Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Suliani Rover

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • fusões & aquisições: análise das companhias de capital aberto de países desenvolvidos e emergentes
  • Operações de Fusões e Aquisições (F&A) internacionais têm se mostrado cada vez mais ativas como uma estratégia de entrada em mercados estrangeiros, principalmente para países emergentes (Khan et al., 2021), em busca de sinergia, retornos econômicos, financeiros e estratégicos. Contudo, a literatura apresenta divergências quantos aos impactos das F&A no retorno anormal das empresas, sugerindo uma assimetria entre o motivo das aquisições e a percepção dos investidores dependendo do setor ou mercado desenvolvido e emergente. Diante do exposto, o estudo tem por objetivo analisar a relação entre F&A e o desempenho, econômico-financeiro, socioambiental e de mercado, das companhias de capital aberto de países desenvolvidos e emergentes que compõem o G20. Para atingir o objetivo geral, têm-se os seguintes objetivos específicos: 1) Identificar a relação entre o desempenho econômico-financeiro das empresas e as operações de F&A; 2) Analisar as modificações nos indicadores socioambientais após a F&A; 3) Verificar a reação do mercado acionário após o anúncio da F&A; e 4) Avaliar os possíveis comportamentos distintos entre as operações de F&A, segregadas em Combinações de Negócios, nas companhias abertas de países desenvolvidos e emergentes. Para isso, serão analisadas companhias não financeiras de capital aberto que negociam suas ações em países desenvolvidos (Alemanha, Austrália, Canadá, Estados Unidos, França, Itália, Japão, Reino Unido, Rússia, União Europeia) e emergentes (África do Sul, Arábia Saudita, Argentina, Brasil, China, Índia, Indonésia, México, Peru), por meio dos dados disponíveis na Refinitiv, de 2010 a 2022. Para o desempenho, será analisado tanto o retorno anormal acumulado das F&A (MacKinlay, 1997), bem como o Retorno sobre o Ativo (ROA), geração de fluxos de caixas operacionais e indicadores socioambientais. Na análise quantitativa, serão estimados modelos de regressão por dados em painel, regressão multinível (HLM) e estudo de eventos.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 11/04/2022-30/04/2025
Foto de perfil

Sumaya Ferreira Guedes

Outra

Multidisciplinar
  • feira de ciências do clube de ciências decolar e núcleo de extensão naipce
  • É através das feiras de ciências que os alunos reconhecem o método científico e utilizam a curiosidade e criatividade para criar e desenvolver pesquisas investigativas. Nesse sentido, a proposta tem como objetivo propor a segunda edição da Feira de Ciências do Clube de Ciências Decolar e Núcleo de Extensão NAIPCE que será realizado no mês de novembro de 2022. O projeto tem como proponente o núcleo NAIPCE da Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT) e o Clube de Ciências Decolar da Escola Estadual José Aparecido Ribeiro. A feira será realizada com abrangência municipal em Nova Mutum, município localizado no estado de Mato Grosso, região Centro-Oeste do Brasil. A cidade possui índice de Ideb inferior a 6,0, e dessa forma o fomento da feira de ciências com oportunidade de bolsas de iniciação cientifica aos alunos e professores orientadores dos trabalhos destaques pode favorecer a compreensão sobre a importância da pesquisa investigativa nas escolas. Na proposta são apresentadas ações de formação para os professores orientadores e para os alunos com certificação da PROEC-UNEMAT.
  • Universidade do Estado de Mato Grosso - MT - Brasil
  • 08/12/2021-31/12/2023
Foto de perfil

Susan Martins Pereira

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • efeito da vacinação e revacinação por bcg na ocorrência e gravidade da covid-19 no brasil.
  • Trata-se de um estudo multicêntrico com o objetivo de avaliar a efetividade da vacinação e revacinação por BCG na ocorrência e gravidade da COVID-19 no Brasil. 1) Estimar a associação entre a gravidade da COVID-19 de acordo com diferentes status vacinal (Estudo 1). 2) Estimar e comparar a ocorrência e gravidade por COVID-19 entre vacinados (BCG neonatal) e revacinados (BCG neonatal e BCG na idade escolar) utilizando-se da população do REVAC-BCG (Estudo 2). 3) Avaliar a resposta de imunidade treinada, humoral e protetora da vacina BCG em pacientes hospitalizados com COVID-19 com e sem cicatriz vacinal (Estudo 3). Este projeto será desenvolvido a partir de três estudos complementares: Estudo de caso-controle, não pareado realizado com casos e controles residentes nos municípios de Salvador, Manaus, Rio de Janeiro, São Paulo e Recife. Os casos serão indivíduos hospitalizados com diagnóstico confirmado de COVID-19 que apresentaram a forma grave ou óbito por COVID-19 e os controles, indivíduos com diagnóstico confirmado de COVID-19 e que não apresentaram os sinais e sintomas de gravidade da doença. A vacinação por BCG será a exposição. O segundo estudo será uma re-análise do ensaio comunitário REVAC-BCG, realizada a partir da base de dados referente ao ensaio comunitário que avaliou a eficácia da segunda dose da vacina BCG contra tuberculose e hanseníase, em Salvador e Manaus. Os casos e óbitos da COVID-19 ocorridos nentas duas cidades serão identificados no Sistema de Informação SIVEP GRIPE e no Sistema de Informação sobre Mortalidade, e serão vinculados a base de dados do REVAC-BCG para análise da associação entre os diferentes status de vacinação por BCG e os desfechos (casos e óbitos) pela COVID-19. No terceiro estudo pretende-se avaliar a resposta de imunidade treinada, humoral e protetora da vacina BCG em pacientes diagnosticados com COVID-19. Espera-se contribuir para o conhecimento da efetividade da vacinação e revacinação por BCG na ocorrência e na redução da gravidade da COVID-19 em nosso país.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 16/07/2020-15/09/2022
Foto de perfil

