Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Ricardo Andrade Reis

Ciências Agrárias

Zootecnia
  • estratégias de manejo para a intensificação sustentável de pastagens tropicais
  • O desafio da intensificação sustentável da pecuária de corte consiste em manter o equilíbrio do ecossistema, aumentar a produtividade por animal e por área, produzir carne de alta qualidade em termos nutricional e segurança alimentar, reduzindo as emissões de gases de efeito estufa (GEE). Para tanto, é necessário utilizar práticas de manejo da pastagem sustentáveis que respeitem os limites da solo e da forrageira e garantam a produção de forragem de alto valor nutritivo em quantidade e qualidade. O manejo do pasto com ajuste da taxa de lotação para manter a interceptação luminosa de 95% da radiação incidente, no caso do capim marandu manejado sob lotação contínua varia de 25 a 40 cm de altura. Considerando a eficiência de pastejo de 50% e a fertilização com nitrogênio (N), pode-se obter produção de forragem com alto valor nutricional e com altos teores de proteína solúvel. A suplementação proteico energética, portanto, pode ser uma estratégia para maximizar a eficiência de utilização do excesso de N da forragem e aumentar a síntese de proteína microbiana. Além disso, como alternativa aos antibióticos, o uso de compostos naturais presentes em plantas e seus extratos tem sido estudado com o objetivo de manipular a fermentação ruminal e o metabolismo animal para aumentar a síntese de PB microbiana e reduzir as emissões de GEE. Dentre os fitogênicos, destacam-se os taninos condensados, saponinas e óleos essenciais. Serão conduzidos dois experimentos com o objetivo de avaliar os efeitos de aditivos fitogênicos (taninos condensados, blends de óleos essenciais e saponina) na recria de tourinhos em pastos de capim Marandu, e suas implicações sobre características estruturais e composição química da forragem, consumo e digestibilidade de nutrientes, eficiência de uso de N e síntese de proteína microbiana, parâmetros ruminais, desempenho animal, ganho por área e taxa de lotação, bem como determinar as emissões de GEE das excretas dos animais.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Ricardo Antonio Francisco Machado

Engenharias

Engenharia Química
  • síntese de polímeros derivados de cerâmicas (pdc) a partir de estruturas híbridas (organic-inorganic polymers) - aplicação como suporte para catalisadores
  • Polímeros híbridos orgânico-inorgânicos são obtidos a partir da copolimerização de monômeros orgânicos com precursores inorgânicos, cujo produto final apresenta características únicas, de acordo com o precursor empregado. No Brasil, a síntese de precursores cerâmicos vem se desenvolvendo ao longo dos anos sendo que colaborações e parcerias entre instituições brasileiras e estrangeiras tem demonstrado um grande valor para a formação de novos pesquisadores atuantes na área. Colaborações entre a Universidade Federal de Santa Catarina e a Universidade de Bayreuth, localizada na cidade de Bayreuth – Alemanha – permitiram a produção de trabalhos na área de polímeros híbridos para aplicações como recobrimento protetivo (coatings) e polímeros pré ceramicos, bem como a formação de doutores que hoje atuam nessas áreas de pesquisa. A área de polímeros pré ceramicos (polymer derived ceramics) é, atualmente, uma das mais estudadas pois apresenta um leque de aplicações bastante vasto. A Universidade de Limoges/CNRS, localizada na cidade de Limoges– França, sedia o Institut Européen des Ceramiques, coordenado pelo Prof. Dr. Samuel Bernard, onde polímeros pré cerâmicos são utilizados para o desenvolvimento diversos materiais com estrutura hierárquica de porosidade controlada. Alguns dos objetivos principais do instituto francês concentram-se na obtenção de um sistemas de membranas para produção de hidrogênio e energia, sistemas para geração de energia, purificação e separação de gás e armazenamento de energia. Este projeto visa a obtenção angariar recursos para darmos prosseguimento as nossas atividades de pesquisa e desenvolvimento com as instituições citadas.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2023
Foto de perfil

