Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Vinicius de Almeida Vale

Ciências Sociais Aplicadas

Economia
  • crescimento e disparidades regionais no pós-pandemia: avaliação de políticas setoriais a partir da análise aplicada de equilíbrio geral
  • O Brasil é marcado por significativas e persistentes disparidades regionais. Além disso, novos desafios foram impostos pela pandemia COVID-19. A doença provocou significativas mudanças no sistema econômico, o que levou diversos países a adotarem medidas de estímulo para contrabalançar os efeitos contracionistas em curso. Dessa maneira, esforços serão necessários para garantir a retomada da economia. Além disso, a questão regional e disparidades existentes deverão fazer parte das estratégias de política no pós-pandemia. Nesse contexto, o presente projeto de pesquisa tem por objetivo realizar uma análise prospectiva dos impactos sistêmicos de políticas setoriais no Brasil no pós-pandemia a partir de análises de equilíbrio geral. Para tal, propõem-se usar um modelo inter-regional para a economia brasileira. Os resultados obtidos permitirão identificar objetivamente o papel da eficiência setorial sobre as disparidades regionais, provendo informações que podem auxiliar a promover um melhor alinhamento entre as políticas setoriais, políticas de desenvolvimento territorial e políticas de retomada da economia no pós-pandemia. Vale destacar que, por se tratar de um modelo representativo por Unidades da Federação, os resultados poderão ser utilizados para direcionar políticas setoriais e regionais.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Vinícius de Amorim Silva

Outra

Ciências Ambientais
  • dinâmica de fragmentos florestais de mata atlântica e recursos hídricos por meio de geoprocessamento e inteligência artificial
  • A conservação de um bioma e da biodiversidade nele existentes é um dos fatores primordiais para a manutenção dos recursos naturais. Especificamente na região cacaueira, o bioma Mata Atlântica encontra-se ameaçado pelo manejo inadequado do extrativismo vegetal e da agropecuária. O cultivo tradicional do cacau, por meio do sistema agroflorestal Cabruca, é essencial para a conservação de espécies nativas originárias da Mata Atlântica e consequentemente para a manutenção dos recursos hídricos. O objetivo deste trabalho é avaliar a dinâmica de fragmentos florestais de Mata Atlântica, sistema agroflorestal (cacau cabruca) e disponibilidade dos recursos hídricos. Atualmente, existem dificuldades operacionais na distinção entre o sistema agroflorestal e a vegetação nativa, quando analisados por imagens de satélite, apresentam as mesmas características espectrais dos remanescentes florestais. Para isso, será necessário a aplicação de técnicas de geoprocessamento aliada aos métodos de programação computacional baseados na aplicação da inteligência artificial (IA), utilizando algoritmo de classificação como Random-Forest - RF e Support Vector Machine - SVM. Os estudos de campo serão conduzidos em áreas experimentais localizadas em alguns nos municípios pertencentes à Bacia Hidrográfica do Leste: Ilhéus, Itabuna, Itacaré, Itajuípe, Una, Buerarema, Camacã, Coaraci, Almadina, Uruçuca, Canavieiras, situadas no estado da Bahia. Ademais, serão avaliadas a qualidade da água e sedimentos na área de estudo. Espera-se produzir resultados satisfatórios por meio da validação dos modelos, por meio do índice Kappa, estatística não paramétrica, fornecendo subsídios técnicos e científicos por meio da inteligência artificial, geoprocessamento, produtos cartográficos digitais, vinculados principalmente à grande quantidade de informações de natureza espacial.
  • Universidade Federal do Sul da Bahia - BA - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Vinícius Diniz Mayrink