Susana de Araujo Gastal

Ciências Sociais Aplicadas

Turismo
  • turismo e gastronomia: diálogos rural-urbano em cidades pequenas e médias no brasil e méxico
  • O projeto propõe criar ambiente de reflexão, a partir da gastronomia, acerca da questão urbana-rural envolvendo cidades pequenas e médias, que se coloquem como destinos turismo, no Brasil (Gramado e Nova Petrópolis, ambas do RS) e no México (Oaxaca e Malinalco, ambas no centro do país). Consideram-se localidades onde a gastronomia é item importante para atratividade turística, confrontado os aspectos: (a) desenvolvimento da atividade turística no contexto atual, em suas múltiplas relações e representações no urbano; (b) reorganização do rural na contemporaneidade, envolvendo as cidades nele inseridas, agora marcado por pluriatividades, o que inclui a gastronomia e o turismo, e não apenas atividades agropecuárias. Questiona-se, no âmbito da pesquisa, para melhor compreensão das localidades arroladas, as relações locais entre o turismo e hospitalidade, em união nem sempre harmônica: quais as especificidades dos processos e possíveis forças em conflito na dialética local (heranças culturais) versus global (industrialização, mundialização da distribuição de alimentos). Considera-se, a priori, como propõe Graziano da Silva desde de seus estudos introdutórios em 1997, que na atualidade a expansão do urbano perpassa o rural, mas que, sobre muitos aspectos, as cidades médias e pequenas ainda se apresentam ruralizadas. Thomé (2018, 2019, 2020, 2021a, 2021b), César (2019, 2020a, 2020b) e Gastal/Beber (2000, 2019, 2014) tem pesquisado tais aportes mostrando, entre outros, que a revolução verde, a industrialização dos alimentos, a tecnologização da produção agrícola, a enorme presença midiática da gastronomia, e o turismo como nova demanda associada à economia criativa, afetam o espaço rural assim como ocasionam impactos sobre o urbano. Caberia questionar, agora, como os cenários descritos pelos autores podem afetar esse(s) cenário(s) em presença da pandemia Covid19.
  • Universidade de Caxias do Sul - RS - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Susana Margarida Gomes Moreira

Ciências Biológicas

Genética
  • avaliação do risco versus benefício do uso de polissacarídeos sulfatados de algas marinhas verdes na medicina regenerativa
  • Os polissacarídeos sulfatados (PSs) derivados de algas marinhas se têm mostrado excelente compostos bioativos com numerosas atividades biológicas benéficas como anticoagulantes, anticâncer, anti-inflamatórias, antioxidantes, antibacterianas, etc. Em estudos anteriores mostramos o efeito dos PSs de algas verdes do gênero Caulerpa na diferenciação osteogênica e anti-adipogênica em células-tronco, indicando que estes podem ter aplicação no desenvolvimento de terapias alternativas para tratamento de obesidade e patologias relacionadas a perdas de massa óssea, dois dos problemas de saúde mundial mais prevalentes. Adicionalmente, mostramos que diferentes frações obtidas de um extrato apresentam diferentes atividades, confirmando que a heterogeneidade dos PSs de algas verdes pode ser explorada para diferentes aplicações. Assim, propomos estudar o potencial osteogênico e anti-adipogênico, bem como o mecanismo de ação, de PSs das espécies C. cupressoides, C. sertulariodes, C. racemosa usando como modelos células-tronco estromais e células progenitoras de osteoblastos e adipócitos. Para isso, serão realizados ensaios de diferenciação avaliando marcadores osteogênicos (atividade da fosfatase alcalina, mineralização da matriz extracelular), adipogênicos e lipogênicos, incluindo expressão de genes envolvidos nos processos de diferenciação celular. Tendo em vista as possíveis aplicações desses PSs, o risco será avaliado por meio de ensaios de genotoxicidade como: testes de reversão bacteriana, cometa e micronúcleo em células de mamíferos. Também será avaliado o efeito das amostras na senescência das células tronco por quantificação de expressão de genes marcadores. Assim, a análise do benefício (atividades e modo de ação) e do risco (ensaios de genotoxicidade e avaliação da senescência) trazem inovação à esta proposta, além de ser um requisito das agências regulamentadoras para a translação dos PSs para aplicações biomédicas ou clínicas.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Suzana de Oliveira Mangueira

