Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Wendel Coura Vital

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • avaliação da expansão da leishmaniose visceral em cenários de mudanças climáticas
  • A leishmaniose visceral (LV) é considerada pela OMS uma das seis endemias de maior relevância no mundo e as condições socioeconômicas; processos migratórios decorrentes de instabilidade social como fome, secas e inundações; fatores ambientais; desmatamento; construção de barragens; imunossupressão por HIV, dentre outros podem contribuir para sua expansão. Foi elaborado pelo Ministério da Saúde brasileiro o Plano Setorial da saúde para a mitigação e adaptação à mudança do clima e todas as doenças transmissíveis que podem sofrer influência direta ou indireta da mudança climática, como a LV, foram contempladas. Neste contexto, este projeto se justifica pela tendência emergente e expansão da LV em resposta as condições ambientais e climáticas, pela alta letalidade da doença e pela carência de estudos que utilizem a modelagem de nicho ecológico para a previsão de potenciais áreas de risco para a doença devido a mudanças climáticas e ambientais. Diante deste cenário o presente projeto traz as seguintes indagações: mudanças climáticas e antrópicas podem afetar a distribuição e expansão da LV? Quais regiões da Bacia do Rio Doce seriam as mais afetadas? e Qual será o comportamento da LV no futuro em dois cenários distintos de mudanças climáticas? Para responder a estes questionamentos será realizado um estudo ecológico que analisará o padrão de distribuição espaço temporal dos casos confirmados de LV notificados no SINAN, no período de 2001 à 2020, na Bacia Hidrográfica do Rio Doce, que sofreu com o impacto do rompimento da barragem de Fundão, da Samarco. A partir da distribuição espacial dos casos será avaliada sua relação com os biomas existentes e os fatores climáticos e realizada a busca dos fatores determinantes para a expansão da doença. Serão escolhidos algoritmos de modelagem de nicho ecológico para a elaboração de modelos preditivos da expansão da doença em diferentes cenários climáticos. As análises serão realizadas a partir de bancos de dados.
  • Universidade Federal de Ouro Preto - MG - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Wendel Silva Paz

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • teoria e experimento em moléculas, clusters e sistemas bi-dimensionais: cálculos ab initio, dinâmica de reações, espectroscopia e spintrônica 2d
  • A proposta visa aprofundar o desenvolvimento de conceitos, métodos e modelos teóricos recentemente publicados pelos autores. O escopo da investigação são estudos de estrutura eletrônica no contexto da Física Atômica e Molecular (FAM) e Física da Matéria Condensada (FMC) de diferentes sistemas, e está dividida em três grandes blocos: i) moléculas de interesse atmosférico (FAM) ; ii) moléculas e clusters em meio interestelar (FAM) e (FMC) e iii) materiais emergentes bidimensionais (2D) (FMC). O bloco iii) também terá uma contrapartida experimental realizada pelos membros da equipe. i) Faremos uma investigação detalhada da estrutura eletrônica das moléculas NO2, NO3, N2O2, HN2, HN3, ClO3, HSO e HSO2 visando a construção de rigorosas superfícies de energia potencial (PES) que possibilitem o estudo de espectroscopia e cálculos de dinâmica de reação, capaz de fornecer estimativas confiáveis para constantes de reação relevantes; ii) Os sistemas moleculares HCO, H2CO, HSiS, CNO e NPO, de imensa importância para o entendimento de reações no meio interestelar, também serão estudados. Os PESs produzidos para essas moléculas serão baseados em cálculos de estrutura eletrônica e modelados usando as técnicas mais precisas disponíveis na literatura. Além disso, estudaremos a interação desses sistemas moleculares com materiais amorfos à base de ferro e silicatos presentes em ambientes astrofísicos. iii) Estudaremos, em materiais 2D, a ocorrência de fases topológicas, que podem ser de interesse para nanoeletrônica e spintrônica; estudo de excitons, que podem ser de interesse como fontes de luz não clássicas e com possíveis aplicações em informações quânticas. Este bloco está estruturado em dois ramos interligados: a) Medidas de condutividade elétrica, caracterização estrutural, spin Seebeck e magnetorresistência modulada (realizada pelo braço experimental); b) modelagem teórica para prever novas propriedades, bem como para elucidar os resultados experimentais.
  • Universidade Federal do Espírito Santo - ES - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Wendell Karlos Tomazelli Coltro

