Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Virgínia Soares Lemos

Ciências Biológicas

Fisiologia
  • estudo translacional da doença arterial coronariana humana: bases moleculares e alterações morfofuncionais com foco na intervenção prognóstica e terapêutica
  • A doença arterial coronariana (DAC), maior causa de morbimortalidade no mundo, é caracterizada pelo fornecimento inadequado de sangue ao músculo cardíaco causado pelo estreitamento das artérias coronárias, cujo desfecho clínico mais grave é o infarto do miocárdio. A aterosclerose é a principal causa da DAC e quando diagnosticada de forma precoce é potencialmente reversível. No entanto, a escassez de dados das alterações moleculares que ocorrem durante a progressão da DAC em humanos, limita o avanço de intervenções terapêuticas eficientes, principalmente precoces. Nosso objetivo é estudar os aspectos moleculares da DAC humana e suas consequências nas diversas fases da aterogênese com o intuito de identificar potenciais alvos para intervenção prognóstica e terapêutica. O projeto envolve 3 fases: 1) estudo da função vascular de pacientes internados para cirurgia de transplante cardíaco; 2) estadiamento da aterosclerose nas artérias coronárias retiradas dos pacientes transplantados e avaliação ex vivo da reatividade vascular e 3) ensaios moleculares nas coronárias e leucócitos circulantes. A óxido nítrico sintase neuronal e o receptor nicotínico alfa7 da acetilcolina serão foco inicial do estudo, pois são expressos em células do vaso e sangue, desempenham papel importante na aterogênese e são a área de expertise do grupo. A interação com o centro de cirurgia cardiovascular do hospital das clínicas da UFMG e UFES está otimizada. A maior parte da fase 1 e da avaliação funcional do vaso da fase 2 está concluída. Dispomos de um repositório de vasos congelados de 70 pacientes para a execução das fases 2 e 3. Este projeto translacional abre perspectivas para a descoberta de marcadores de lesão precoce para diagnóstico e alvos para intervenções terapêuticas nos diversos estágios da doença. O potencial de sucesso do projeto está alicerçado na excelência da equipe, nas parcerias e interface clínica e pesquisa básica consolidadas e nos promissores resultados já obtidos.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Vitor Braga Rissi

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • estresse de retículo endoplasmático e suas consequências na regulação epigenética durante o desenvolvimento in vitro de embriões bovinos
  • As biotecnologias aplicadas à reprodução animal encontram-se atualmente em plena expansão comercial. O Brasil possui um dos maiores rebanhos comerciais bovinos do mundo sendo pioneiro na aplicação de biotecnologias da reprodução, dentre elas a Produção in vitro de Embriões (PIVE). A PIVE na espécie bovina ainda apresenta desafios a serem superados e melhorias que venham a elevar a eficiência da técnica. Estudos recentes têm destacado o papel das modificações epigenéticas durante os processos reprodutivos, desde a formação dos gametas até a fecundação e desenvolvimento embrionário inicial, período este, crítico para o desenvolvimento a termo em todas as espécies animais. Nos últimos anos, foram identificadas diversas moléculas e genes capazes de modificar ativamente marcadores epigenéticos. Existem evidências de que o cultivo in vitro em um ambiente subótimo pode alterar, em nível molecular, o funcionamento embrionário em comparação ao ambiente in vivo. Tais condições comprometem a eficiência de algumas biotecnologias da reprodução. O retículo endoplasmático (RE) é uma organela importante para a homeostasia celular, e sua relação com eventos epigenéticos que são essenciais para o correto desenvolvimento embrionário inicial ainda necessita ser estabelecida. Através de um modelo de indução de estresse de RE em embriões bovinos produzidos in vitro, serão estudas suas consequências na expressão gênica, marcadores epigenéticos e estresse oxidativo. Adicionalmente será avaliado o efeito de um tratamento capaz de reverter e aliviar condições de estresse de RE in vitro. Espera-se com a realização deste projeto gerar novos conhecimentos acerca da importância do estresse de RE para o desenvolvimento embrionário. O entendimento de mecanismos epigenéticos e resposta a estímulos estressantes poderão basear melhorias em sistemas de PIVE comerciais.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 07/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Vitor Fabricio Machado Souza

Ciências Humanas

Educação
  • vi simpósio ¨o xadrez como inclusão escolar¨
  • A presente proposta refere-se à realização do VI ¨Simpósio o Xadrez como Inclusão Escolar¨, edição 2022, a ser promovida pelo Setor Litoral da UFPR, tendo como Instituições Colaboradoras a Confederação Brasileira de Xadrez Escolar, Instituto Federal do Paraná – Campi Paranaguá e a Unespar, com o apoio das escolas públicas da região, das Secretaria Municipais de Educação dos municípios envolvidos e do Núcleo Regional de Educação (NRE) dos sete municípios da região litorânea do Estado do Paraná que abrange os municípios de Morretes, Guaraqueçaba, Antonina, Paranaguá, Pontal do Paraná, Guaratuba e Matinhos. O simpósio, integra diferentes esferas e níveis do ensino público e fortalece o crescente movimento da Educação Científica.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 19/09/2022-31/03/2023