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • validação do diagnóstico de enfermagem resiliência prejudicada no contexto da oncologia
  • Na perspectiva psicossocial, a palavra resiliência traduz a capacidade de um indivíduo em responder de forma mais sólida a situações que envolvam dificuldades e desafios, bem como a capacidade de recuperar-se frente a diversas ocasiões desfavoráveis, de modo positivo e otimista, com equilíbrio e autoconfiança, seja de forma individual ou em grupo. Na área da oncologia, o conceito de resiliência torna-se ainda mais relevante, visto que o câncer é uma doença crônica e degenerativa, que atinge milhões de pessoas pelo mundo e é considerado um problema de saúde pública. O câncer é um processo com diversos significados, tanto para o paciente e sua família, quanto para os profissionais de saúde. Estes significados se misturam em emoções e incertezas, as quais o paciente vivencia desde o momento do diagnóstico e durante todo o tratamento, que requer uma assistência de enfermagem sistematizada e especializada. Em sua maioria, esses sentimentos estão relacionados a questões negativas, como o pessimismo, medo, angústia, vergonha e a sensação de morte iminente. Assim, esse estudo tem como questão de pesquisa: Qual a validade do diagnóstico de Enfermagem Resiliência Prejudicada no contexto da oncologia? E como objetivo geral validar o diagnóstico de enfermagem Resiliência Prejudicada no contexto da oncologia. Trata-se de um estudo metodológico a ser desenvolvido em três etapas. A primeira será a construção de uma Teoria de Médio Alcance, fundamentada no Modelo da Adaptação de Roy. A segunda etapa será a validação de conteúdo do diagnóstico por juízes e a terceira etapa, validação clínica, consistirá num estudo transversal para análise da acurácia dos fatores etiológicos e indicadores clínicos do referido diagnóstico. Espera-se que os resultados possam aumentar o nível de evidência do diagnóstico na Taxonomia da NANDA Internacional e, por consequência, facilitar a sua identificação na prática clínica.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Suzana Maria Ratusznei

Engenharias

Engenharia Sanitária
  • produção de hidrogênio e metano pelo tratamento de melaço de soja em condições mesofílica e termofílica
  • A soja tem alcance global devido a sua alta relevância na indústria de alimentos e biocombustíveis, e sua produção tem aumentado nos últimos anos. Com isso, observa-se um crescimento na geração de subprodutos, dentre os quais destacam se o melaço de soja, gerado na produção de proteínas concentradas de soja, e a okara, gerada durante a produção de leite de soja, os quais têm ganhado notoriedade devido à sua composição rica em carboidratos e fibras, respectivamente. O descarte inadequado desses subprodutos pode causar diversos problemas ambientais. Uma estratégia para evitar esse cenário seria a digestão anaeróbia desses subprodutos visando a produção de biogás (hidrogênio e/ou metano). Nesse contexto, esse trabalho visa o estudo da viabilidade biotecnológica da aplicação de um reator anaeróbio operado em bateladas sequenciais com biomassa imobilizada e recirculação da fase líquida (AnSBBR), em condições mesofílica e termofílica, no tratamento de melaço de soja e no coprocessamento do melaço de soja/okara. Serão avaliadas as condições operacionais que permitam a melhoria de indicadores de desempenho referentes à conversão de substrato, produtividade/composição de hidrogênio ou metano e rendimento entre hidrogênio ou metano produzido e substrato consumido, além do coprocessamento melaço/okara. A okara contém mais de 20 % de sólidos totais, dificultando sua utilização como substrato único sem prévia diluição. Assim, o coprocessamento melaço de soja/okara é promissor, uma vez que ambos são gerados no mesmo local, evitando custos de transporte, e que a okara possui baixo valor de mercado. Quanto à operação em condições termofílicas, a digestão a altas temperaturas pode diminuir o tempo de reação e aumentar a eficiência da degradação de materiais orgânicos, resultando em maior produção total de biogás e uma digestão mais completa. As informações de escopo científico e tecnológico, obtidas nesse estudo, fornecerão importantes subsídios para projetos em escala plena.
  • Instituto Mauá de Tecnologia - SP - Brasil
  • 07/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Suzana Oliveira Barbosa

Ciências Sociais Aplicadas

Comunicação
  • #acessejor: protocolo de inovação social para o jornalismo digital
  • Análises e previsões para o jornalismo mostram um cenário de múltiplas crises: econômica, de credibilidade e de valorização; com demissões nas redações, raros modelos de negócio sustentáveis, redução do interesse por notícias ou indiferença do público. Por um lado, o jornalismo tem dificuldades de conquistar a atenção; por outro, falta acessibilidade para que Tecnologias Assistivas (TAs) decodifiquem o conteúdo jornalístico, impossibilitando ou dificultando o consumo de notícias por um público em potencial. Em um ambiente multimidiático, isso contrapõe a ideia de acessibilidade web, derivada do conceito de design universal, de possibilitar o alcance de produtos e serviços para um maior número de usuários com diversas características. Observamos como caminho ideal estratégias baseadas na inovação - processo interativo que gera algo novo em determinado contexto e sistema. Há várias abordagens possíveis, desde produtos e novas tecnologias até modelos de negócio e estruturas. Este projeto parte da perspectiva da inovação social para buscar soluções sobre como o jornalismo digital pode lidar com o complexo problema da atenção do público neste contexto de abundância de informação e de múltiplas necessidades de acesso à informação capaz de melhorar a qualidade de vida. Portanto, questionamos: como promover um jornalismo digital mais acessível, inclusivo e inovador para manter, renovar e ampliar o seu público? Sem contemplar os vários públicos, o jornalismo, um dos pilares da democracia, torna-se empobrecido e frágil. Assim, desenvolveremos o #AcesseJor - um protocolo de práticas e produtos jornalísticos digitais acessíveis, inclusivos e inovadores. Trata-se de uma pesquisa aplicada, quali-quantitativa, que engloba estudos de caso, entrevistas com informantes de meios jornalísticos, questionário e entrevistas com o público considerando as populações negra e branca, os povos tradicionais; e a diversidade socioeconômica, de região, idade, gênero, escolaridade e deficiências.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Suzana Telles da Cunha Lima