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • dispositivos analíticos de baixo custo visando aplicações forenses em campo
  • Compostos psicoativos, como a cocaína (COC), alteram a consciência e a emoção causando grande dependência. Além dos danos à saúde dos usuários, o tráfico de drogas traz prejuízos à sociedade com aumento da violência e acidentes de trânsito, sem contar, os prejuízos nos campos da educação e relação de trabalho. A diretriz internacional “Scientific Working Group for Analysis of Seized Drugs” (SWGDRUG) classifica as técnicas analíticas para identificação de drogas ilícitas de acordo com o poder discriminatório. As categorias variam de A a C, em A encontram-se as técnicas mais seletivas, em B estão as técnicas que selecionam por característica química e física, já C são as técnicas menos discriminatórias e a seleção acontece por informação geral e de classe. Considerando a necessidade de rapidez e o volume grande de apreensões, o teste de cor de categoria C é adequado para essa situação, pois pode ser aplicado em qualquer lugar sem a necessidade de equipamento, de forma barata, simples e rápida. Dessa forma, a autoridade competente e treinada obtém o resultado para emissão do laudo de constatação (preliminar). No entanto, estes testes podem apresentar resultados de falso positivo e/ou falso negativo o que justifica o desenvolvimento de novos métodos portáteis aplicados à química forense usando estratégias e materiais inovadores e sustentáveis. Esses métodos analíticos propostos usando diferentes técnicas de detecção poderão servir como uma triagem das amostras apreendidas enviando somente as amostras necessárias para o teste definitivo de prova pericial. Além disso, a presente proposta também visa desenvolver dispositivos de custo reduzido otimizando os gastos periciais. Como resultado desse projeto espera-se: diminuir a quantidade de análises laboratoriais, reduzir custo dos métodos analíticos, desenvolver testes rápidos e propor novos métodos a serem incorporados aos já estabelecidos pelas ciências forenses.
  • Universidade Federal de Goiás - GO - Brasil
  • 02/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Werner Kraus Junior

Engenharias

Engenharia de Transportes
  • planejamento, gestão e operação de sistemas de mobilidade urbana baseados em dados
  • 1. A abundância de fontes de dados aplicáveis à mobilidade urbana apresenta oportunidades e desafios para a gestão e operação destes sistemas. 2. Neste projeto, investigam-se métodos para obtenção, processamento e aplicação dos dados provenientes de equipamentos de monitoração e de fiscalização de sistemas de mobilidade urbana ou disponíveis em servidores de dados na Internet para fins de planejamento da mobilidade e do transporte público, de planejamento tático deste último e de controle operacional do tráfego por semáforos. 3. Métodos comumente aplicados em planejamento da mobilidade urbana, na operação do transporte público e no controle do tráfego têm precisão restrita por conta da escassez de dados. P. ex., o planejamento da mobilidade baseado no processo de quatro etapas modela todo o complexo processo de viagens urbanas a partir de amostras pequenas e onerosas de se obter, limitando a confiança nos resultados; e o controle da operação de ônibus e do tráfego opera sem base nos fluxos correntes, aplicando decisões por vezes inadequadas. 4. Com dados abundantes e havendo sistemas de acesso e tratamento dos dados, busca-se formular e aplicar abordagens com alta precisão para aplicação prática. 5. Para este fim, a pesquisa baseia-se em resultados existentes sobre extração de dados de fontes abundantes, do processamento destes por técnicas de otimização e de inteligência artificial e do uso de softwares de simulação e de controle especialmente projetados para aproveitamento dos dados disponíveis para aplicações em transportes. 6. Três eixos definem as atividades do projeto: (i) especificação de requisitos de dados, identificação das fontes, obtenção e geração destes; (ii) processamento dos dados para aplicações em transportes; e (iii) modelagem de aplicações de planejamento e de operação de transportes com base nos dados obtidos. A rede colaborativa de execução é formada por pesquisadores da UFSC, da UFG e do Lab. Nac. Argonne, dos EUA.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 21/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Weskley da Silva Cotrim

