Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Thiago Martins Caldas Prado

Lingüística, Letras e Artes

Lingüística
  • o recurso tropológico na construção de efeitos de verdade em narrativas da crise econômica de 2008
  • A pesquisa pretende analisar de que maneira figuras de retórica ou estratégias da narratividade literária compuseram explicações sobre o colapso financeiro mundial de 2008 e como tais contribuíram para a construção de efeitos de verdade em meio a um cenário de disputa pela hegemonia interpretativa dos discursos sobre teoria econômica. Para isso, serão considerados para essa investigação autores destacados nos estudos sobre Retórica na Economia (McCloskey), autores pioneiros no estudo de tropos de linguagem e de estratégias literárias na área de humanidades (White) e autores importantes que instrumentalizaram o estudo do discurso por meio das figuras de retórica (Perelman). Ademais, tornam-se fundamentais, no campo da Epistemologia, os mecanismos de análise da construção dos efeitos de verdade (Foucault) ou, no campo dos Estudos de Narrativa, o conceito de verrossimilhança na poética das narrativas científicas (Todorov), que servirão para investigar narrativas de economistas contemporâneos. Objetiva-se, como um dos produtos finais e com uma articulação multidisciplinar e multi-institucional entre grupos de pesquisa das áreas de Estudos de Linguagens, Estudos de Economia, Estudos de Educação e Estudos de Desenvolvimento Tecnológico, a montagem de um Dicionário de Figuras de Retórica sobre Crise Econômica com verbetes trabalhados por estudiosos do léxico e com uma interface na internet, de acesso livre e de alimentação contínua, com um apoio de um software de busca em bases de dados. Outro objetivo a ser realizado é a criação de materiais paradidáticos para o Ensino Básico que, por meio dos Estudos de Tradução Intralingual (paráfrase, interpretação simbólica, adaptação) e dos Estudos de Educação (materiais didáticos, práticas pedagógicas), amplie e estimule, nesses níveis de ensino, a discussão sobre narrativas a respeito da crise econômica de 2008, um tema caro da História Contemporânea e atrativo para o cenário de introdução de uma educação financeira nas escolas.
  • Universidade do Estado da Bahia - BA - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Thiago Mendonça de Aquino

Ciências da Saúde

Farmácia
  • triagem virtual como ferramenta para o reposicionamento de fármacos e descoberta de novos hits: aplicação no combate à pandemia de covid-19 e resistência bacteriana
  • Este projeto está inserido em dois grandes problemas de saúde pública: (i) Resistência bacteriana; O segundo é muito mais atual e está relacionado à (ii) pandemia de COVID-19. A OMS estima que até 2050, a resistência bacteriana causará a morte de 10 milhões de pessoas em todo o mundo. A COVID-19, só no Brasil, já causou a morte de aproximadamente 600 mil pessoas até setembro de 2021. A pandemia de Covid-19 impulsionou diversos tipos de pesquisas científicas, como o sequenciamento genômico do vírus e o desenvolvimento de vacinas. No entanto, ainda existe uma carência significativa de medicamentos disponíveis, com efeito terapêutico comprovado em ensaios clínicos. Vários tipos de pesquisa indicam que as bactérias originalmente combatidas por antibióticos beta-lactâmicos, incluindo E. coli e K. pneumoniae, estão se tornando resistentes, gerando assim 'superbactérias, que produzem beta-lactamases capazes de inativar fármacos de última geração. Diante do exposto, foi levantada a seguinte hipótese: Um estudo de triagem virtual (TV) baseado na estrutura de alvos específicos pode contribuir para o reposicionamento de fármacos em curto prazo e a descoberta de novos compostos ativos a médio prazo? Para responder a essa hipótese, realizaremos uma TV de fármacos já existentes no mercado ou em estágio clínico de desenvolvimento, bem como uma quimioteca virtual de aproximadamente 10.000 compostos (ambos caracterizados como Aceptores de Michael), envolvendo os seguintes alvos: (i) Serino protease transmembrana tipo II (TMPRSS2), responsável pela infecção por SARS-CoV-2 em células humanas; (ii) Beta-lactamases, que inativam antibióticos beta-lactâmicos. A TV selecionará os fármacos com as afinidades mais significativas com os sítios catalíticos, sejam eles adquiridos ou sintetizados e, finalmente, testados contra vírus e bactérias. Finalmente, pretendemos indicar novos fármacos a serem submetidos a ensaios clínicos e descobrir uma classe de compostos que inibam os alvos descritos.
  • Universidade Federal de Alagoas - AL - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Thiago Moreno Lopes e Souza