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • prospecção de atividade antimicrobiana de extratos de microalgas e cianobactérias, efeito do estresse de ph durante o crescimento e uso ciclodextrinas na eficácia dos extratos.
  • As microalgas e cianobactérias são organismos unicelulares fotossintetizantes que podem ser encontrados nos mais variados ecossistemas, como ambientes marinhos, de água doce e terrestre. Por possuírem altas taxas de crescimento, além de uma riqueza de compostos bioativos, estes organismos ganharam importância como alvos farmacológicos. O cultivo de microalgas e cianobactérias permite alterações no meio, visando o aumento na produção de metabólitos com atividade biológica. Uma das metodologias utilizadas neste aspecto é a indução do estresse durante o crescimento algal. Além disso, já foi descrito na literatura que alguns carreadores moleculares podem aumentar a eficácia dos extratos. Assim sendo, este estudo tem por objetivo realizar a prospecção de compostos bioativos em microalgas e cianobactérias exibindo atividades antioxidante, bactericida, fungicida e anti-protozoária. Adicionalmente, avaliaremos o papel do estresse de pH no cultivo, e o uso de ciclodextrinas no aumento da atividade dos extratos. A metodologia utilizada para indução de estresse será a redução gradual do pH e manutenção do cultivo até o final da fase log, seguindo a coleta da biomassa por centrifugação e eletrofloculação. Um possível aumento na bioatividade será comparado àquele com algas já adaptadas a um ambiente ácido, investigando o mecanismo de resistência. Para obtenção dos extratos, serão utilizados os solventes metanol, acetato de etila e etanol. O teste de DPPH avaliará atividade antioxidante, o diâmetro do halo e microdiluição em caldo o potencial antimicrobiano, e o teste de MTT a atividade anti-protozoária. A cianobactéria Affixifilum granulosum, caracterizada filogeneticamente na Florida (16S rRNA e 16-23S rRNA ITS), será relacionada às bioatividades determinadas com cepa equivalente de nossa coleção. Para preparo dos complexos de inclusão (CI) serão utilizadas a co-precipitação, malaxagem e caracterização físico-química dos CI, relacionado-as com atividades dos extratos.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Sylmara Lopes Francelino Gonçalves Dias

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • participação social e planejamento: metodologia para elaboração, implementação e monitoramento dos planos municipais de gestão integrada de resíduos sólidos
  • O Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (PMGIRS) é um instrumento instituído pela Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) em 2010. De acordo com a PNRS, entre outros elementos, os Planos devem garantir “... ampla publicidade ao conteúdo dos planos [...] bem como controle social em sua formulação, implementação e operacionalização”. Contudo, em muitos municípios a participação social na elaboração dos Planos é baixa, mesmo com esforços das administrações em promover processos participativos, o que impacta negativamente a cobertura da coleta seletiva. O problema aqui abordado será a baixa efetividade de processos de participação da sociedade civil (consultiva/deliberativa) na formulação, implementação e monitoramento de políticas municipais de gestão de resíduos sólidos. Neste contexto, a questão central é: Como garantir que a participação social seja potencializada na elaboração, implementação e monitoramento dos PMGIRSs? A hipótese de trabalho é que a participação pode ser potencializada a partir de uma melhor compreensão da sua lógica de funcionamento e dos instrumentos mais utilizados.Para responder aos desafios desta pesquisa, serão sistematizadas bibliografias teóricas e estudos de caso sobre participação social (teorias da democracia deliberativa) e formulação/implementação de programas de coleta seletiva. Também serão realizadas pesquisas de campo, visando elaborar um diagnóstico e prognóstico da participação social em um caso piloto de revisão do PMGIRS de Ribeirão Pires - SP. Espera-se que os resultados do projeto propiciem o desenvolvimento de uma “Metodologia para ampliação da participação social no planejamento, implementação e monitoramento do PMGIRS”. Descobertas teóricas, empíricas e metodológicas poderão ser replicadas em outros municípios e em outros tipos de serviços públicos.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Sylvio Barbon Júnior

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • geração inteligente de energia solar em usina fotovoltaica com aprendizado de máquina
  • A geração de energia solar vem ganhando espaço e incentivos no Brasil. Em novembro de 2019, foi inaugurada a primeira usina fotovoltaica de Londrina, localizada na Universidade Estadual de Londrina. A construção desse projeto foi parte do Projeto de Eficiência Energética aprovado na Chamada Pública Copel-VPDE 001/2017, incentivado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Sabe-se que a previsão de geração de energia representa uma etapa estratégica no planejamento, gerenciamento e operação de um sistema elétrico. Contudo, a natureza dos dados associados a energias renováveis (intermitência, aleatoriedade e dependência do ambiente e clima) é caracterizada por não-linearidade, o que dificulta a criação de um modelo preditivo satisfatório. A predição do que acontecerá em um breve espaço de tempo também é um desafio. Aproveitando a presença da usina fotovoltaica em operação no campus da Universidade Estadual de Londrina, que caracteriza um living lab para P&D em produção de energia renovável, esse projeto objetiva o desenvolvimento de modelos preditivos capazes de lidar com os dados gerados pela usina em questão e, a partir disso, obter informações estratégicas para seu gerenciamento e controle.
  • Universidade Estadual de Londrina - PR - Brasil
  • 20/08/2020-31/08/2022
Foto de perfil

