/06/2022-30/06/2025
Foto de perfil

Vitor Sommavilla de Souza Barros

Ciências Humanas

Filosofia
  • realismo e antirrealismo: integrando as evidências mais recentes ao debate acerca da normatividade moral
  • Neste projeto, avaliamos de que modo as novas evidências da filosofia experimental e das ciências das emoções impactam o debate entre realismo e antirrealismo morais e buscamos apresentar alternativas filosóficas para o entendimento da normatividade moral que sejam cientificamente adequadas. Na literatura em metaética, regularmente pressupõe-se: 1) que as pessoas usam a linguagem moral cotidianamente de forma realista; 2) que o antirrealista tem dificuldade para explicar o caráter normativo (i.e. vinculante) da moralidade; 3) e que existe uma conexão intrínseca entre julgar que algo deve ser feito (juízo moral) e estar ao menos em parte motivado a agir conforme. Juntos, estes pressupostos produzem um apelo inicial favorável ao realismo. Contudo, estudos recentes de filosofia experimental têm posto em dúvida o suposto realismo da linguagem moral cotidiana (item 1). Igualmente, estudos em ciências das emoções têm questionado a ideia de que há emoções morais universais apropriadas para cada situação de ação e (no caso de estudos sobre psicopatia) que há uma relação intrínseca entre juízo moral e motivação (item 3). De que modo o debate entre realismo e antirrealismo é afetado por esses achados? Quais alternativas cientificamente adequadas permanecem aos dois lados? Nossa hipótese inicial é que as evidências recentes aumentam a plausibilidade comparativa do antirrealismo. Se as evidências parecem atenuar os desafios 1 e 3 ao antirrealista, ele ainda precisa oferecer uma reposta a 2. Pretendemos explorar alternativas antirrealistas para a explicação da normatividade moral, com a hipótese inicial de que o construtivismo metaético oferece uma alternativa viável. Adicionalmente, hipotetizamos que, em vista dos achados, a alternativa mais plausível para o realista moral é rejeitar a conexão intrínseca entre juízo moral e motivação. Procedemos através da análise argumentativa e do confronto das teses filosóficas com os achados experimentais ou científicos.
  • Universidade Federal da Paraíba - PB - Brasil
  • 05/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Vivaldo Moura Neto

Ciências Biológicas

Morfologia
  • controle da proliferação tumoral: edição genômica por crispr das proteínas mdr frente à temozolomida, busca de biomarcadores tumorais por biópsia líquida e controle imunoterapêutico de tumores na presença de agonistas d tlr
  • O sistema CRISPR sabidamente possibilita a edição do genoma e o estudo da função de variados genes em diferentes doenças. Além disso, fármacos podem ser avaliados em linhagens celulares modificadas por CRISPR, permitindo determinar a contribuição de genes nos processos de resistência à tratamentos antitumorais. Neste estudo, a testagem de fármacos capazes de diminuir o “fitness” ou a viabilidade cellular in vitro será realizada conjuntamente à modificação do gene de proteínas MDRs usando o sistema CRISPR. Além disso, avaliaremos por biópsia líquida, possíveis alterações de DNA tumorais no sangue de pacientes acometidos por distintos tumores tais como pâncreas, intestino, fígado, próstata e gliomas, previamente diagnosticados por biópsia de tecido e imagem. Embora as biópsias sólidas sejam o padrão ouro no diagnóstico de neoplasias constituem um procedimento invasivo passive de eventuais equívocos. Em contrapartida, a biópsia líquida veio para superar tais limitações. Efetivamente surgida nos últimos anos, é baseada na análise de DNA circulante proveniente de tumores (ctDNA) que é liberado no sangue podendo fornecer as mesmas informações genéticas que a biópsia de tecido ou até informações extras no caso de tumores metastáticos e heterogêneos. Mais ainda, o sangue permitirá a busca de biomarcadores tais como miRNA e citocinas, expressando a tumorigênese nos pacientes e seu índice de malignidade. Vamos analisar mutações em genes já descritos, através da metodologia de PCR digital seguida, eventualmente, de sequenciamento como contraprova. Como terceira etapa vamos ensaiar o controle imunoterapêutico de tumores na presença de agonistas do receptor TLR. A instituição proponente, e sede executora, será o Instituto Estadual do Cérebro Paulo Niemeyer (IECPN), com seus neurocirurgiões e pesquisadores, assim como colegas da UFRJ.
  • Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 29/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Vivian Alonso Goulart