Ricardo Augusto Souza Fernandes

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • determinação da contribuição harmônica em pontos de acoplamento comum com microrredes: análises dos efeitos dinâmicos dos componentes harmônicos nas operações conectada e ilhada
  • Dispositivos não lineares têm contribuído significativamente para o aumento das distorções harmônicas nos sistemas de distribuição de energia elétrica (SDEE), afetando a qualidade da energia elétrica entregue aos consumidores. Deste modo, a identificação da origem da contribuição harmônica permite a aplicação de ações mitigadoras. No contexto de microrredes (MRs), sabe-se que elas podem operar conectadas ou ilhadas do SDEE, gerando dois possíveis cenários de análise. Quando a MR opera de forma conectada, é importante identificar se a maior contribuição harmônica no ponto de acoplamento comum (PAC) é proveniente dos elementos que compõem a MR ou se a maior injeção de harmônicos é do SDEE. Por outro lado, quando operada no modo ilhada, é importante ter um pré-conhecimento da contribuição harmônica no PAC para que seja possível investigar os efeitos de harmônicos de sequência negativa no gerador síncrono de referência da MR e a estabilidade da mesma no momento de sua desconexão, considerando ainda a influência de condições climatológicas, principalmente em dias e horários que apresentem variações abruptas de irradiação solar. A princípio, essas análises serão realizadas mediante simulações computacionais para que a metodologia seja completamente implementada e avaliada. Na sequência, a metodologia será validada por meio de uma bancada experimental, em que um protótipo de hardware será desenvolvido e integrado a um gerador arbitrário de sinais. Dessa forma, poderá ser validado o real desempenho da metodologia proposta neste projeto. Destaca-se que não há na literatura uma abordagem que determine a contribuição harmônica no PAC de conexão da MR com o SDEE. Assim, é válido mencionar que, além de propor uma nova metodologia de determinação da contribuição harmônica, a mesma será empregada no contexto de MRs, considerando a avaliação de seu desempenho para os cenários supracitados (modos de operação conectada e ilhada) e embarcada em hardware de baixo custo.
  • Universidade Federal de São Carlos - SP - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Ricardo Bezerra Cavalcante

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • observatório de pesquisas, inovações e tecnologias de combate à infodemias (obinfo)
  • As informações no contexto de pandemias, na atual era digital, difundem-se rapidamente por diferentes tipos de mídias e produzem um exorbitante volume informacional, incluindo falsas teorias, “fake news”, provocando desinformação, pânico, confusões, riscos à saúde, deflagrando o fenômeno denominado de infodemia, reconhecido como um problema de saúde pública mundial pela OMS. É preciso desenvolver inovações, tecnologias e conhecimentos que possam subsidiar o combate à infodemia no atual contexto pandêmico e em outras futuras. Para tanto, busca-se desenvolver o Observatório de Pesquisas, Inovações e Tecnologias de combate à infodemias (OBINFO). O OBINFO é uma iniciativa em rede entre Universidades Brasileiras (UFJF, USP, UFSJ, UFV, UFRGS, UCB, UFMG, UFRJ, UFF, UNIRIO) que vem desenvolvendo a pesquisa multicêntrica “Infodemia de COVID-19 e suas repercussões sobre a saúde mental de pessoas idosas”. Pretende-se: Desenvolver Plataforma Web Inteligente do OBINFO, bem como avaliar sua usabilidade; Desenvolver e publicar resultados de pesquisas sobre infodemias; Disseminar informações, vídeos e eventos relacionados à gestão de infodemias; Disseminar informações e conhecimentos sobre estratégias de mitigação de infodemias baseadas em evidências científicas; Promover a infovigilância de notícias falsas de interesse à saúde pública; Desenvolver, validar e publicizar a Escala de Transtorno Reativo Infodêmico Informatizada; Desenvolver, validar e publicizar o consenso de estratégias de enfrentamento a infodemias. A pesquisa de desenvolvimento ocorrerá em 4 fases: FASE 1: Desenvolvimento da Plataforma Web Inteligente do OBINFO; FASE 2: Avaliação de usabilidade da plataforma; FASE 3: Desenvolvimento e avaliação das propriedades psicométricas da Escala de Transtorno Reativo Infodêmico informatizada na plataforma; FASE 4: Desenvolvimento e avaliação do Consenso de estratégias de enfrentamento a infodemias disponibilizado na plataforma.
  • Universidade Federal de Juiz de Fora - MG - Brasil
  • 05/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Ricardo Bomfim Machado

Ciências Biológicas

Ecologia
  • cerrados do planalto central – estrutura, dinâmica e processos ecológicos – fase 4
  • A proposta apresenta visa dar continuidade aos levantamentos e monitoramento de comunidades de plantas e animais na APA Gama e Cabeça de Veado, uma unidade de conservação distrital inserida na matriz urbana da cidade de Brasília-DF. Os estudos propostos complementarão as pesquisas desenvolvidas na Fase 2 (2013-2016) e Fase 3 (2017-2020) e irão também analisar os efeitos das alterações ambientais naturais e antropogênicas sobre a biota da área. Nesta fase será utilizada a abordagem do estado-pressão-resposta para verificar, em cada grupo taxonômico isoladamente ou em conjunto, como as espécies, comunidades, ecossistemas e processos ecológicos respondem a tais perturbações e variações. A execução do projeto está a cargo da Universidade de Brasília, com o envolvimento de pesquisadores dos departamentos de Zoologia, Ecologia, Botânica e Genética e Morfologia. Como parceiros na execução do projeto, estão a Universidade Católica de Brasília, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade. A proposta terá a participação 45 pesquisadores, colaboradores, alunos de pós-graduação e de graduação. Os alunos de pós-graduação e seus orientadores estão associados com os programas de mestrado e doutorado em Ecologia, Zoologia, Ciências Ambientais da Universidade de Brasília e mestrado em Ciências Genômicas e Biotecnologia da Universidade Católica de Brasília. Ao final do desenvolvimento do projeto espera-se que o conjunto de informações geradas estejam disponíveis na forma de artigos científicos e na base de dados do SiBBr, que alunos de graduação e de pós-graduação estejam treinados em técnicas e protocolos de coleta e análise de dados sobre a biodiversidade e padrões espaciais, que a gestão das unidades de conservação envolvidas seja aprimorada e que a comunidade da região tenha acesso a palestras e materiais didáticos sobre a importância da biodiversidade do Cerrado. Por fim, espera-se que ocorra uma maior integração dos sítios PELD, pois o Sítio ACGV pretende promover a troca de experiência com integrantes dos sítios ARAR, PNCG, TANG e STQK.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 10/12/2020-31/12/2024
Foto de perfil