Taciane Finatto

Ciências Agrárias

Agronomia
  • análise do transcritoma de arracacia xanthorrhiza bancroft em resposta ao estresse por calor
  • A mandioquinha salsa (Arracacia xanthorrhiza Bancroft) é uma espécie da família Apiaceae cujas raízes apresentam grande interesse econômico e qualidade nutricional. Exige clima ameno (temperatura média anual entre 15 e 18 °C) e baixa amplitude térmica durante o seu ciclo (cerca de 8 meses até a colheita). Os padrões de aumento de temperatura diante das mudanças climáticas e oscilações nas temperaturas podem acarretar a redução da produção, inviabilizando o cultivo. O fenótipo evidencia que algumas cultivares são tolerantes ao calor, porém são desconhecidos seus mecanismos moleculares. Para este tipo de estudo é necessário que as sequências de transcritos estejam disponíveis, porém A. xanthorrhiza não apresenta genoma completo sequenciado, apenas as sequências do genoma do cloroplasto, inviabilizando o estudo. Nestre trabalho propomos analisar o transcritoma de duas cultivares de A. xanthorrhiza (uma sensível e outra tolerante ao calor) sob diferentes temperaturas usando sequenciamento de RNA (RNA-Seq), obtendo assim, informações sobre quais genes são diferencialmente expressos entre as cultivares e entre as diferentes temperaturas. A hipótese é plausível pois será realizada a montagem de novo do genoma, método utilizado em espécies que não apresentam genoma de referência sequenciado. As cultivares serão expostas às temperaturas de 18 e 32 °C, por 14 dias, totalizando 4 tratamentos e três repetições. O RNA será extraído e serão construídas bibliotecas de cDNA, e em seguida sequenciadas. Será realizada a montagem de novo do transcritoma, identificados os genes diferencialmente expressos, anotada a ontologia gênica (GO), identificadas as rotas metabólicas (KEGG) e as vias de sinalização acionadas em cada cultivar em resposta ao calor. As sequências de RNA obtidas serão depositadas no banco de dados de acesso público NCBI/SRA. Espera-se identificar expressão diferencial em genes do sistema de enzimas antioxidantes, fitormônios e fatores de transcrição.
  • Universidade Tecnológica Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 26/04/2022-30/04/2025
Foto de perfil

Tadayuki Yanagi Junior

Ciências Agrárias

Engenharia Agrícola
  • desenvolvimento de um detector de estresse térmico portátil aplicado à galinhas poedeiras
  • As adversidades climáticas afetam mundialmente a produção de ovos, prejudicando o bem-estar de galinhas poedeiras e, consequentemente, a produtividade, produção e qualidade dos ovos. Os sinais de estresse térmico podem ser detectados com precisão por meio das respostas fisiológicas das galinhas, como a temperatura cloacal e frequência respiratória. Porém, essas variáveis são difíceis de mensurar em aviários comerciais, além de causar estresse nas aves. Desta forma, a detecção do estresse térmico, de forma pontual ou espacial, em aviários comerciais é imperativa para auxiliar na tomada de decisões visando mitigar ou eliminar os seus efeitos deletérios. Sistemas computacionais embarcados (software + hardware) podem ser aplicados neste tipo de detecção, podendo englobar a inteligência artificial e dispositivos eletrônicos de baixo custo. Neste contexto, objetiva-se com a presente pesquisa, o desenvolvimento de um detector de estresse térmico portátil aplicado à galinhas poedeiras. Para tanto, um sistema computacional baseado em inteligência artificial será desenvolvido e embarcado em um dispositivo eletrônico. A escolha da inteligência artificial deve-se ao fato desta metodologia resultar em menores erros de predição, tornado a classificação do conforto térmico das aves mais realística. O desenvolvimento do sistema computacional será baseado em dados experimentais obtidos em pesquisas coordenadas pelo proponente. Em termos de hardware, poder-se-á usar o Arduino, RaspBerry Pi ou similar, por apresentarem baixo custo e capacidade de processamento adequada.
  • Universidade Federal de Lavras - MG - Brasil
  • 31/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Tahissa Frota Cavalcante

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • organização de apoio e suporte aos cuidadores domiciliares de pessoas incapacitadas pela covid-19: uma revisão de escopo
  • A inflamação sistêmica desencadeada pelo SARS-CoV-2 pode contribuir ainda mais para processos neuro inflamatórios e aumentar a suscetibilidade a síndromes neurológicas e/ou trombóticas. Essas situações chamam a atenção para a cronicidade da COVID-19, propiciando aos sobreviventes sequelas e incapacidades funcionais, às quais demandam de cuidados de reabilitação e domiciliares intensivos. O cuidador é o elo entre a equipe de saúde e o paciente e a pandemia pela COVID-19 tornou as atividades de cuidado mais desgastantes, em decorrência do medo de novas contaminações, perda do ente querido, acúmulo de múltiplas funções, isolamento social e diminuição do suporte econômico e social às famílias. Então, torna-se imperioso questionar quais são os modelos de organização de apoio e suporte direcionados aos cuidadores domiciliares de pessoas incapacitadas pela COVID-19. Essa revisão de escopo tem como questão de pesquisa construída com base no acrônimo PCC é: Pessoa: cuidadores domiciliares de pessoas incapacitadas em decorrência da COVID-19; Conceito: organizações de apoio e suporte ao cuidado domiciliar; Contexto: Cuidado domiciliar em diferentes regiões do mundo. As fontes de informação serão diversas bases de dados/bibliotecas/portais, como MEDLINE/PubMed, Scopus, Web of Science, Lilacs, Embase, Cochrane e Cinahl., com estratégia de busca que será definida em 3 etapas. Após a pesquisa completa, todos os resultados da busca realizada nas bases de dados/bibliotecas e portais serão agrupadas e carregadas no software bibliográfico Rayyan QCRI e as duplicatas serão removidas. Os títulos e resumos serão selecionados por dois revisores independentes e cegados para avaliação com base nos critérios de inclusão pré-definidos. A extração dos dados será realizada com base em um instrumento específico que será construído, com base em dados bibliográficos dos estudos e questões referentes ao objetivo e temática da revisão. Os resultados serão mapeados em formas de quadros/diagramas.
  • Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira - CE - Brasil
  • 06/12/2021-31/12/2022
Foto de perfil