Ciências Exatas e da Terra

Probabilidade e Estatística
  • modelagem de dados sequenciais: espaçamento irregular, pontos de mudança, valores extremos, estrutura funcional e degradação
  • Este projeto de pesquisa tem 5 vertentes de estudo. O foco é desenvolver modelagens estatísticas para aprimorar as análises de dados com uma estrutura complexa, que não pode ser explorada por métodos simples ou convencionais. As 3 primeiras propostas lidam com dados sequenciais tendo espaçamento irregular. Na Vertente 1, o alvo é impor uma estrutura de dependência Markoviana, entre valores próximos, para configurar um método de detecção de pontos de mudança relativos aos parâmetros da distribuição geradora dos dados. A Vertente 2 também aplica essa dependência Markoviana, mas o alvo aqui é incorporar uma distribuição definida na Teoria de Valores Extremos para identificar observações altas ou baixas da série. A Vertente 3 está na área de dados funcionais, ela estabelece uma associação espacial entre curvas de locais diferentes e investiga a importância de modelar distâncias entre observações irregularmente espaçadas no domínio funcional. A Vertente 4 é um estudo, com metodologia de multi-partições, para identificar múltiplos pontos de mudanças em dados sequenciais. A Vertente 5 busca determinar melhor a distribuição do tempo de falha de elementos com elevada confiabilidade. Em termos metodológicos, o projeto irá: (i) adaptar um modelo HMM (Hidden Markov Mixture) para identificar pontos de mudanças em séries irregulares; (ii) adaptar o HMM para incorporar a distribuição GPD (Generalized Pareto) que acomoda naturalmente valores extremos; (iii) construir um modelo hierárquico Bayesiano para lidar com dados funcionais tendo dois níveis de dependência espacial (entre curvas e entre observações no domínio funcional); (iv) aprimorar limitações do Modelo Partição Produto para identificar pontos de mudanças no contexto multiparamétrico; (v) decompor a taxa de degradação em 2 componentes (para o tempo e para a unidade) e construir um modelo dinâmico de degradação para medidas positivas.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Vinícius Maran

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • recomendação sensível ao contexto de recursos e eventos em campus universitários utilizando aprendizagem de máquina
  • A computação ubíqua e suas possibilidades vêm despertando o interesse da indústria de hardware e software em várias áreas. Um dos tópicos na área de computação ubíqua trata da construção de ambientes inteligentes. Uma aplicação de ambientes inteligentes trata da criação de espaços inteligentes em universidades, criando campus universitários inteligentes. Por meio da utilização de artefatos da computação ubíqua, esses campus podem recomendar ou adaptar serviços de acordo com as necessidades dos usuários, gerenciando recursos. Uma característica das pesquisas é a necessidade de adaptação rápida do ambiente em relação às demandas, que podem ter diversas origens e contextos diferentes. Esta necessidade de adaptação é dependente da forma com que informações de contexto são coletadas e gerenciadas. Elas podem ser representadas de diversas formas e pesquisas recentes demonstram que a representação dessas informações baseada em ontologias apresenta vantagens importantes se comparada a outras soluções. Em outros domínios de aplicação, técnicas de aprendizado de máquina têm sido utilizadas para recomendar recursos e eventos que atendam necessidades e interesses específicos de alunos e professores nestes campus. Trabalhos recentes apresentam propostas de integração entre aprendizado de máquina e modelagem conceitual, a fim de aumentar, entre outras, a eficiência e a transparência dos sistemas de recomendação. Este projeto de pesquisa apresenta a proposta de conceituação e definição de um sistema de recomendação de recursos e eventos em campus universitários inteligentes, que implementa um modelo de integração que atua em conjunto com a definição formal de contexto através de ontologias para suportar recomendações sensíveis ao contexto em campus universitários. Pretende-se avaliar a aplicação da proposta em forma de serviços disponibilizados em aplicações-teste no campus universitário da UFSM.
  • Universidade Federal de Santa Maria - RS - Brasil
  • 23/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Vinícius Santos Andrade