Ricardo César Aoki Hirata

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • estratégias híbridas hidroeconômicas de enfrentamento das mudanças climáticas globais em cidade
  • Entre 2013 e 2017, longos períodos de estiagem criaram uma crise no abastecimento de água que afetou 48% dos municípios brasileiros, causando graves problemas para a saúde pública, economia e ambiente. Soluções tradicionais, baseadas em sistemas de abastecimento de água centralizados com fonte-única, têm-se mostrado ineficazes no País. Assim, o objetivo deste projeto é o de criar soluções "híbridas hidroeconômicas", ou seja, aquelas que reduzam a vulnerabilidade do abastecimento em cidades, a partir do uso integrado de métodos clássicos e inovadores de engenharia, gestão e técnicas baseadas na natureza (Nature, Engineering and Management based Solutions, NE&MS). O trabalho está fundamentado na modelação de fluxo em aquíferos (código Modflow), acoplado a um modelo de água superficial (WEAP ou outro), que permita a alocação do recurso hídrico, considerando o uso conjuntivo de águas superficiais e subterrâneas; recarga manejada de aquíferos; e sistemas de captação aquífero-rio (riverbank filtration), este será testado em estudo piloto. Tais soluções serão avaliadas dentro de um novo arranjo de gestão, que levará em conta aspectos socioeconômicos, hábitos sociais dos usuários, os "produtores privados de água" [proprietários de poços ou aqueles que produzem água de reuso, que serão integrados ao abastecimento público; e produtores rurais e urbanos, que reduzem a demanda por água por incentivos, incluindo os financeiros], e as políticas de uso da terra. As soluções serão testadas de forma pioneira nas cabeceiras das bacias dos rios Bauru-Batalha (municípios paulistas de Bauru, Piratininga e Agudos). Toda a experiência interdisciplinar nas áreas de hidrogeologia, hidrológica, socioeconomia e governança, criará uma plataforma “hidroeconômica” de múltiplas soluções, que subsidiará uma gestão adequada às condições paulistas. Ao final, um fórum permanente será criado e que apoiará a governança das águas, através das agências governamentais parceiras
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Ricardo Coutinho

Ciências Exatas e da Terra

Oceanografia
  • desenvolvimento de métodos inovadores para avaliação do derramamento do óleo ocorrido em 2019 nos ecossistemas da costa brasileira
  • Vide projeto anexo
  • Instituto de Estudos do Mar Almirante Paulo Moreira - RJ - Brasil
  • 15/12/2020-31/12/2023
Foto de perfil

Ricardo de Andrade Lira Rabêlo

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • soluções estratégicas para arquiteturas de redes iot aeroterrestres
  • Os avanços em hardware, software e comunicações sem fio possibilitaram a consolidação de um novo domínio tecnológico, denominado Internet das Coisas (IoT - Internet of Things). O desenvolvimento de aplicações baseadas em IoT foi inicialmente voltado a ambientes fechados ou urbanos, nos quais a conectividade e a disponibilidade de energia não impõem severas restrições. Entretanto, as necessidades de aplicações e serviços que funcionem em ambientes remotos é cada vez mais uma realidade. Uma tendência emergente para viabilizar aplicações de IoT em ambientes remotos consiste na utilização de nós aéreos e terrestres para compor uma rede IoT aeroterrestre. Deve-se ressaltar que uma arquitetura de rede IoT formada por nós aéreos e terrestres apresenta uma série de desafios tais como: mobilidade dos nós, transferência simultânea de energia e de dados, mudança de topologia da rede, alocação de recursos, instabilidade da conectividade, latência, computação decentralizada dentre outros. Portanto, torna-se necessária a adoção de soluções de gerenciamento da rede IoT para concretizar e maximizar os benefícios resultantes da integração de nós aéreos e terrestres. Especificamente, o projeto de pesquisa objetiva desenvolver soluções de software, baseadas em Inteligência Artificial (IA) e no paradigma de Redes Definidas por Software (SDN), para o gerenciamento de redes IoT aeroterrestres. A proliferação de dispositivos aéreos e terrestres interconectados amplia a quantidade e a heterogeneidade de dados a serem transmitidos, armazenados e/ou processados. Portanto, o projeto de pesquisa também foca em soluções computacionais baseadas em Inteligência Artificial para a análise e processamento dos dados, de modo a ampliar as possibilidades de aplicações de redes IoT aeroterrestres. O projeto também visa identificar e desenvolver aplicações IoT para diversos domínios como: saúde, cidades, ambientes rurais (agricultura e pecuária), indústria, sistemas de energia elétrica, transportes etc.
  • Universidade Federal do Piauí - PI - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Ricardo de Souza Kuchenbecker