Taiana Furtado dos Anjos

Ciências Biológicas

Farmacologia
  • a construção dos saberes no meio do mundo
  • A Feira de Ciências e Engenharia do Estado do Amapá - FECEAP é um evento coordenado pela Secretaria de Estado da Educação do Amapá, por meio do Centro de Atividades em Altas Habilidades/Superdotação-CAAH/S. Objetiva incentivar e dar visibilidade a pesquisa desde os anos iniciais do ensino fundamental ao ensino superior público e privado, enfatizando a sua contribuição relevante para a resolução dos problemas sociais, bem como a propagação da ciência e tecnologia. A FECEAP é um evento que faz parte do Circuito Nacional e Internacional de Feiras Científicas. No ano de 2021 será realizada no período de 22 a 25 de setembro, e visa selecionar 100 projetos de alunos do Ensino Fundamental, Médio e Técnico e superior, das escolas e universidades públicas e privadas do Estado do Amapá, de outros estados brasileiros, bem como de outros países. A FECEAP tem como parceiros permanentes: a Secretaria de Estado da Ciência e Tecnologia (SETEC), a Fundação de Amparo à Pesquisa do Amapá (FAPEAP), o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), o Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Estado do Amapá (IEPA), a Universidade Estadual do Amapá (UEAP) e a Universidade Federal do Amapá (UNIFAP). Cabe destacar, que a FECEAP é uns dos poucos eventos educacionais no Estado do Amapá, que incentiva a investigação e oportuniza o desenvolvimento de ideias inovadoras, executadas e aperfeiçoadas, por alunos/pesquisadores e professores/orientadores em seu cotidiano escolar. A demonstrar que os alunos, quando incentivados podem encontrar soluções para os problemas do cotidiano, além de aproximar o ensino formal das vivencias da comunidade.
  • Governo do Estado do Amapá - AP - Brasil
  • 11/03/2021-31/03/2023
Foto de perfil

Taiana Gabriela Moretti Bonadio

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • em busca de um padrão ouro para a regeneração óssea: desenvolvimento de biotintas a base de fosfatos de cálcio para a produção de scaffolds via impressão 3d
  • A busca por materiais padrão ouro para regeneração óssea ainda é um desafio para a ciência dos materiais. A maioria dos biomateriais utilizados atualmente são importados e de alto custo. O desenvolvimento de produtos nacionais, de baixo custo e com alto padrão de qualidade se faz necessário. Os fosfatos de cálcio (CPs) são tradicionalmente usados como matrizes porosas tridimensionais (scaffolds) devido à similaridade com a matriz óssea inorgânica. CPs obtidos de ossos de peixe apresentam excelentes propriedades osteogênicas e podem ser utilizados como uma matéria prima de baixo custo para a produção de substitutos ósseos. Propõe-se a produção de um biomaterial natural, utilizando CPs de ossos de peixe; que tenha qualidade igual ou superior às atuais opções do mercado, a um menor custo. Scaffolds podem ser produzidos por meio da técnica de impressão 3D, que proporciona otimização e personalização devido à construção do biomaterial em camadas, com porosidade controlada e encaixe perfeito. O objetivo deste projeto é produzir e testar, por meio de estudo físico-químico e biológico, scaffolds fabricados por impressão 3D, utilizando como matéria prima biotintas de fosfato de cálcio bifásico (BCPs) obtidos de osso de peixe, com alginato, um polímero biocompatível de baixo custo com propriedades reológicas favoráveis para a produção de biotintas. Os BCPs serão obtidos de ossos de tilápia do Nilo e terão sua composição elementar (EDXRF) e suas fases cristalinas (DRX e FTIR) identificadas e quantificadas. As biotintas serão utilizadas para a impressão de scaffolds em diversos designs. Os scaffolds serão caracterizadas quanto às suas propriedades físicas (densidade e porosidade), estruturais (DRX e FTIR) e mecânicas (ensaios de compressão). A citotoxicidade será avaliada em cultura de células. A regeneração óssea será estudada em defeitos ósseos em ratos. Espera-se obter um biomaterial de alto valor agregado: nacional, de baixo custo e com padrão ouro para regeneração ósse
  • Universidade Estadual do Centro-Oeste - PR - Brasil
  • 20/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Taís Gratieri