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • desenvolvimento de uma plataforma diagnóstica diferencial para sars-cov-2 e outras síndromes respiratórias baseada em rt-pcr multiplex e sistema capilar de detecção
  • As síndromes respiratórias são onipresentes na história da humanidade, acarretando constantes prejuízos sociais, econômicos, culturais e políticos. A atual pandemia causada pelo SARS-COV-2 evidenciou tanto a extrema necessidade de detecção e controle das cepas virais envolvidas nos surtos infecciosos, quanto a urgência por investimentos nacionais em Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação nesta área. Visto que as síndromes respiratórias compartilham diversos sintomas em comum dificultando a investigação clínica, se torna imprescindível a utilização de metodologias diagnósticas que permitam a detecção diferencial de cepas com potencial pandêmico, como SARS-COV-2, frente a outros agentes causadores de síndromes respiratórias. Diante desse problema, o presente projeto pretende desenvolver uma plataforma diagnóstica diferencial padrão ouro baseada na detecção de material genético por biologia molecular, com alta sensibilidade e especificidade. Para isso a técnica RT-PCR multiplex será otimizada para conter diferentes fluoróforos e tamanhos distintos de alvos, cujas sequências estão disponíveis no NCBI/GenBank, permitindo o desenvolvimento de um kit diagnóstico “one-tube” que distinga 22 síndromes gripais (HAdV, HBoV, Cor229, HKU, Cor63, Cor43, nCov-2, EV, HMPVA, HMPVB, Mpneu, HPeV, RV, FLUA, FLUB, H1N1, HPIV(1,2,3 e 4), HRSVA e HRSVB). Os laboratórios envolvidos na proposta possuem toda a infraestrutura, equipamentos e corpo técnico necessários para a realização dos experimentos propostos. Os membros da equipe integram o INCT-TERANANO, permitindo ampla colaboração da UFU com diversos pesquisadores. A metodologia a ser desenvolvida é inovadora e mais eficaz, não estando disponível nos protocolos hospitalares atuais e sua implementação poderá impactar diretamente na vigilância epidemiológica de nosso país. Além dos artigos científicos, dissertações e teses, a execução do presente projeto poderá gerar depósitos de patentes importantes para uma nova estratégia diagnóstica.
  • Universidade Federal de Uberlândia - MG - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Vivian Chagas da Silveira

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • remoção de metais pesados utilizando resíduos agroindustriais como biossorventes
  • Os despejos de resíduos industriais são as principais fontes de metais pesados. Esses elementos quando lançados como resíduos industriais, na água, no solo ou no ar, podem ser absorvidos pelos vegetais e animais das proximidades, provocando graves intoxicações ao longo da cadeia alimentar e, por não possuir nenhuma função dentro dos organismos, sua acumulação pode provocar graves doenças, sobretudo nos mamíferos, como câncer e outras doenças graves. Dentre as várias tecnologias usadas atualmente para a remoção de metais pesados em águas, a adsorção é a mais versátil e a mais utilizada. A adsorção é um dos mais efetivos no tratamento de remoção de metais pesados devido à baixa geração de resíduos, fácil recuperação dos metais pesados e a possibilidade de reutilização do adsorvente. Nos últimos anos o processo de adsorção tem aparecido como uma técnica de grande potencial para o tratamento de efluentes industriais como remoção de agentes contaminantes da água, principalmente devido à utilização de adsorventes naturais obtidos de subprodutos da indústria e da agricultura que são de baixo custo. O crescimento da utilização da técnica gera a necessidade de estudos que objetivam no aperfeiçoamento do adsorvente. Portanto, o objetivo deste trabalho é analisar e avaliar a cinética de remoção do cobre, zinco e níquel utilizando a técnica de biossorção, utilizando vários tipos de resíduos agroindustriais, tais como fibra de coco, casca de mandioca, palha de milho, etc como biossorventes para determinar o tempo adequado para uma remoção eficiente dos metais pesados e consequentemente será feito uma contextualização dessa técnica de adsorção com os conteúdos da Química, tendo como público alvo as alunas do Ensino Médio.
  • Universidade Federal do Espírito Santo - ES - Brasil
  • 16/03/2021-30/09/2022
Foto de perfil