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • desenvolvimento e validação de metodologia de avaliação de custos da assistência hospitalar utilizando inteligência artificial e o método de microcusteio baseado em atividades baseadas no tempo em uma coorte de pacientes internados com a covid-19
  • ospitais consomem parcela considerável do financiamento em saúde consumindo 70% dos gastos públicos no SUS. Há notória ausência de informações confiáveis sobre qualidade, eficiência e custo dos serviços hospitalares no Brasil, o que dificulta a adoção de estratégias para melhorar seu desempenho. O projeto tem como objetivo desenvolver e validar metodologia de avaliação de custeio da assistência hospitalar com tecnologias digitais, inteligência artificial e método de microcusteio baseado em atividades baseadas no tempo (CBABT). O projeto parte de iniciativa multicêntrica de pesquisa já em andamento: “Plataforma Clínica Global Sobre a Covid-19 para caracterização clínica e manejo de pacientes hospitalizados com Covid-19” da Organização Pan-Americana da Saúde (Plataforma Covid-19 OPAS) e Ministério da Saúde, uma coorte multicêntrica de 18 mil pacientes hospitalizados em 28 hospitais universitários/ensino reunidos em um datahub único. O método visa possibilitar o desenvolvimento de técnicas automatizadas de extração de dados em prontuários eletrônicos utilizando tecnologias digitais e inteligência artificial para análise dos desfechos clínicos, assistenciais e custos do atendimento à Covid-19 e, posteriormente, quaisquer outras síndromes ou doenças. Tais métodos permitem caracterizar os diferentes itinerários terapêuticos percorridos pelos pacientes, seus respectivos resultados clínicos e assistenciais e padrões de consumo de recursos. Desenvolvidos e validados, esses métodos automatizados podem reduzir em muito não apenas o trabalho necessário para as estimativas de custos mas também contribuir para a disseminação de métodos de análise e gestão recursos e aperfeiçoamento de práticas de gestão hospitalar no Brasil. Concluídos os estudos de desenvolvimento e validação de métodos automatizados, tornar-se-á possível promover estratégias de divulgação e implantação dos mesmos para diferentes instâncias decisórias da governança do SUS no âmbito nacional, estados e município
  • Hospital de Clínicas de Porto Alegre - RS - Brasil
  • 30/05/2022-31/05/2024
Foto de perfil

Ricardo Drews

Ciências da Saúde

Educação Física
  • teoria optimal na aquisição de habilidades motoras: análise dos mecanismos atencionais e motivacionais em diferentes populações
  • A compreensão dos fatores que afetam a aprendizagem motora do ser humano, bem como os mecanismos subjacentes a aquisição dos movimentos que compõe atividades funcionais do dia a dia até a prática de esportes e protocolos de reabilitação, é de extrema relevância para o avanço teórico e prático da área de comportamento motor. O presente projeto tem como objetivo testar predições teóricas e consequências aplicáveis na intervenção da teoria OPTIMAL (TO - Optimizing performance through intrinsic motivation and attention for learning) de Wulf e Lewthwaite (2016). Apesar do grande número de estudos fundamentando sua utilização na aprendizagem motora, ainda não está claro se a teoria é generalizável para diferentes populações, habilidades motoras com diferentes características e complexidades, e se os mecanismos postulados baseiam os fenômenos observados. Dessa forma, foram delineados quatro estudos que buscam investigar o processo de aquisição de habilidades motoras a partir das condições de prática (CD) propostas na TO. Os estudos estão assim enumerados: 1) Análise dos efeitos e mecanismos subjacentes das CD da TO na aprendizagem motora em diferentes populações com manipulação do feedback de vídeo; 2) Análise dos efeitos das CD da TO na aquisição de habilidades motoras em ambiente virtual com diferentes níveis de complexidade; 3) Análise dos efeitos das CD da TO na aquisição de habilidades motoras e princípios táticos do futebol em praticantes com diferentes níveis de desenvolvimento motor; 4) Análise dos efeitos das CD da TO na aquisição e desempenho de habilidades motoras da corrida de rua com praticantes em diferentes níveis de habilidade. Este projeto representa um grande avanço no conhecimento dos efeitos e mecanismos propostos na TO na área do comportamento motor, com possíveis implicações em diferentes contextos de intervenção profissional.
  • Universidade Federal de Uberlândia - MG - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Ricardo Floriano