Ciências da Saúde

Farmácia
  • terapias inovadoras para o tratamento de infecções superficiais: uso iontoforese seguido de tratamento passivo otimizado
  • Infecções superficiais de pele e seus anexos, teoricamente, são tratáveis com formulações tópicas contendo agentes antimicrobianos. No entanto, alguns tipos de infecções ungueais e endodônticas, apresentam alto índice de recorrência. Infecções de feridas abertas, por exemplo, quanto não tratadas de maneira eficiente, podem dificultar a cicatrização. A baixa eficácia de formulações tópicas convencionais nesses casos deve-se em parte aos mecanismos de resistência dos microrganismos, com a formação de biofilme, e em parte devido às características fisiológicas de cada uma dessas estruturas, que, ou impedem a ampla distribuição do fármaco e o contato direto com os microrganismos, como no caso da unha e dos canais radiculares de dentes, ou oferecem um ambiente úmido com oferta de nutrientes, favorecendo a infecção, como no caso de feridas cutâneas. Assim, propõe-se nesse projeto uma nova abordagem terapêutica para o tratamento de infecções superficiais baseada (i) na aplicação da iontoforese na clínica, logo após o diagnóstico, para uma liberação imediata de alta concentração de antimicrobiano no tecido alvo e (ii) na continuidade do tratamento tópico em casa com a aplicação de formulações inovadoras e convenientes para cada local de aplicação. Para isso, uma equipe especializada e multidisciplinar desenvolverá e avaliará as diversas formulações e ativos, inclusive extratos naturais, em culturas e tecidos in vitro. Trata-se de uma abordagem ampla, guardando as especificidades de cada tipo de infecção e estrutura anatômica. Espera-se, primeiramente, que a iontoforese propicie melhor distribuição do fármaco, inclusive a localidades anatômicas inacessíveis, e maior permeabilização dos microoganismos ao fármaco, potencializando, assim, os efeitos terapêuticos. Espera-se, ainda, que o tratamento tópico com uma formulação apropriada proporcione um tempo de residência prolongado da formulação, consequentemente, aumentando a biodisponibilidade, e garantindo maior eficácia.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Tais Hanae Kasai Brunswick

Ciências Biológicas

Genética
  • cardiomiopatia induzida por antraciclinas: a utilização de células-tronco de pluripotência induzida na busca de preditores de suscetibilidade
  • Antraciclinas são quimioterápicos largamente utilizados para o tratamento de tumores hematológicos e sólidos dada a sua alta eficácia terapêutica. Devido a doses cumulativas, cerca de 10% dos pacientes tratados desenvolvem cardiomiopatias induzidas por antraciclinas (CIA), que se manifestam desde arritmias à falência cardíaca. Estudos sugerem que os perfis de sensibilidade ou resistência à CIA possuem componentes genéticos ainda não elucidados. Nosso grupo hipotetiza que as células-tronco de pluripotência induzida (iPS), ao preservarem o repertório genético do doador, permitirão estudar mecanismos celulares e moleculares relacionados às variantes gênicas encontradas nestas populações, utilizando cardiomiócitos derivados de iPS (CM-iPS) oriundos de pacientes sensíveis e resistentes. Assim, o objetivo deste projeto será mimetizar in vitro os fenótipos de sensibilidade e resistência à CIA utilizando CM-iPS e buscar marcadores genéticos preditivos do desenvolvimento da doença que possam auxiliar na estratificação entre pacientes sensíveis e resistentes à CIA. Serão utilizados CM-iPS obtidos de pacientes tratados com doses cumulativas de antraciclinas de no mímimo 200mg/m2 que desenvolveram CIA, pacientes sensíveis (PS), e de pacientes que não a desenvolveram, resistentes (PR). Estas células serão tratadas com 5µM de doxorrubicina para avaliar a reprodução dos fenótipos de PS e de PR avaliando a viabilidade celular, quebras da fita dupla de DNA, estresse oxidativo, expressão de topoisomerases, perfil eletrofisiológico, proteoma e metaboloma. Os exomas dos pacientes (PS e PR) serão sequenciados por NGS buscando encontrar variantes genéticas que possam ser identificadas como marcadores preditivos da CIA.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Taísa Manuela Bonfim Machado Lopes

Ciências Biológicas

Genética
  • análise de haplótipos e desequilíbrio de ligação em genes de susceptibilidade ao câncer hereditário em pacientes portadores de mutação patogênicas do estado da bahia
  • A predisposição hereditária para neoplasias malignas tem sido assunto de estudo há várias décadas. A associação de mutações no gene BRCA1 e predisposição ao câncer de mama e ovário representou um grande salto de conhecimento sobre a relevância da genética na oncologia. Como as predisposições genéticas variam de acordo com a etnia e localização geográfica, vários estudos tem relatado variantes fundadoras em diferentes genes. A análise de haplótipos oferece a possibilidade de discriminar entre uma variante originada de um único evento de mutação (mutação fundadora) e uma variante que resulta de um evento de mutação independente. Uma mutação recorrente é a primeira indicação de que estamos à frente de uma mutação fundadora, mas nem todos os portadores dessas variantes patogênicas devem compartilhar um ancestral comum, o que significa que nem todas as mutações recorrentes são fundadoras. Destacamos que população da Bahia é conhecidamente formada por diferentes populações ancestrais o que pode ter conduzido a um aumento da frequência de mutações fundadoras específicas nesse grupo. O fato é que estudos genômicos com haplótipos podem conduzir a identificação de genes associados com características de interesse clínico de forma mais direta e simplificada, uma vez que a identificação de um marcador polimórfico pode implicar na presença do outro. O foco do presente estudo é identificar o perfil dos marcadores genéticos polimórficos que compõem os haplótipos em pacientes da população da Bahia que apresentam mutações recorrentes em genes de susceptibilidade a câncer hereditário e, por meio dessa análise, definir a origem comum dessas mutações patogênicas.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 18/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Takeshi Kodama