Ciências Biológicas

Bioquímica
  • investigação de carreadores à base de quitosana e sistemas de entrega de medicamentos clinicamente aprovados/reposicionados e desinfetantes contra o sars-cov-2
  • O coronavírus 2 da síndrome respiratória aguda grave (SARS-CoV-2) já é responsável por muito mais mortes do que os coronavírus patogênicos (CoVs) anteriores, de 2002 e 2012. Atualmente, a resposta mais efetiva à pandemia de SARS-CoV-2 tem sido o distanciamento social, a fim de evitar o contato de pessoas infectadas e não-infectadas e achatar a curva de disseminação do vírus. Apesar de efetivas, essas medidas não reduzem o número absoluto de indivíduos infectados e ainda provocam uma redução considerável na atividade econômica global. A identificação de medicamentos clinicamente aprovados a serem reposicionados para combater a doença de CoV 2019 (COVID-19) permitiria a rápida implementação de procedimentos potencialmente salvadores de vidas. A equipe brasileira proponente do projeto mostrou recentemente que o inibidor de protease do HIV-1, atazanavir (ATV) e dois antivirias de ação direta utilizados para tratamento da hepatite C, daclatasvir (DCV) e sofosbuvir (SFV), inibem a replicação in vitro do SARS-CoV-2. Esses drogas, no entanto, como foram desenvolvidas para alvos diferentes, suas potências podem ser limítrofes aos parâmetros farmacocinéticos para a utilização contra a COVID-19. Esse projeto visa, então, pesquisar e desenvolver carreadores à base de quitosana e sistemas de entrega direcionados para medicamentos clinicamente aprovados/reposicionados e desinfetantes contra o SARS-CoV-2, a fim de melhorar a eficácia e farmacocinética dos candidatos a antivirais assim como a durabilidade da ação dos candidatos a desinfetantes. Essa pesquisa inclui três subprojetos de interação lógica: i) identificar candidato(s) a drogas anti-SARS-CoV-2 por meio de estratégia de reposicionamento de drogas, permitindo uma tradução rápida para estudos clínicos; ii) desenvolver nanofármaco(s) anti-SARS-CoV-2 de direcionamento para os pulmões usando nanotransportadores à base de quitosana; iii) desenvolver desinfetantes antivirais à base de quitosana e avaliar sua aplicação na impregnação de produtos têxteis e filtros de ar. O uso de drogas nanoformuladas combina a possibilidade de desenvolver rapidamente tecnologias inovadoras impregnadas com compostos aprovados. Em um sistema de entrega controlada, pode-se esperar incluir os medicamentos reposicionados mais ativos e catalogar as evidências pré-clínicas de segurança e eficácia para avançar nos ensaios clínicos.
  • Fundação Oswaldo Cruz - RJ - Brasil
  • 13/04/2021-30/04/2023
Foto de perfil

Thiago Poleto

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • uso de veículos aéreos não tripulados (uavs) e sistemas de informação geográfico para fornecer monitoramento inteligente de segurança pública
  • O setor público está envolvido em um processo de transformação digital para se adaptar aos serviços digitais e às novas demandas dos cidadãos. Os governos federal, estaduais e municipais estão mudando seus procedimentos para melhorar a prestação de serviços a sociedade. A crise do COVID-19 evidenciou o valor da administração digital, que permitiu aos países da América Latina a melhorar a sua oferta de serviços digitais entre 2020 e 2021, devido às restrições de mobilidade e às medidas de prevenção da pandemia. Nos últimos anos, alinhado ao conceito de cidades inteligentes uma nova tendência é utilização de veículos aéreos não tripulados (UAV), para capturar vários tipos de dados de imagem, como fotos de alta definição. Além disso, o emprego de ferramentas de sistemas de informação geográfica (GIS) para colaborar com o mapeamento permite novas formas de desenvolvimento econômico e social. Este projeto contribui para utilização de novas tecnologias aplicadas a segurança pública e decisões em políticas públicas a partir das imagens capturadas por UAV. Sendo assim, o projeto visa melhorar a gestão da informação em apoio a segurança pública, para que seu uso ocorra em compasso com a evolução da sociedade. Seguindo esta problemática, é o oportuno definir a seguinte questão: Qual é o papel dos Sistemas de Informação Geográficos e Tecnologias Veículo Aéreo Não Tripulado - UAVs apoiar as decisões públicas em cidades inteligentes com ênfase na segurança pública? A metodologia do projeto aplica um modelo espacial baseado em GIS para a segurança pública, permitindo o geo-registro de imagens capturadas por UAVs com acesso a diversas ferramentas de geoprocessamento e visão computacional.
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 09/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Thiago Rafalski Maduro

Outra

Multidisciplinar
  • feira de ciências norte capixaba (fecinc) e vi jornada de integração do ifes - região norte
  • A Fecinc - Feira de Ciências Norte Capixaba é uma ação de capacitação em ensino e para o trabalho escolar associada a mostras de ciências e tecnologia que têm como objetivo a popularização da ciência através da divulgação de projetos de Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática desenvolvidos preferencialmente por alunos da educação básica. Nesse contexto, serão desenvolvidas nesse projeto, além da feira de ciências, atividades como palestras, mostras científicas e tecnológicas e portas abertas. Através de ações sólidas que influenciam as práticas docentes e a qualidade do ensino pelo uso do método científico, a Fecinc espera despertar vocações que apresentem significativo impacto na formação de uma sociedade mais consciente de forma política, social e cultural. Estimulando a interação escola-comunidade e fortalecendo as parcerias escola-academia, a Fecinc já promove ações de capacitação de professores e estímulo estudantil em 22 municípios do Espírito Santo e, em 2022, pretende abranger ainda mais municípios. A feira de ciências será projetada para receber 80 projetos de estudantes do ensino básico de escolas públicas e privadas e já estão pré-selecionados projetos de 17 municípios. A VI Jornada de Integração do Ifes - Região Norte deve receber cerca de 60 projetos, de pelo menos 4 municípios. Considerando os municípios parceiros que darão apoio logístico para que o público-alvo participe, os eventos devem receber pessoas de cerca de 21 municípios.
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo - ES - Brasil
  • 12/09/2022-31/03/2023