Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Wesley Nunes Gonçalves

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • inteligência artificial aplicada no monitoramento de impactos causados pelas secas e cheias extremas no pantanal
  • Eventos extremos de seca vêm se intensificando nos últimos anos no Pantanal, causando incêndios que geram perdas significativas para a biodiversidade, serviços ecossistêmicos e população. Assim, é necessário o desenvolvimento de soluções que possibilitem o monitoramento desses eventos e dos seus impactos. Não existe mapeamento detalhado da infraestrutura do Pantanal, dificultando o combate destes eventos e o resgate da população exposta à estas situações. Pretendemos desenvolver soluções inovadoras baseadas em aprendizado profundo para o mapeamento e monitoramento dos impactos causados pelas secas e cheias extremas no Pantanal. Pretende-se: (a) monitorar os focos de incêndio ativos e áreas queimadas usando imagens orbitais com alta e média resolução espacial; (b) monitorar os recursos hídricos; (c) mapear a infraestrutura do Pantanal. Serão propostos métodos novos de segmentação (áreas queimadas, vegetação e estradas) e detecção de objetos (edificações, estradas, pontes e focos de incêndio ativos). Serão desenvolvidos modelos baseados em gaussianas para a detecção de pontos e retângulos envolventes (edificações, focos ativos, etc) e retas (estradas). Na segmentação serão propostos métodos fracamente supervisionados (poucas anotações e anotações esparsas), e também métodos que considerem o desbalanceamento entre as classes. Serão desenvolvidos métodos de adaptação de domínio para lidar com grandes áreas e imagens de múltiplos sensores. Os dados gerados serão de livre acesso e integrados ao planejamento territorial visando mitigação e adaptação aos eventos extremos e serão disponibilizados aos gestores públicos e salas de situação envolvidas. O presente projeto complementa grandes programas em andamento, como a Rede Pantanal (MCTI), coordenado por membros da equipe, que garantirá que várias iniciativas se beneficiem dos produtos gerados, otimizando tempo, recursos públicos e promovendo maior integração entre redes de pesquisa no Brasil.
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Wesley Ricardo de Souza Freitas

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • o papel da green human resource management e da manufatura enxuta para a performance ambiental de empresas do agronegócio de mato grosso do sul
  • O objetivo desta pesquisa consiste em verificar se a Green Human Resource Management (GHRM) depende da Manufatura enxuta (LM) para a melhoria do desempenho ambiental (EP) em uma amostra de empresas ligadas ao Agronegócio do Estado de Mato Grosso do Sul, que é uma grande referência no Agronegócio, pela sua produtividade e tecnologias utilizadas. Como pano de fundo teórico, a fundamentação abordará sobre as teorias gestão de recursos humanos verdes, manufatura enxuta e desempenho ambiental. Para atender ao objetivo principal e os específicos, serão realizados estudos de casos e um survey, junto a uma amostra de empresas do Agronegócio localizadas no Estado de Mato Grosso do Sul. A amostra será calculada utilizando o software G-Power. Os respondentes-chaves serão os gestores de produção, pois a produção/operação é responsável pela maior parte dos impactos ambientais em razão dos recursos naturais utilizado nos processos e que tem efeitos ambientais significativos, além disso os gestores de produção são gestores de linha que aplicam as práticas de recursos humanos na área de fabricação, mas também, poderá ser respondente o gerente geral e/ou responsável pela empresa, desde que possua amplo conhecimento sobre a gestão da empresa e seus processos. Em relação aos resultados, espera-se: (a) validar empiricamente o modelo conceitual proposto; (b) o desenvolver alguns artigos para apresentação dos resultados desse projeto; (c) estabelecer parcerias para fortalecimento do grupo de pesquisa e ampliação da rede de pesquisadores (d) demonstrar aos gestores empresariais que a utilização de práticas de Green Human Resource Management e da manufatura enxuta pode contribuir para a melhoria do desempenho ambiental promovendo vantagens competitivas sustentáveis das empresas do agronegócio do Estado de Mato Grosso do Sul.
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 04/04/2022-30/04/2025
Foto de perfil

Wesley Vieira da Silva

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • mensuração do desempenho dos ecossistemas de inovação da região nordeste a partir da capacidade de interação entre os atores
  • As economias estaduais têm se valido de novas ações de apoio governamental a setores emergentes (como os intensivos em tecnologia e de tecnologia da informação e comunicação), apoio a setores existentes e de um importante conjunto de atividades ligadas ao turismo junto à orla litorânea, o que tem contribuído para o fenómeno da litoralização. Para atender e entender os fatores que devem ser levados em consideração para a busca de desenvolvimento por meio de estratégias, a mensuração de desempenho tem auxiliado para que as decisões e estratégias venham a ser tomadas e delineadas de forma eficaz e eficiente. Com base nestas premissas, levanta-se a seguinte questão de pesquisa: Como mensurar o desempenho de ecossistemas de inovação da Região Nordeste a partir da capacidade de inovação de atores?. Para tanto, buscou-se responder a essa questão a partir do objetivo geral que é: Propor um modelo de avaliação de desempenho para ecossistemas de inovação a partir da capacidade de interação entre os atores. Quanto aos objetivos específicos, busca-se: Realizar um mapeamento na literatura (estado da arte) sobre os estudos primários a respeito da temática investigada para identificar gaps teóricos; Mapear os principais ecossistemas de inovação nos 9 estados da Região Nordeste do Brasil (Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe) e suas características; Construir indicadores com base na percepção dos atores dos ecossistemas pesquisados; Mensurar o desempenho dos ecossistemas a partir dos indicadores levantados; Identificar os parâmetros de propriedade intelectual (marca, patente de invenção, patente de utilidade, etc) e transferência de tecnologia utilizada pelos atores; Propor ações estratégicas e complementares às Políticas Públicas de Inovação a partir dos indicadores identificados.
  • Universidade Federal de Alagoas - AL - Brasil
  • 10/02/2022-28/02/2025