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • inclusão e acessibilidade aplicada em feira de ciências
  • A educação inclusiva tem sido conceituada como processo de educar conjuntamente e de maneira incondicional, nas classes do ensino comum, alunos ditos típicos com alunos com necessidades especiais. Pelo reconhecimento do valor humano e dos direitos desses indivíduos, adotou-se como objetivo o oferecimento de educação para todos, e proclamou-se, entre outros princípios, a necessidade de inclusão da educação especial dentro dessa perspectiva. É diante desse novo paradigma educativo, em que a escola deve-se redefinir como uma instituição social que tem por dever atender a todos os alunos, sem exceção, que surgem os aspectos que se julgam principais na construção de uma proposta inclusiva e que serão aqui analisados. É neste contexto que a presente proposta tem como meta organizar uma feira de ciências, a ser realizada na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia de 2021. O tema desta feira será “Inclusão e Acessibilidade”. Esta feira de ciências será realizada no Centro Universitário Das Faculdades Associadas De Ensino – UNIFAE. Serão realizados experimentos e mostras que abranjam os cursos de graduação desta Universidade, de tal forma que cada área mostre, de forma criativa, soluções simples que possam impactar diretamente nas vidas das pessoas com necessidades especiais, e que ainda possa contribuir significativamente em ganhos individuais e no auxílio do seu desenvolvimento. A inclusão estará não somente inserida nos temas dos experimentos e mostras a serem apresentados, mas também, na participação da elaboração e execução dos mesmos, visto que a elaboração e execução desta feira contará com a participação de alunos inclusivos do ensino médio de colégios da rede pública do município de São João da Boa Vista - SP. Para isto, serão formados grupos de trabalho, os quais serão compostos por graduandos da UNIFAE, e alunos de ensino médio de colégios do município, tantos alunos típicos quanto alunos inclusivos. Durante todo o processo de elaboração dos experimentos, os grupos de trabalho acima citados, terão o suporte dos docentes da UNIFAE, e de uma equipe especializada em adolescentes e jovens com necessidades especiais, composta por terapeuta ocupacional, fonoaudióloga, psicóloga e pedagoga. Esta equipe irá acompanhar e dar o todo suporte necessário para que essa interação entre os alunos típicos e inclusivos seja a mais produtiva possível. A equipe auxiliará também todos os participantes envolvidos na feira, para que o aprendizado e desenvolvimento das relações interpessoais sejam positivas no que diz respeito ao convívio e no desenvolvimento do trabalho entre eles. Por fim, espera-se, ao final deste projeto, que todo o público envolvido (sejam elaboradores, executores ou expectadores), tenham adquirido conceitos e reflexões, tanto no âmbito científico quanto no âmbito social. No caso da equipe executora (alunos de graduação e alunos de ensino médio), que tenham amadurecido sua liderança, planejamento conhecimento, responsabilidade e relação interpessoal. Ainda no caso da equipe executora, que os alunos inclusivos tenham se deparado com suas próprias superações e capacidade de criar, participar e apresentar trabalhos. E por fim, que os expectadores da feira, ao terem acesso aos experimentos que tenham como tema inclusão social, possam aprender e refletir sobre dificuldades de pessoas com deficiências, assim como se conscientizarem de que os deficientes também apresentam capacidades e talentos. Por fim, espera-se que, através de uma dinâmica participativa, solidária e hospitaleira proporcionada para todos na Feira de Ciências, a deficiência seja vista como multiplicidade, que se constrói por meio da conexão e interação com todos os envolvidos neste projeto.
  • Centro Universitário das Faculdades Associadas de Ensino - SP - Brasil
  • 12/01/2021-31/01/2023
Foto de perfil

Vinícius Santos Andrade

Outra

Divulgação Científica
  • ciência ao alcance de todos
  • O presente projeto é apresentado em atendimento ao Edital 06/2021 - Semana Nacional de Ciência e Tecnologia – SNCT 2021 – A transversalidade da ciência, tecnologia e inovações para o planeta – Linha B, o qual oferece apoio financeiro a projetos de divulgação científica na área científica no sentido de incentivar iniciativas para promoção da divulgação científica e a melhoria da qualidade de educação. Para ser bem sucedido, o presente projeto contará com a participação da Faculdade Municipal Professor Franco Montoro (FMPFM), localizada na cidade de Mogi Guaçu – SP, numa distância de aproximadamente 60 km de São João da Boa Vista. Consideramos que um projeto desta importância necessita de temas que atraiam não somente a atenção dos alunos, mas também que desperte a curiosidade de pessoas de todas as idades, classes sociais e níveis de instrução, além de esclarecer alguns mitos, verdades e dúvidas sobre qualquer tema da área científica e tecnológica. É neste contexto que a presente proposta tem como meta a divulgação da ciência e tecnologia. Serão realizadas visitas da equipe executora as escolas, visita dos alunos as instituições participantes do projeto e serão oferecidas oficinas para os alunos e a população em geral dos mais variados temas, onde o principal objetivo da oficinas será a divulgação e popularização da ciência e tecnologia.
  • Centro Universitário das Faculdades Associadas de Ensino - SP - Brasil
  • 06/10/2021-31/10/2023
Foto de perfil