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • síntese e caracterização de ligas de alta entropia para aplicação biomédica processadas por torção sob alta pressão
  • O desenvolvimento de novos biomateriais metálicos com elevada biocompatibilidade e boas propriedades mecânicas para satisfazer às futuras aplicações na área biomédica tem sido alvo de muitos estudos nos últimos anos. Em 2004, uma nova classe de materiais, conhecida como ligas de alta entropia (HEAs – High Entropy Alloys), vem despertando muito a atenção por apresentarem um amplo espectro de propriedades multifuncionais sensíveis a composição, que neste caso, é composta pela mistura de no mínimo cinco elementos em proporções atômicas superiores à 5 %. Em 2017, as HEAs foram testadas como biomateriais (Bio-HEAs) e resultados muito promissores foram reportados, como a boa combinação de baixo módulo de elasticidade associada a excelente interação celular, dependendo da composição química da liga, levando a formação de um tecido fibroso em torno do implante. Neste projeto de pesquisa, BIO-HEAs não-equiatomicas baseadas em dois sistemas (TiZrNbTa)1-XSnX e (TiZrNbMo)1-XSnX, para X = 0.1, 0.15 e 0.2 serão investigadas com foco nas aplicações biomédicas, assim como o efeito de diferentes tratamentos térmicos sobre a estabilidade microestrutural e de fases. Ambos os sistemas foram selecionados por meio da simulação termodinâmica por apresentarem estrutura CCC e por possuírem somente elementos atóxicos. As ligas serão produzidas em forno de fusão a arco e tratadas em forno resistivo sob atmosfera controlada e processadas por torção sob alta pressão [HPT: High-Pressure Torsion] em busca de melhores resultados de biocompatibilidade. A avaliação microestrutural e de fases serão realizadas pelas técnicas de DRX, MEV, MET, já as propriedades mecânicas serão avaliadas por ensaio de dureza Vickers e medição do módulo de elasticidade. A resistência à corrosão das ligas será avaliada por ensaio de polarização anódica em meio 0,9% NaCl para simular os fluidos corpóreos. A viabilidade celular será investigada através do ensaio de citotoxicidade direta e análise de Citometria de fluxo.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Ricardo Gallo

Ciências Agrárias

Recursos Florestais e Engenharia Florestal
  • melhoramento genético de araçá (psidium spp.): frutíferas nativas prioritárias com potencial socioeconômico no brasil
  • Mesmo com os inúmeros recursos que as Psidium spp. podem oferecer, sua expressão econômica no contexto da fruticultura nacional ainda é inexistente, devido sua produção ser de base familiar extrativista, sem sua total domesticação. Assim, para contornarmos esse contexto, objetivamos estabelecer um programa de melhoramento de espécies de araçás (Psidium spp.) para subsidiar a cadeia produtiva de frutos aos pequenos agricultores de nosso país. O estudo será conduzido na Universidade Federal Rural de Pernambuco e no Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), em parceria das Universidades Federais de Mato Grosso e Goiás. A estação experimental do IPA, possui um banco ativo de germoplasma (BAG) contendo 29 acessos de P. cattleyanum e 7 de P. myrtoides. Serão selecionados no mínimo cinco acessos por espécie para a execução dos experimentos. Os acessos serão caracterizados pela qualidade de frutos e por aspectos fisiológicos de crescimento de mudas. Buscaremos aumentar os acessos do BAG pela prospecção de novas espécies e genótipos o BAG do IPA. Serão também realizados estudos para o conhecimento da biologia floral e reprodutiva, e armazenamento de pólen para futuros cruzamentos. Na etapa de propagação vegetativa, será realizado o resgate de brotos próximo ao solo e estacas radiculares. Haverá também a formação dos porta-enxertos sendo realizadas duas técnicas de enxertia, sendo a garfagem em fenda cheia e a garfagem de topo sob casca. Estabelecendo as mudas enxertadas, será realizado o teste de florescimento precoce com paclobutrazol. Também serão realizados cruzamentos controlados com as espécies de araçá no BAG, buscando estabelecer cruzamentos intra e interespecíficos. Com isso, esperamos fornecer informações e tecnologias inovadoras para estabelecimento de um programa de melhoramento de espécies de Psidium. Também buscaremos estabelecer pomares de polinização controlada e de produção de frutos precoce, com impacto direto aos pequenos produtores rurais de nosso país.
  • Universidade Federal Rural de Pernambuco - PE - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Ricardo Ildefonso de Campos