Vívian Vanessa França Henn

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • explorando fases quânticas em nanomateriais: desenvolvimento de funcionais da densidade e aplicações via dft
  • O grande desafio de descrever a matéria completamente, ou seja, compreender todas as suas propriedades e características, é o tratamento quântico dos sistemas interagentes de muitos corpos. A tarefa se torna ainda mais difícil ao lidar com sistemas quânticos complexos na presença de heterogeneidades espaciais, como bordas, impurezas localizadas, potenciais confinantes, desordem. No entanto, essas heterogeneidades não são apenas comuns, mas muitas vezes inevitáveis em nanomateriais realistas. Portanto, é crucial estudar modelos teóricos heterogêneos para que as simulações numéricas sejam suscetíveis de aplicação a dispositivos reais. A Teoria do Funcional da Densidade (DFT) é uma ferramenta poderosa para investigar tais nanoestruturas interagentes e espacialmente heterogêneas. No entanto, o sucesso dos cálculos de DFT está intrinsecamente relacionado à qualidade e performance dos funcionais de densidade adotados. Neste projeto, propomos construir, otimizar e aplicar funcionais da densidade em cálculos de DFT para investigar emaranhamento quântico e transições de fase quânticas em nanomateriais heterogêneos. Exploraremos fenômenos críticos em metais, isolantes, supercondutores convencionais e superfluidos exóticos, bem como sua relação com o grau de emaranhamento dos nanomateriais. Estudos envolvendo estados emaranhados são oportunos para o desenvolvimento de tecnologias quânticas. Nosso objetivo é duplo: usar o emaranhamento como uma possível testemunha das transições de fase quânticas e entender a relação das fases com o graus de emaranhamento, visando a aplicação desses materiais em tecnologias quânticas. Iremos também investigar como todos esses fenômenos são afetados pela temperatura e pela dimensionalidade do modelo. Assim, as linhas de pesquisa propostas neste projeto vão desde a pesquisa fundamental, passando pelo desenvolvimento metodológico, até aplicações nas propriedades dos nanomateriais.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Viviana Borges Corte