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • física nuclear e aplicações
  • A Física Nuclear se caracteriza como um importante campo de pesquisa, que propicia informações fundamentais no entendimento da natureza, com grande relevância para o conhecimento e compreensão do mundo em que vivemos. Esta ciência tem como objetivo a investigação da origem, evolução, estrutura, mecanismos de reação e fases da matéria nuclear de interação forte. Questões fundamentais em aberto levaram a Física Nuclear a ampliar seus horizontes e hoje seu alcance se estende desde as partículas mais fundamentais, como os quarks e glúons, até a dinâmica da transição de fase associada ao Big-Bang do universo. Essa abrangência da física nuclear resulta em uma grande variedade de aplicações interdisciplinares. A energia nuclear é uma componente fundamental da política energética. O desenvolvimento de novos conceitos em reatores de fissão poderá resultar em reatores mais eficientes e seguros. Técnicas nucleares vêm sendo largamente aplicadas em diagnóstico e tratamento de doenças, por meio da radiologia diagnóstica, radioterapia, hádronterapia e medicina nuclear. Detectores de partículas, largamente utilizados em medidas de reações nucleares são hoje adaptados e utilizados em dosimetria e substituem antigos métodos de imagens. Indústrias possuem grande interesse em colaborações com desenvolvimento de instrumentação nuclear, em particular, no desenvolvimento de detectores de partículas/radiação e de eletrônica. Além disso, o desenvolvimento da pesquisa em Física Nuclear, por meio de novas e sofisticadas técnicas experimentais, também propicia o desenvolvimento de inovações tecnológicas não propriamente na área de Física Nuclear. Assim, inovações em tecnologia do vácuo, em criogenia, informática em sistemas de aquisição de dados etc, muitas vezes decorrem da pesquisa em física nuclear. Na agricultura, novas variedades de plantas com características melhoradas vêm sendo criadas por meio do processo de mutação induzida pela radiação. Outra importante área de aplicação de Física Nuclear é na investigação de danos de radiação em satélites, importantíssima na área de telecomunicações. Irradiação de materiais por feixes de íons provenientes de aceleradores vem sendo utilizada para estudar o efeito de radiação ionizante sobre delicados circuitos eletrônicos. Na indústria de petróleo, estratégica para o desenvolvimento nacional, técnicas nucleares com espectrometria de massa com aceleradores (AMS) são utilizadas para a caracterização de biodiesel e estudos de estabilidade do fundo oceânico. Outra importante aplicação da técnica de AMS encontra-se na investigação de mudanças climáticas modernas. Cabe ressaltar a importância emergente de aplicações nucleares e de radiação em nanotecnologias, tais como nanoeletronica. Como exemplos: espalhamento de nêutrons a pequenos ângulos para a caracterização de nano-estruturas, nano-dosimetria para braquioterapia induzida por partículas carregadas pesadas, irradiação de feixes de elétrons para a formação de nano-gel e endurecimento de nano-tubos, irradiação gama para o controle do tamanho de nano-partículas. Na área de fármacos, para a investigação e produção de novos medicamentos, a fase zero de microdosagem é crucial para o desenvolvimento das pesquisas. Para tal a técnica analítica ideal é AMS, por ser capaz de rastrear uma partícula em 10 a 15. A formação de recursos humanos na área de física nuclear é de grande importância para que o país continue a dominar a tecnologia. Assim sendo, a parte educacional desempenha um papel importantíssimo dentro das atividades em física nuclear. Os estudantes trabalhando em laboratórios instalados em universidades, além de estarem em contato com atividades intelectuais diversas em física geral, participam também de um conjunto extenso de atividades particulares da física nuclear. Estes se envolvem, entre outras coisas, no projeto, construção e manutenção de equipamentos experimentais sofisticados, além de utilizá-los para a pesquisa, tendo contato com a tomada de dados experimentais e interpretação dos resultados. A excelente formação adquirida com essas atividades garante a geração dos futuros líderes das ciências nucleares e de outras atividades de importância para o desenvolvimento tecnológico. A disseminação dos conhecimentos da área e suas aplicações junto ao público em geral é outra grande preocupação da comunidade de Física Nuclear. As técnicas teóricas desenvolvidas pela comunidade internacional de física nuclear foram bastante importantes no desenvolvimento de outras áreas de física como atomica, mesoscópica e nanoscópicas. A presente proposta trata da formação de um Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia – Física Nuclear e Aplicações (INCT-FNA). Esta importante área da ciência e tecnologia não dispõe até o momento de um INCT. A aprovação do presente projeto terá grande repercussão no desenvolvimento no Brasil de pesquisas básicas na fronteira do conhecimento científico atual, além de possibilitar o desenvolvimento de tecnologias em diversas áreas e com aplicações em vários outros ramos da ciência, fora da física. Com a criação do INCT nesta área, pretendemos atuar de forma mais coordenada do que vem sendo feito até então, aumentando a interação entre os grupos e entre físicos teóricos e experimentais, trabalhando em física básica e aplicada, desta forma gerando avanços qualitativos importantes, que devem contribuir não somente para contribuições na fronteira do conhecimento, mas também gerando novos produtos e tecnologia que devem beneficiar a sociedade. Com os recursos previstos neste edital, esperamos manter e modernizar os laboratórios já consolidados e ainda criar ou dar grande impulso a novos laboratórios, particularmente na região Nordeste. Prevemos, portanto, forte evolução do ponto de vista da pesquisa experimental e tecnológica nesta área.
  • Universidade Federal Fluminense - RJ - Brasil
  • 23/11/2016-30/11/2024