Ciências Biológicas

Ecologia
  • a influência do mutualismo no sucesso reprodutivo de plantas: um experimento de longa duração no sistema cecropia-azteca
  • O estudo das interações positivas entre os organismos é central para o entendimento da estrutura e funcionamento das populações, comunidades e ecossistemas. Nossa proposta está focada em desvendar um dos benefícios mais cruciais, mas ainda pouco estudado, oferecido por uma espécie mutualística: o aumento do sucesso reprodutivo (fitness) de seu parceiro. Apesar de sua importância, experimentos que envolvem o teste de fitness em árvores são raros por dificuldade metodológicas. Assim, a realização no presente projeto só será possível pois temos um experimento de longa duração em campo (9 anos) onde já sabemos que a formiga mutualista, por meio de múltiplos mecanismos, pode acelerar o crescimento e reduzir a mortalidade de sua planta hospedeira. Assim, como próximo passo, o objetivo do presente projeto é testar experimentalmente a hipótese de que a presença e a agressividade da formiga Azteca muelleri aumentam o sucesso reprodutivo de sua planta hospedeira Cecropia glaziovii. A primeira etapa desse estudo será realizada na Estação Ecológica da Mata do Paraíso, Viçosa, MG (Bioma Mata Atlântica), onde vamos selecionar plantas reprodutivas de C. glaziovii, que em etapas anteriores desse projeto foram separadas em dois grupos: (i) colonizadas, que ficaram disponíveis para a colonização por formigas e (ii) não colonizadas, que foram impedidas de serem colonizadas. Essas plantas adultas (com e sem formigas) serão comparadas quanto à germinação de suas sementes e quanto ao desenvolvimento de suas plantas filhas, onde será mensurado: crescimento, herbivoria, defesas químicas e físicas e composição química foliar. Ademais, para as plantas mães colonizadas, será mensurada a agressividade de suas formigas, e a mesma será correlacionada com desempenho das plantas filhas. Esse último protocolo será replicado no Bioma Cerrado para testar a generalidade desses padrões em ambientes com pressões seletivas diferentes, e com outras espécies de Cecropia e Azteca.
  • Universidade Federal de Viçosa - MG - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Ricardo Lúcio de Araujo Ribeiro

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • controle cooperativo do fluxo de potência aplicado a microrredes híbridas ca/cc integradas com sistema de armazenamento
  • Atualmente a configuração do sistema de potência tem sido reorganizada em microrredes para viabilizar a integração das fontes de energia renováveis. Nesta nova configuração, microrredes CA/CC híbridas têm se mostrado uma opção efetiva para interconexão de dos diversos tipos de geração por energia renováveis e sistemas de armazenamento. Em geral, estas microrredes são implementadas em redes elétricas de baixa tensão e se mostram susceptíveis a variações de tensão e de frequência por conta do comportamento randômicos das fontes de energias renováveis. Sistemas de armazenamento têm sido incluído nestes sistemas para garantir o balanço energético e reduzir as referidas oscilações. Além disso, as redes elétricas de baixa tensão possuem baixa relação X/R o que resulta no acoplamento das potências ativa e reativa, bem com variações paramétricas decorrente de constantes reconfigurações de sistemas, provocadas por condições de ilhamento. Devido suas características dinâmicas, bem como, incertezas inerentes ao funcionamento de tais microrredes, há uma demanda por novas técnicas de controle de fluxo de potência que garanta a continuidade de funcionamento do sistema e seja robusto a variações paramétricas. Neste sentido, apresenta-se uma proposta de projeto para o desenvolvimento de técnicas de controle de fluxo de potência para otimização da inserção de sistemas de geração distribuída em microrredes híbridas CA/CC de baixa tensão, integradas com sistemas de armazenamento e com capacidade de ilhamento.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Ricardo Luiz Pereira Bueno

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • intenção e metacognição empreendedora: um estudo sobre o perfil de universitários e membros de startups
  • O Brasil apresenta uma alta taxa de atividade empreendedora no Brasil, visando compreender esse fenômeno os estudos nessa área aumentaram significativamente na última década. Entretanto, apesar da relevância, a elucidação dos fatores pessoais e contextuais da intenção empreendedora (IE) ainda são pouco explorados no país. A presente pesquisa pretende abordar os processos cognitivos e metacognitivos dos empreendedores, bem como sua conexão com a IE, e desta maneira compreender como melhor qualificar a Educação Empreendedora no contexto nacional. Para isso, buscamos identificar dimensões a serem aprimoradas no desenvolvimento da EE por meio da compreensão dos preditores de IE e da metacognição empreendedora em grupos de alunos universitários e membros de startups com a aplicação de um questionário auto administrado pelo computador em uma pesquisa exploratória quantitativa. A análise dos dados utilizará a Modelagem de Equações Estruturais - PLS no software SmartPLS para identificar os preditores mais relevantes. Levando-se em conta que a metacognição pode ser alavancada pela aprendizagem, os resultados dessa pesquisa poderão contribuir para o direcionamento de atividades pedagógicas em cursos de graduação, aperfeiçoamento e pós-graduação, favorecendo a aquisição de competências para empreender de forma mais eficaz, seja na formação e consolidação de spin-offs ou de outras atividades empresariais, possibilitando o desenvolvimento sustentável e incremental da atividade empreendedora no Brasil.
  • Universidade Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Ricardo Luiz Viana