Ciências Humanas

Educação
  • iv mostra de biologia: a ciência está em tudo!
  • Em um contexto de pandemia, agravada por correntes de desinformação, o mundo passa por grandes mudanças em todos os setores da atividade humana. A sociedade hoje conectada está cada vez mais diversa e globalizada. Estamos vivendo a quarta revolução industrial que transformará fundamentalmente a forma como vivemos, trabalhamos e nos relacionamos (UNESCO, 2018). Não somente o setor industrial, mas como quase todos os setores da economia sofreram mudanças ocasionadas pela automatização, digitalização e desenvolvimento da internet. Além de mudanças econômicas e sociais, a era da digitalização também provocou mudanças profundas na comunicação. Redes sociais e plataformas de divulgação de conteúdo, como YOUTUBE®, blogs, entre outros, provocaram uma revolução na comunicação humana, diminuindo distâncias e democratizando a informação (COUTINHO & LISBÔA, 2011). Nos últimos anos, avanços incríveis aconteceram na ciência, tecnologia e inovações, levando a soluções rápidas para problemas reais, que pensávamos outrora que jamais seriam possíveis. Há, portanto, uma ruptura de paradigma entre as sociedades analógica e digital que mais do que conduzir-nos à Quarta Revolução Industrial, o avanço na ciência, tecnologia e inovações está provocando uma transformação cultural. Estas mudanças na sociedade, afetaram também a educação, desde a escola básica até o ensino universitário, que precisam ressignificar-se para atender às necessidades de crianças, jovens e adultos em um mundo cada vez mais diversificado, digitalizado e globalizado. Além da educação formal, essa realidade também se apresenta em transformação nas diversas formas de veiculação da informação entre as pessoas das diversas classes sociais ou culturais. Há de se pensar em uma forma nova de comunicar ciência à sociedade. Daí podemos refletir sobre ‘como e o que ensinar para nossos jovens e adultos em um mundo onde as mudanças tecnológicas são tão rápidas?’ ‘Como preparar os jovens para um mercado de trabalho e para uma sociedade cada vez mais digitalizada, diversificada, globalizada e altamente conectada?’ As crianças de hoje já nasceram num mundo digital, por isso o uso de celulares, tablets e outras tecnologias está cada vez mais comum em seu cotidiano e consequentemente no espaço escolar. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística de 2018 apontam que 79,1% dos lares brasileiros estão conectados a uma rede de internet, ou seja, 126,9 milhões de pessoas. A facilidade de acesso à informação popularizou-se, nunca houve, na história da humanidade, as mesmas facilidades de propagação de notícias como há agora! Se antes existia uma disputa entre professores e celulares, hoje muitos educadores já criaram formas de unir educação com tecnologia para potencializar a aprendizagem. Pensar em escolas usando recursos como realidade aumentada ou até inteligência artificial, para muitos, já não parece uma cena futurista. Freire (2019) destaca que a situação de aprendizagem deve considerar um problema real do mundo, pois “ensinar exige compreender que a educação é uma forma de intervenção no mundo”, ou seja, a educação deve ser transformadora (FREIRE, 2019, p.96). Apesar de reconhecer que a educação é capaz de intervir no mundo, Paulo Freire destaca que a educação por si não muda o mundo. Ela muda as pessoas, e estas sim, mudam o mundo (FREIRE, 1989). Deste modo, o olhar do professor não deve ser apenas para o conteúdo ou projeto pedagógico, mas sim um olhar mais atento ao desenvolvimento pessoal e integral do aluno. Dessa forma, a IV Mostra de Biologia: ‘A ciência está em tudo!’ visa abordar a transversalidade da ciência, tecnologia e inovações para o futuro do planeta, integrando o mundo natural (real) e o mundo tecnológico (virtual) como forma de despertar nas crianças e jovens a curiosidade em explorar e aprender cada vez mais. Tendo o conhecimento científico e o avanço tecnológico como referência estratégica, a IV Mostra de Biologia, focada na “transversalidade da ciência, tecnologia e inovações para o planeta”, caracteriza-se pela promoção de atividades de educação não formal e de divulgação científica que tem como objetivo principal estimular o aprendizado e a percepção do papel da ciência na sociedade e como instrumento de fortalecimento da educação formal (Ensino Fundamental I e II, Ensino Médio e Educação Tecnológica), não-formal e informal, visando à divulgação do conhecimento científico e tecnológico. Para isso, a Mostra trará um tema que desperta a curiosidade dos públicos de todas as idades: “Tem ciência aqui?” A partir dessa reflexão, queremos aprimorar a formação dos estudantes, unindo as capacidades de “produzir conhecimentos com uma cidadania que sabe pensar” (DEMO, 2010, p. 10) e com isso encontrar soluções que integram natureza e tecnologia para os problemas do dia-a-dia. As atividades serão desenvolvidas por estudantes dos cursos de Ciências Biológicas, Química, Engenharias, Oceanografia, Geografia, Pedagogia, Línguas e Letras e Psicologia. Participam ainda, mestrandos do Programa de Mestrado Profissional em Ensino de Biologia - PROFBio e alunos de Ensino Fundamental e Médio atendidos pelo Núcleo de Atendimento a alunos com Altas Habilidades e Superdotação (NAAHS) da Secretaria de Estado da Educação (SEDU). Em sua quarta edição, a Mostra de Biologia exibirá a ciência, tecnologia e inovações em perspectiva transversal, permeando diversas áreas do conhecimento por diferentes formas - expositivas, interativas, nas modalidades presencial e/ou virtual. As atividades propostas foram pensadas visando estimular a criatividade, o senso crítico, a curiosidade e o espírito científico por meio de Exposição de CT&I, Seminário ou Ciclo de Palestras, Conjunto de Oficinas de CT&I, Mostra de Vídeos.
  • Universidade Federal do Espírito Santo - ES - Brasil
  • 05/10/2021-31/10/2023
Foto de perfil