Vinícius Tavares Guimarães

Ciências Humanas

Psicologia
  • xiv mostra de ciências e tecnologias do ifsul câmpus charqueadas - mocitec 2020
  • Atualmente, a partir das facilidades de acesso a informação, cresce a necessidade de se trabalhar na formação de um sujeito crítico e consciente de seu papel na sociedade. Assim, desenvolver a habilidade de filtrar, interpretar e aplicar de forma adequada os conhecimentos adquiridos se torna fundamental para uma formação plena e em conformidade com as atuais expectativas sociais. Faz parte desse processo saber pesquisar e selecionar de forma crítica as informações disponíveis, aplicando-as em experimentos e, possibilitando assim, a constituição do espírito científico. Quando tais ações são materializadas nos níveis fundamental, médio, técnico e superior, além de oportunizar a pesquisa aplicada, preparam e aproximam os estudantes da pesquisa acadêmica. Sob esta perspectiva, as Mostras e Feiras se consolidam como um meio para estimular e instigar os estudantes a desenvolverem projetos científicos, propiciando, adicionalmente, a divulgação e discussão sobre os resultados obtidos. A realização da XIV MOCITEC (2021) se coaduna a este cenário, invocando docentes e discentes para o desenvolvimento de projetos e experimentos. Os resultados provenientes das edições anteriores denotam a importância deste tipo de evento para a comunidade, pois, obtiveram resultados extremamente expressivos no âmbito nacional e internacional. Dessa forma, especificamente, a proposta apresentada para este edital visa a solicitação de recursos para a realização da XIV MOCITEC (2021), a qual é fundamental para que se mantenha acesa a chama do espírito investigativo, instigando e encorajando docentes e estudantes a formalizarem suas experiências e apresentá-las, desvelando saberes e revelando habilidades e competências.
  • Instituto Federal Sul-Rio-Grandense - RS - Brasil
  • 29/12/2020-31/12/2022
Foto de perfil

Vinicius Tavares Kütter

Ciências Exatas e da Terra

Oceanografia
  • paleoceanografia, assinatura geoquímica e assembleias de microfósseis da plataforma carbonática equatorial offshore do neógeno, norte do brasil
  • A plataforma equatorial carbonática brasileira é única caracterizada por algas calcáreas e heterozoários. Para as unidades são conhecidos apenas microfosseis guia de interesse para explorações de petróleo e gás. A descrição de outros grupos fosseis faz-se necessário para pesquisas paleontológicas, paleoceanográficas e paleoecológicas para uma reconstituição mais acurada do período. O projeto pretende suprir o marco de referência das assembleias micro e macrofossilíferas do Neógeno investigando um testemunho da plataforma continental (poço ANP 1-MAS-16) que caracteriza a Bacia Pará-Maranhão. As triagens exploratórias preliminares (poço ANP 1-MAS-16) para validar a proposta permitiram o reconhecimento e constatar a abundância dos foraminíferos bentônicos (Amphistegina, Miogypsina, Nummulites, Lepidociclina, e Sphaerogipsyna), briozoários (Mamilloporidea, Metrarabdotos, cf. Microporidae, Pirabosporella, Nellia, e Candidae), ostrácodos (Bairdiidae), equinoides (cf. Cidaridae), ofiuroides (Gorgonocephalidae), crinoides (Cormatulidos), poríferos (Demospongia e esponjas calcárias indeterminadas), algas calcarias (Corallia e Hamimeda), moluscos (bivalves e gastrópodes), crustáceos decápodes (Alpheidae e indeterminados), cirripedios, vermétidos, e peixes (escamas e dentes de Teleósteos). A utilização de tecnologia e inovação associada a técnicas clássicas de paleoestratigrafia e geoquímica, assim como, o desenvolvimento de protocolos nas análises com nano e microtomografia dos espécimenes fósseis permitirá explorar um novo cenário de oportunidades na sistemática paleontológica, base para os modelos paleoestratigráficos. O colapso do carbonato na plataforma continental equatorial do Brasil em consequência do incremento substancial nos processos de sedimentação é inequívoco, mas seguem eventos paleoclimáticos e paleoceanográficos de caráter multifatorial, ainda pouco conhecidos. A execução do projeto permitirá fortalecimento do grupo multidisciplinar interinstitucinal.
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Virgínia Aparecida da Silva Moris