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • computação científica de alto desempenho em problemas de dinâmica não-linear e aplicações físicas
  • A Computação Científica de alto desempenho é um dos recursos mais importantes na realização de pesquisas em diversos temas da Física e áreas correlatas. Em particular, sistemas não-lineares apresentam desafios à sua compreensão ligados à necessidade de obter soluções numéricas por meio de simulações computacionais. Nesta proposta abordamos alguns projetos ligados à solução de sistemas não-lineares (equações diferenciais parciais, equações íntegro-diferenciais não-lineares, sistemas de equações diferenciais ordinárias) com aplicações à Física de Plasmas e outras áreas, bem como à análise de séries temporais por meio de metodologias inspiradas em estratégias utilizadas em Dinâmica Não-Linear. Os subprojetos que estão contemplados nesta categoria de problemas são os seguintes: (i) Sincronização em redes de osciladores não-lineares com acoplamentos intermediados por processos físicos; (ii) Análise de recorrências como ferramenta para a quantificação de sinais determinísticos e estocásticos; (iii) Técnicas para análise de dados baseadas em microestados de recorrências; (iv) Transporte em Tokamaks (Física Teórica de Plasmas), (iv) Ondas lineares e não lineares em plasmas, e (v) simulações computacionais em física da matéria condensada. Em todos estes sub-projetos a utilização de recursos computacionais de alto desempenho é fundamental para a obtenção de resultados confiáveis em um tempo de processamento que não seja longo demais. Além disso, sobretudo em aplicações envolvendo análise de dados é necessário, além de uma alta velocidade de processamento, ter disponível uma capacidade de memória de acesso rápido compatível com a quantidade de informações a serem processadas.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Ricardo Magnus Osorio Galvao

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • iniciação do plasma e diagnóstico óptco em tokamaks
  • Neste projeto são propostos duas atividades essenciais para o projeto de modernização do tokamak TCABR: i) otimização do processo de iniciação da descarga e ii) diagnóstico óptico do plasma. Essas atividades serão executadas na atual configuração do TCABR, ou seja, antes da conclusão de sua modernização.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Ricardo Moreira da Silva

Engenharias

Engenharia de Energia
  • duzentos anos de história sobre a geração e uso da energia elétrica no brasil: da fumaça ao sol brilhante
  • O consumo mundial de energia elétrica cresceu mais que a oferta, de modo que existe uma carência de produção. Existem várias formas de gerar energia, através de fontes fósseis como petróleo ou carvão; ou de fontes não fósseis como sol, ventos, biomassa, água dos rios e das marés oceânicas, fissão e fusão nuclear e até uma forma menos conhecida chamada “energy harvesting”, que faz colheita de micro energias perdidas na natureza. Ocorre que as fontes fósseis respondem por 55% do consumo de energia no mundo, mas são poluidoras e geram gases do efeito estufa responsáveis pelo aquecimento global. Era de se esperar, que o uso de fontes limpas e renováveis, saísse mais do discurso e fosse mais para prática. Apesar de existirem vários problemas em seu setor elétrico, o Brasil tem a marca positiva de ter a matriz elétrica mais limpa do mundo, baseada em 71% nas hidrelétricas, e isso tem um porquê e uma história a ser contada. Por exemplo, Angiquinho foi a primeira hidrelétrica do Nordeste, no Rio São Francisco, próximo de Paulo Afonso, Ba, inaugurada em 26/01/1913 por Delmiro Gouveia, que fornecia energia elétrica a indústria têxtil “Companhia Agro Fabril Mercantil”. O objetivo desse teatro científico é contar de forma lúdica um histórico do desenvolvimento da geração e consumo de energia no Brasil; diferenças do uso de fontes poluidoras e não poluidoras; sustentabilidade na energia e encerrar apresentando uma aplicação prática da energia solar (placa solar ligada em um conversor e a um eletrodoméstico) e a energy harvesting (relógios Mido automático, Seiko Kinetic e um alimentado por pilha de quartzo). Essa ação é exequível face a contrapartida que será a disponibilização de van/lab_informática itinerante, pelo grupo de pesquisa da UFPB MCC (Meninas na Ciência da Computação) e alcançará 200 estudantes do ensimo fundamental e médio de uma escola rural “Escola Fazenda Buracão”, de um município de baixo IDH no sertão da Paraíba, que tem sol disponível 365 dias por ano.
  • Universidade Federal da Paraíba - PB - Brasil
  • 12/09/2022-31/03/2023
Foto de perfil

