Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Victor Márcio Laus Reis Gomes

Ciências Sociais Aplicadas

Comunicação
  • a midiatização das decisões estratégicas de comunicação: um estudo junto a gestores de comunicação
  • A digitalização transforma a experiência de consumidores e a gestão da comunicação. Enquanto tendências apontam para novos comportamentos no consumo de campanhas e estratégias comunicacionais, com ênfase em experiências integradas, multissensoriais e multiplataformas, importa destacar as transformações dos processos e práticas de gestão suscitadas pelas tecnologias de apoio às decisões estratégicas. A automatização da compra de mídia, os gerenciadores de campanhas e as plataformas de CRM (Customer Relationship Management) são exemplos dessas inovações tecnológicas. Esse contexto caracteriza uma ambiência digital que configura e condiciona a percepção, a cognição e, consequentemente, as decisões estratégicas de profissionais envolvidos com as atividades de planejamento, implementação e controle das estratégias comunicacionais das organizações. Assim como transformam o consumo, os suportes digitais configuram dispositivos midiáticos que afetam as lógicas de produção e gestão. Partindo da noção de midiatização, que vislumbra a apropriação de lógicas midiáticas em práticas de diversos campos sociais, este projeto pretende investigar a relação entre profissionais, plataformas de gestão e instituições envolvidas nos processos estratégicos de comunicação. Especificamente, como as decisões estratégicas de comunicação são afetadas pela midiatização das práticas de gestão. Como este objetivo, o percurso metodológico da pesquisa inclui uma etapa exploratória com o levantamento e a análise de notícias e reportagens relacionadas à gestão estratégica da comunicação em publicações especializadas (jornais, revistas e sites), seguida por entrevistas semi-estruturadas com gestores de comunicação e profissionais de agências e de serviços especializados do Brasil. Os dados obtidos serão submetidos à análise semântica, uma técnica proposta pelo pesquisador dinamarquês Niels Andersen e fundamentada na teoria dos sistemas sociais de Niklas Luhmann.
  • Universidade Católica de Brasília - DF - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Victor Pellegrini Mammana

Ciências Biológicas

Farmacologia
  • programa workshop aficionados por software e hardware em são bernardo do campo
  • (1) O Projeto WASH é um projeto de educação não-formal concebido e construído coletivamente por vários agentes públicos, entre os anos de 2013 a 2018. (2) A proposta nasce da necessidade de dar respostas aos desafios identificados durante a avaliação dos programas federais "One Laptop per Child (OLPC - UCA)" e "Programa de Inclusão Social (PIDIS)", conduzida pelo proponente entre os anos de 2004 e 2010. (3) A método diferencia-se por estabelecer uma ponte entre o ensino fundamental e centros de excelência (universidades federais, estaduais e centros de pesquisa), por meio de alunos de iniciação científica CNPq do ensino médio e superior. (4) A ideia é atuar em várias dimensões do processo de alfabetização científica e tecnológica, sempre na escola pública, com investimentos fundamentalmente em pessoas e não em equipamentos, por meio de bolsas de iniciação científica. (5) A plausabilidade do projeto é confirmada pelo fato de ter atendido mais de 3000 pessoas, com mais de mil eventos em quase 30 cidades diferentes entre os anos de 2013 e 2022. Os indicadores do projeto são gerados por plataforma digital especificamente desenvolvida para esse fim. (6) O programa teve sua metodologia formalizada por meio da Portaria nº 178/2018/SEI-CTI, que aprova o Documento de Referência, o qual orienta a a adesão ao método. O Documento de Referência dá orientações sobre como reproduzir o WASH com definições, atribuições e características das entidades e com os papéis que precisam ser desempenhados pelos participantes. Desde 2019, o WASH está vinculado ao CEMADEN, unidade de pesquisa do MCTI, situado em São José dos Campos, sendo citado na Portaria nº 144/2019/SEI-CEMADEN. No método WASH são realizadas atividades no formato de oficinas com duração fixa e data definida.
  • Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais - SP - Brasil
  • 01/06/2022-30/06/2023
Foto de perfil

Victor Silveira Coswig

Ciências da Saúde

Educação Física
  • efeitos agudos e crônicos da suplementação com extrato de açaí (euterpe oleracea mart.) no desempenho de sprints
  • O açaí (Euterpe oleracea Mart.) é uma das frutas mais famosas do Brasil, que às vezes alcança o status de “superfruta” ou “alimento funcional” devido ao seu alto teor de polifenóis e, consequentemente, aos potenciais benefícios à saúde. Estudos têm sido relacionados, mas não limitados, a melhorias em biomarcadores inflamatórios, benefícios no metabolismo oxidativo e lipídico, resposta antidiabética e um efeito cardioprotetor, incluindo tolerância ao exercício. Também é possível especular que esses benefícios podem interagir com a aptidão física. No entanto, os dados disponíveis sugerem que a suplementação crônica com extrato de semente de Açaí pode melhorar o desempenho aeróbio (distância de corrida e tempo de exercício) de roedores saudáveis. Em humanos, ao conhecimento dos autores, as pesquisas mais representativas sobre a suplementação de Açaí no desempenho de exercícios mostraram que o consumo de uma bebida funcional de Açaí (carboidratos, açaí liofilizado, glutamina e suco de limão) melhorou as respostas cardiorrespiratórias e o tempo de exaustão em atletas de elite. Nesse contexto, considerando que i) a plausibilidade fisiológica dos benefícios da suplementação de Açaí na execução do exercício já está estabelecida; ii) melhorias reais no desempenho físico já foram mostradas; iii) o consumo e a disponibilidade de Açaí estão crescendo em todo o mundo e iv) as evidências sobre os efeitos do Açaí em diferentes tarefas físicas, especialmente em humanos, ainda estão surgindo, a investigação sobre o tema parece relevante. Existem dois procedimentos experimentais propostos. O primeiro é um ensaio cruzado e randomizado de três condições, com o objetivo de descrever as respostas físicas e fisiológicas agudas à suplementação de Açaí. O segundo é um ensaio clínico randomizado de três grupos, com o objetivo de descrever alterações crônicas na aptidão física e marcadores sanguíneos de saúde após o treinamento e comparar diferentes dosagens de suplementação.
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 05/02/2022-28/02/2025