Viviane Capoane

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • mapeamento das áreas em processo de arenização na bacia hidrográfica do rio pardo – mato grosso do sul – brasil
  • Solos arenosos são ecologicamente frágeis, altamente suscetíveis à erosão e de baixa aptidão agrícola. Quando convertidos para agroecossistemas desconsiderando as limitações naturais ocorrem graves consequências ambientais como erosão, sedimentação e degradação da qualidade das águas superficiais e subterrâneas, e econômicas em decorrência da diminuição da produtividade. Na bacia hidrográfica do rio Pardo, área de estudo do presente projeto, solos de textura arenosa correspondem a 37,6% da área, e a atividade agrícola predominante é a pecuária, com extensas áreas de pastagens em vários estágios de degradação com focos em processo de arenização. Considerando que o conhecimento das condições ambientais é fundamental para o entendimento de sua dinâmica, bem como para um manejo adequado dos recursos naturais, este projeto visa mapear as áreas em processo de arenização nesta bacia hidrográfica, bem como fazer uma caracterização geoambiental. A escolha da área foi motivada pela aprovação para implantação de sete Pequenas Centrais Hidrelétricas, no rio Pardo e sub-bacias, além da presença de uma Usina Hidrelétrica e duas Centrais Geradoras de Eletricidade já em operação, e pela importância desta bacia no abastecimento público de Campo Grande (50%) e demais municípios inseridos na bacia. Para a caracterização geoambiental serão utilizados dados geográficos de diferentes fontes, escalas, resolução espacial e resolução temporal. Para o mapeamento das áreas em processo de arenização serão derivados índices radiométricos de solo, água e vegetação, de imagens multiespectrais do Satélite Sentinel-2. A validação será feita a partir de índices espectrais de imagens interanuais. Para os focos de arenização de menor dimensão, serão feitos trabalhos de campo. Uma vez mapeados os areais, serão efetuadas coletas de amostras de solo para caracterização geoquímica. Espera-se que os dados gerados sejam utilizados pelos gestores na definição das áreas prioritárias para recuperação ambiental
  • Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Viviane de Melo Resende

Lingüística, Letras e Artes

Lingüística
  • “rede de pesquisa em discurso e gênero: cartografia para integração brasil e américa latina”
  • Neste projeto, do Núcleo de Estudos de Linguagem e Sociedade, do Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares (NELiS/CEAM/UnB), fundado em 1988, do Laboratório de Estudos Críticos do Discurso (LabEC/IL/UnB), fundado em 2012,e da Associação Latino-americana de Estudos do Discurso (ALED), fundada em 1993. Com equipe formada por pesquisadoras docentes das cinco regiões do Brasil, a que se somam pesquisadoras docentes estrangeiras e estudantes de pós-graduação, propomos pesquisa para articulação de uma Rede de Pesquisa em Discurso e Gênero. O objetivo é integrar os grupos de pesquisa de gênero em estudos críticos do discurso das cinco regiões do Brasil e dos países latino-americanos que compõem a estrutura da ALED. Para isso, reunimos uma equipe consolidada de pesquisadoras de estudos críticos do discurso e gênero e atuantes na ALED-Brasil, com o objetivo de levantar e analisar dados sobre os grupos e as pesquisas em discurso e gênero realizadas no continente, e com a meta final de articulação de uma rede na ALED internacional. Serão realizadas missões de trabalho para pesquisas sobre o tema nas universidades parceiras, mapeamentos de grupos de pesquisa em discurso e gênero nas regiões Nordeste, Sul, Norte, Sudeste, Centro-Oeste do Brasil, e em países do Cone Sul, região Andina e Caribe. Serão produzidas Cartografias com base no mapeamento dos grupos, suas temáticas, abordagens teóricas e metodológicas. O produto final será a consolidação da rede latino-americana de estudos de discurso e gênero. Com essa rede, possibilitaremos internacionalização para vários grupos de pesquisa das cinco regiões do Brasil. Nossa principal motivação é o desejo de conhecer, mapear e articular grupos de pesquisa em discurso e gênero que poderiam beneficiar-se do mútuo contato. Em uma país continental como o Brasil, acreditamos que nossa cartografia será produtiva para a ciência produzida em estudos do discurso e em estudos de gênero no País e sua internacionalização
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Viviane Gomes Teixeira

Ciências Humanas

Educação
  • o ensino de ciências na construção da identidade científica feminina
  • A ciência construída pela diversidade é essencial já que oportuniza a produção de conhecimento por/para diferentes identidades sociais. Porém, o cenário de acesso de meninas ao conhecimento científico não é satisfatório, e se torna ainda pior com o recorte racial. A escola deve democratizar o conhecimento científico, porém, Bourdieu a aponta como reprodutora da violência hegemônica. Portanto, é fundamental compreender os mecanismos do Ensino de Ciências que promovem o distanciamento de meninas, especialmente as negras, do conhecimento científico. Em Bourdieu, a identidade de gênero resulta da ação e assimilação de um habitus incorporado às identidades individuais e coletivas. A forma como as relações de poder é interiorizada ocasiona a naturalização das práticas escolares. O habitus de gênero dos sujeitos revela, assim, a contribuição da instituição escolar na naturalização de divisões de gênero. O conceito de habitus é uma forma de enxergar a ordem social e está associado à compreensão de uma héxis corporal ligada à apreensão de maneiras de ser dos agentes no espaço social. O habitus seria um instrumento que examina a coerência de características comuns dos grupos sociais de mesmas condições, os princípios que estruturam suas ações. Ao indivíduo, esses princípios não são nítidos e são naturalizados e assimilados como formas de ver, apreciar e julgar. Portanto, é fundamental compreender como as práticas escolares do Ensino de Ciências contribuem para a construção de um habitus de meninas, principalmente pobres e negras, que as afasta do interesse pelo conhecimento científico. O conceito de habitus permite compreender como as estruturas e os condicionamentos sociais atravessam o comportamento dos agentes e, assim, propor estratégias de interferência. Propomos reconhecer como as escolas percebem a relação das alunas com o ensino de ciências e a elaborar um projeto de ensino visando o discurso científico como promotor de novas práticas escolares em relação às meninas.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 20/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Viviane Moraes de Oliveira