Ricardo Moreira da Silva

Engenharias

Engenharia de Produção
  • ciência e tecnologia com acesso e sem desigualdades para meninas e meninos na paraíba
  • O projeto tem como objetivo principal realizar ações de popularização da ciência e tecnologia em duas Escolas Estaduais nos municípios de Mari (IDHM– 0,548) e Sapé (IDHM – 0,569), interior da Paraíba, tendo como público-alvo as alunas e alunos do Ensino Médio. Neste início de século XXI, as questões envolvendo diferenças de acesso à ciência e tecnologia entre países norte-sul é dado marcante, entretanto não apenas nesse âmbito há tamanha diferença: Há também diferença desse acesso sujeito ao gênero. Infelizmente, continuam se perpetuar ações psicossociais discriminatórias ainda editadas no século XX, que se traduz como um tipo mascarado de violência de gênero. Aceitar essa violência como a discriminação, a desigualdade, a falta de direitos civis e a dominação de pessoas por outras, sobretudo de mulheres por homens, via a ciência e tecnologia, nunca deveria ser prática, qualquer que seja a época ou território. Dentro desse pressuposto, nesse trabalho partimos da premissa que existem diferenças no acesso à Ciência e a Tecnologia em dois municípios com baixo IDHM segundo o gênero, para apresentar para meninas e meninos palestras englobando empoderamento de meninas, tecnologia de energia limpa e oficinas de desenvolvimento de aplicativos para dispositivos móveis. Para a execução do projeto terá como parceiros as: (i) Secretaria de Estado da Educação, Ciência e Tecnologia - SEECT-PB, promoverá o acesso das alunas e alunas nas escolas estaduais de ensino médio em Mari e em Sapé; e (ii) Superintendência de Ensino à Distância (SEAD) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), que proporcionará o acesso ao polo municipal de Mari com apoio presencial da SEAD. O público-alvo estimado é de 100 alunos em cada município (primeiro e segundo anos do ensino médio), abrangendo um total de 200 estudantes, 10 professores e 5 coordenadores pedagógicos. A equipe de execução será composta por um professor do Centro de Tecnologia da UFPB e uma professora do Centro de Informática, e de alunas dos cursos de graduação em Engenharia de Produção e Computação da UFPB.
  • Universidade Federal da Paraíba - PB - Brasil
  • 05/10/2021-31/10/2023
Foto de perfil

Ricardo Ojima

Ciências Sociais Aplicadas

Demografia
  • a resiliência no semiárido setentrional: população, território e desenvolvimento no contexto pós-pandemia
  • O objetivo do projeto é avançar na compreensão dos impactos da COVID-19 no acúmulo de condições desfavoráveis na população da região do semiárido setentrional. A região mais seca do semiárido brasileiro é delimitada pelos municípios do semiárido ao norte do Rio São Francisco e compreende mais de 700 municípios. Taxas de crescimento populacional baixas e com relativa perda de participação na população na região Nordeste, apresenta baixos indicadores sociais, econômicos, de saúde, educacionais, entre outros. O problema a ser analisado é a condição de vulnerabilidade dos indicadores sociodemográficos e a resiliência da população frente aos impactos diretos e indiretos da Covid-19 na região. Fatores como mercado de trabalho, saúde, infraestrutura, migração e mobilidade já se constituíam como desafios para o desenvolvimento regional. Poucos estudos focam no contexto demográfico da região, assim, o projeto ampliará o conhecimento da região sob essa perspectiva. Segundo o Censo 2010, a participação de trabalhadores sem carteira de trabalho assinada na região era de 36,6% das pessoas com 10 anos e mais, enquanto nos demais municípios das UFs da região essa proporção era de 25,2% e 19,7% no país como um todo. A grande maioria dos municípios da região depende de recursos provenientes de atividades ligadas aos serviços públicos, empregos públicos, transferências federativas e de renda, pois em mais de 90% dos municípios essas atividades correspondiam a 1/3 do valor adicionado bruto do PIB municipal. A pesquisa será desenvolvida a partir de quatro dimensões: 1) Mercado de trabalho e renda, 2) Movimentos Migratórios, 3) Educação, 4) Mortalidade e Saúde a partir da combinação de diversas fontes de dados oficiais e administrativos. A partir deles serão construídos conjuntos de indicadores e análises das tendências demográficas a fim de analisar a vulnerabilidade e a resiliência da população frente aos impactos sociais gerais e específicos da pandemia da Covid-19.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 07/02/2022-28/02/2025