Engenharias

Engenharia de Produção
  • caracterização da gestão de reee do município de sorocaba
  • A logística reversa (LR) dos Resíduos de Equipamentos Eletroeletrônicos (REEE) e a recuperação de seus componentes viabiliza o aproveitamento de materiais constituintes que podem entrar na fabricação de novos produtos, reduzindo o consumo de matérias primas virgens promovendo a Economia Circular. Assim, a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) possui alinhamento aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). No caso dos REEE, para que possam ser reinseridos no ciclo produtivo são necessários: conscientização dos consumidores, estabelecimento de canais reversos, e processos de tratamento do material coletado como a reciclagem, que constituem temas específicos da presente proposta. De forma complementar, serão analisadas as tecnologias emergentes, utilizadas nessas operações e sua relação com os ODS. Como questão específica: É possível efetuar a caracterização da gestão dos REEE, considerando critérios operacionais, de sustentabilidade e suporte tecnológico visando a reciclagem de seus componentes? O escopo do projeto se estende desde a conscientização para iniciativas de descarte; planejamento da rede reversa considerando aspectos operacionais (definição de pontos de coleta, frequência de viagens, tipos de veículo etc.), e ambientais (potencial de aquecimento global, etc.); adoção de tecnologias emergentes até as análises ambientais do processo de reciclagem por meio da metodologia de avaliação do ciclo de vida (ACV). A estratégia metodológica considera o estudo de caso, aplicado às características da cidade de Sorocaba e que requer o planejamento de sua rede reversa de REEE. No tocante à conscientização são previstas ações nas redes pública e privada de ensino; em relação ao planejamento de rede considera-se o uso de Simulação de Eventos Discretos (SED); análises comparativas qualitativas baseadas em estudos sobre tecnologias na logística reversa; e ainda a ACV para efetuar as análises do processo de reciclagem dos materiais recuperados.
  • Universidade Federal de São Carlos - SP - Brasil
  • 10/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Virginia Bentes Pinto

Ciências Sociais Aplicadas

Ciência da Informação
  • representação da informação, terminologia e documentação sanitária: proposta de construção de um glossário no contexto da pandemia de covid-19 (rintermdogls)
  • O tema principal desta proposta de pesquisa é a criação de um glossário com a terminologia referente a pandemia de COVID-19 e do léxico anotado nos prontuários dos pacientes acometidos por essa enfermidade, visando o acesso e a preservação da documentação sanitária. A pandemia da COVID-19 trouxe outro olhar em relação a necessidade de preservação da documentação sanitária, tanto no que concerne a memória histórica do enfrentamento da enfermidade, da própria história vivenciada pelos sujeitos nesse entorno, da terminologia e do léxico adotado. Acredita-se que a terminologia de especialidade se encontra com o léxico das pessoas que foram acometidas pela COVID-19 e cuja representação real e simbólica está presente nos discursos- verbais ou não-verbais- das pessoas que vivenciaram essa enfermidade, nas circunstâncias das ações de cuidados em que expressam suas dores- físicas ou psicossociais. A efetivação desta pesquisa parte do seguinte problema: como construir um glossário terminológico, em versão eletrônica, da linguagem de especialidade associada ao léxico proveniente da atenção de cuidados dos pacientes acometidos pela pandemia de COVID-19? Tenciona-se unir a Teoria Comunicativa da Terminologia (TCT) de autoria de Cabré (1996) e a Socioterminologia de Gaudin (1993, 2003). Nos campos da Ciência da Informação e da Biblioteconomia, a terminologia já de há muito se faz presente na representação da informação, para a elaboração de vocabulários controlados, sejam cabeçalhos de assuntos, tesauros, sistemas de classificação e, mais recentemente nas ontologias. Objetivo básico: construir um glossário terminológico, em versão eletrônica, adotando-se a linguagem de especialidade em consonância com o léxico proveniente da atenção de cuidados dos pacientes acometidos pela pandemia de COVID-19. Metodologia mapeamento da terminologia e do léxico enunciado pelos pacientes nas ações de cuidados visando a construção da ficha terminológica e em seguida o glossário.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 08/02/2022-28/02/2025