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • estudo experimental e modelagem da dinâmica de indivíduos interagentes
  • A dinâmica de sistemas onde os indivíduos interagem entre si e com o meio se revela uma rica e complexa tarefa. Os detalhes desse processo exigem um estudo cuidadoso tanto teórico quanto experimental. Dependendo das interações, os sistemas físicos podem formar padrões característicos, bem como apresentar características estatísticas universais. Desta forma, neste projeto propomos o desenvolvimento de experimentos envolvendo interações de múltiplos corpos, como enxames de robôs e cardume de peixes. Os robôs são extremamente versáteis e podem ser programados de forma a imitar a interação entre partículas, bem como seres vivos, o que possibilita uma vasta aplicação de problemas em Física Estatística. Da mesma maneira, o estudo experimental de cardume possibilita uma plataforma experimental simples e dinamicamente rica. Estes experimentos serão desenvolvidos no Laboratório de Sistemas Complexos e Universalidades vinculado ao PPG em Física Aplicada do Departamento de Física da UFRPE. A dinâmica destes sistemas físicos será registrada por câmeras de alta definição em 2 ou 3 dimensões. O processamento das imagens e obtenção dos dados exige o emprego de algoritmos de rastreamento e identificação de imagens personalizados, os quais serão desenvolvidos por este projeto. Para este fim o projeto conta com dois laboratórios computacionais, Laboratório de Computação Remota e Laboratório de Física Teórica e Computacional, com 35 Workstation para processamento de imagens, bem como cálculo numérico e simulações computacionais para modelar os sistemas físicos em questão. Desta forma, realizando experimentos e modelagens estaremos desenvolvendo pesquisas com publicações em periódicos de alto impacto, de maneira duradoura e eficiente. Outra grande contribuição é a formação de recursos humanos com habilidades tanto na modelagem computacional quanto na execução de experimentos, contribuindo para suprir a demanda de pesquisadores neste tema, possibilitando a geração de patentes.
  • Universidade Federal Rural de Pernambuco - PE - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Viviane Sampaio Boaventura de Oliveira

Ciências Biológicas

Imunologia
  • diabetes de início recente na covid-19: fenótipo clínico, imunológico e metabólico. 
  • Nível persistentemente elevado de glicose sanguínea em pacientes sem histórico de diabetes mellitus (DM) tem sido observado como uma das complicações da COVID-19 (PMC7304415), podendo causar cetoacidose (PMC7404645; PMC8396224). O diabetes de início recente na COVID-19 (DIRC) tem sido descrito em pacientes na fase aguda da infecção e nos que persistem com sintomas pós-agudos da doença (PMC8010267).  Ainda não se conhece o perfil clínico e a patogênese da DIRC. Infecções virais têm sido implicadas na etiopatogênese do DM do tipo 1, que está associada à produção de autoanticorpos e autorreatividade celular (PMID: 33716971, PMID: 34223884). Nossa hipótese é que parte dos pacientes com DIRC apresentam resposta autoimune contra alvos pancreáticos. Na COVID-19 têm sido descritas manifestações autoimunes, com produção de autoanticorpos, com implicações clínicas (PMID:34437579, PMID: 34010947). Nesse estudo, pretendemos investigar o perfil clínico, imunológico e metabólico de 70 pacientes com DIRC acompanhados pela nossa equipe no Centro Pós-COVID-19 em Salvador- Bahia (doi:10.1101/2021.06.07.21258520). Pacientes com DIRC (após diagnóstico de COVID-19; infecção por SARS-CoV-2 confirmada laboratorialmente; sem história de DM, e hemoglobina glicada > 6,4%) serão caracterizados quanto ao sexo, idade, índice de massa corpórea e história familiar de DM. Investigaremos auto- anticorpos para cinco antígenos pancreáticos comumente encontrados na DMT1. Serão selecionados 20 pacientes (10 com DIRC e 10 pós-COVID-19 sem DIRC) para estudo comparativo do perfil lipidômico/metabolômico. Por fim, avaliaremos prospectivamente casos de DIRC para investigar a persistência das alterações metabólicas e dos níveis séricos autoanticorpos. O conhecimento clínico e da patogenênese do DIRC é essencial para o manejo clínico do paciente, tomada de decisões quanto ao tratamento, acompanhamento cuidadoso e prevenção de complicações clínicas de agudas e crônicas (PMC7194589)
  • Fundação Oswaldo Cruz - BA - Brasil
  • 21/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Viviane Trindade Borges

Ciências Humanas

História
  • histórias marginais: experiências de institucionais de confinamento
  • A partir do escritos de presos (cartas, bilhetes, anotações, etc), apreendidos nos prontuários de sentenciados que passaram pela Penitenciária de Florianópolis entre dos anos 1930 e 1980, objetivo tomar como objeto de estudo a experiência prisional, problematizando a instituição de dentro para fora. Desde o dossiê Rivière (Foucault, 2013), os historiadores tem trazido à tona arquivos limítrofes que permitem vislumbrar memórias de criminosos a partir da vasta documentação produzida “nas formidáveis oficinas em que se transformam os estabelecimentos penitenciários”, responsáveis por compor grandes arquivos da infâmia (Arière, 2008). São trajetórias que passaram pela experiência de prisão e desse encontro com a instituição resultou a sistematização de registros, escritos tecidos e recolhidos durante o período de confinamento, armazenados nos dossiês da vida no cárcere: os prontuários. Estas fontes permitem vislumbrar a agencia dos presos, suas experiências atravessadas pela trajetória institucionais, aqui pensadas sob a perspectiva de Scott (1998), entendendo que eles não são indivíduos que têm a experiência, mas sim sujeitos constituídos por essa experiência. E, se o objeto de análise é a experiência prisional torna-se imperativo investigar a emergência dos detentos nas dinâmica intramuros, por meio dos registros anexados aos prontuários. O objetivo é problematizar a instituição de dentro para fora. Os fragmentos de trajetórias confinadas serão entendidos como entradas possíveis para promover a discussão pública sobre à questão das penitenciárias brasileiras, especialmente a catarinense, situando esta à um debate internacional mais amplo. Entre os resultados esperados, estão a publicação de artigos acadêmicos em revistas nacionais e internacionais de altos extratos, o apoio a salvaguarda dos acervo institucional, criação de um site e de podcasts, e a publicação de um livro.
  • Universidade do Estado de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 07/04/2022-30/04/2025
Foto de perfil

Vivianne de Castilho Moreira

Ciências Humanas

Filosofia
  • tradução em equipe das correspondências entre leibniz e arnauld
  • O objetivo deste projeto é preparar, em equipe, uma tradução anotada para o português da correspondência trocada entre Leibniz e o teólogo Antoine Arnauld. Como um resultado, pretende-se publicar esta tradução comentada, acompanhada de estudos sobre o tema, em forma de artigos, realizados pelos membros da equipa ao longo da realização do projeto. As correspondências entre Leibniz e Arnauld são de importância crucial para o estudo da filosofia madura do primeiro. Nelas, as teses filosóficas expostas por Leibniz em seu também fulcral Discurso da Metafísica são submetidas ao escrutínio rigoroso de Antoine Arnauld, fomentando um debate intenso e acalorado, que obrigará Leibniz a aprofundar e refinar suas teses e argumentos. Deste ponto de vista, é um texto incontornável para quem deseja se aprofundar no pensamento do filósofo alemão. Apesar dessa relevância, a referida correspondência ainda não recebeu tradução para o português, configurando uma lacuna e um obstáculo para os estudos sobre Leibniz no Brasil. O presente projeto pretende colmatar essa lacuna. A implementação do projeto prevê reuniões semanais, nas quais a coordenadora submeterá a tradução de um trecho da correspondência para apreciação dos demais membros da equipe. Nessas reuniões, será necessário não só encontrar uma formulação adequada na língua de chegada, tanto para ouvidos brasileiros como portugueses, mas também dotar a atividade de tradução de estudos sobre a contextualização histórica e filosófica do texto. A tradução será a ocasião para viabilizar um intenso intercâmbio entre os pesquisadores envolvidos sobre a minúcia do texto em exame. O resultado final desejado é uma tradução comentada, que deve servir de suporte para pesquisas de ponta sobre o assunto, bem como material bibliográfico para alunos de graduação e pós-graduação.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Vladimir Pavan Margarido

Ciências Biológicas

Zoologia
  • taxonomia integrativa e delimitação de espécies para estimação da biodiversidade críptica ictiofaunística com ênfase nos complexos de espécies
  • A ictiofauna Neotropical é a mais diversa do mundo, e o Brasil destaca-se pela riqueza e diversidade de peixes. As maiores drenagens da região Neotropical estão localizadas em território brasileiro, e conhecer a ictiofauna destas regiões torna-se essencial para o desenvolvimento de ações que possam contribuir para modelos de preservação e manejo. Devido ao crescente aumento na descrição de novas espécies, presença de espécies crípticas e elevada similaridade morfológica, principalmente dentro dos complexos de espécies (espécies que compartilham características morfológicas muito similares e alta variabilidade cromossômica e/ou molecular), análises comparativas abrangentes se tornam necessárias. A taxonomia integrativa vem ganhando força nos últimos anos, aliando diferentes ferramentas e novos conceitos e métodos para a delimitação e classificação de espécies. A delimitação de espécies tem sido confundida com a conceituação de espécies, e vários conceitos alternativos de espécie surgiram, cada qual utilizando propriedades ou características diferentes para delimitá-la. Entretanto, o processo de especiação não é uniforme, ou seja, não leva a alterações em todos os aspectos do organismo (morfológico, ecológico, genético, ...) no mesmo momento, gerando a chamada gray zone, e dependendo dos caracteres utilizados, é possível chegar a diferentes conclusões referente à existencia de uma ou duas espécies. A utilização de diferentes caracteres proposta pela taxonomia integrativa pode proporcionar maior confiabilidade e minimizar a subestimação/superestimação da biodiversidade, principalmente em grupos complexos. No presente trabalho busca-se, através da citogenética e de marcadores do DNA aliadas à taxonomia morfológica tradicional, contribuir para um melhor conhecimento da ictiofauna e sua biodiversidade, desempenhando um importante papel na diagnose de espécies crípticas bem como de sinonímias, auxiliando a taxonomia e sistemática, e subsidiando propostas de conservação.
  • Universidade Estadual do Oeste do Paraná - PR - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Vyacheslav Futorny

Ciências Exatas e da Terra

Matemática
  • teoria de representações
  • A teoria de representações é uma área de pesquisa de grande importância na matemática pura e aplicada e na física teórica. Ela iniciou-se no fim do século XIX com a ideia que grupos de simetria podem ser estudados através de suas ações em espaços vetoriais. Essa perspectiva deu origem à noção fundamental de representação. A análise de simetria em termos de representações tem se provado muito fecunda, com profundas aplicações em praticamente todas áreas de matemática e física de partículas. A influência de ideias da teoria quântica de campos na teoria de representações tem levado a uma grande síntese entre diversas áreas: as álgebras de Lie afins de Kac-Moody, os grupos quânticos, a mecânica estatística, formas automorfas, a topologia de nós, e o lançamento do programa geométrico de Langlands. O projeto abrange diferentes aspectos da teoria de representações, cobrindo desde combinatória algébrica em problemas de classificação até questões geométricas oriundas do programa geométrico de Langlands. As pesquisas neste projeto gravitam em torno de um núcleo: as álgebras de Kac-Moody e suas representações e realizações de campos livres, onde os membros do projeto tem grande experiência. O projeto visa desenvolver a teoria de representações destas estruturas e resolver conjecturas e problemas em aberto nesta teoria, em particular produzir contribuições importantes a conjectura geométrica de Langlands, ao problema de classificação de representações de álgebras de Kac-Moody afim e de representações de W-algebras. O projeto procura aprofundar conexões entre a teoria de álgebras de vértices e outros temas na matemática e na física teórica contemporânea. Vários resultados parciais já foram obtidos por membros do projeto e relatados em publicações em revistas internacionais de alto nível. A metodologia do projeto base-se nos avanços modernos em teoria de representações de álgebras de Lie, álgebras de vértice e física matemática.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025