Ciências Agrárias

Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • sistema de controle de torra de grãos de café baseado em inteligência artificial
  • O café é uma das bebidas mais populares e consumidas no planeta, sendo a etapa de torra crucial para o desenvolvimento das características sensoriais da bebida. Existem no mercado equipamentos de torra com alto nível de automação, que permitem o controle adequado da temperatura, vazão de ar e umidade do processo de torra. Entretanto, a cor do café não é uma variável controlada e, portanto, os sistemas de controle não conseguem compensar variações do processo, bem como variações das propriedades iniciais (umidade, temperatura e tamanho dos grãos). Assim, seu controle ainda consiste em uma operação manual, dependente de inspeção visual por operador treinado. Além disso, o novo paradigma introduzido pela Indústria 4.0 preconiza o uso de sistemas inteligentes, capazes de obter, processar e compartilhar informações de forma autônoma. Assim, a adoção de técnicas de inteligência artificial como as Redes Neurais Convolucionais (RNC), para a construção de Sistemas de Visão Computacional (SVC) para controle do processo parece ser o caminho natural a seguir. Um SVC baseado em RNC poderá ser incluído nos sistemas de controle atuais, onde a cor será então uma variável controlada, de forma online. Por se tratar de uma tecnologia orientada por dados, a principal exigência para o treinamento supervisionado de uma RNC é a disponibilidade de um banco de dados de imagens com número de exemplares de cada classe suficientemente grande. Além disso, as imagens utilizadas no treinamento das RNC podem ser obtidas por meio de câmeras fotográficas simples, equipadas com sensores CCD, o que representa uma vantagem na construção de SVC de baixo custo. Após o treinamento, o SVC pode ser instalado em equipamentos de torra, de forma a processar as imagens obtidas on line e realizar a classificação do estágio de torra. Assim, este projeto tem como objetivo construir um SVC de baixo custo para controle do processo de torra de café, baseado nas imagens capturadas durante o processo, utilizando RNC.
  • Universidade Federal de Mato Grosso - MT - Brasil
  • 22/04/2022-30/04/2025
Foto de perfil

Weslei Monteiro Ambrós

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • análise técnico-econômica da produção de concentrados metálicos a partir de resíduos de placas de circuitos impressos
  • O aumento da demanda por metais e a progressiva diminuição na qualidade das jazidas minerais tem feito com que a reciclagem de resíduos seja encarada cada vez mais como uma necessidade e não como mera oportunidade. Destes resíduos, as sucatas de equipamentos eletrônicos, tais como placas de circuitos impressos (PCIs), apresentam as mais altas taxas de crescimento em geração, chegando até 5% ao ano. Todavia, apenas uma fração mínima é atualmente reciclada no país, enquanto pesquisas relacionadas ao tema, embora de alta qualidade, estão geralmente em descompasso com a realidade nacional. Nesta, as PCIs, cujo preço é cotado em função do teor de metais como cobre e ouro, são fragmentadas e enviadas in natura para empresas no exterior, de modo que o valor agregado a estes resíduos permanece subaproveitado. Ainda, a real proporção de metais valiosos presentes em PCIs é geralmente desconhecida por recicladores, assim como o potencial econômico associado à produção de concentrados desses metais. Deste modo, a presente proposta objetiva avaliar a viabilidade técnica e econômica de agregação de valor na cadeia de reciclagem de PCIs por meio do uso de rotas de processos contendo operações mecânicas simples de beneficiamento. Define-se por "simples" operações de separação que não envolvam geração de calor, reagentes químicos e uso de água, de modo a facilitar sua incorporação em usinas recicladoras. Trabalhos recentes desenvolvidos pelos proponentes indicam que o emprego de processos de separação granulométrica, magnética e densimétrica permitem a produção de concentrados contendo alto teor de metais não ferrosos, tais como Cu, Sn, Pb e Ag. A metodologia de trabalho envolverá a coleta de dados e amostras de PCIs para caracterização, testes em escala de bancada e piloto de rotas de processamento considerando diferentes cenários de produção de concentrados metálicos, e análise do fluxo de caixa (CAPEX e OPEX) em cada cenário, a fim de determinar condições ótimas de processamento.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 08/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Wesley Klewerton Guêz Assunção

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • extração de linhas de produtos de software a partir de produtos variantes em empresas de software de pequeno e médio porte
  • O reúso de software é uma técnica fundamental para construções de novos produtos. Nesta estratégia, artefatos já desenvolvidos são a base para o desenvolvimento de novos artefatos. Geralmente o reúso é aplicado por meio de uma abordagem oportunista, aonde os artefatos são simplesmente copiados/clonados e então modificados/adaptados para construir o produto desejado. Contudo, a abordagem oportunista gera problemas técnicos relacionados a manutenção e evolução de um portfólio com muitos produtos. Para contornar este problema, existem as estratégias de reúso sistemático, como por exemplo, as Linhas de Produtos de Software (LPSs). Em uma LPS, uma infra-estrutura comum é utilizada em vários produtos e somente as diferenças são implementas. Esta centralização de artefatos sistematiza o reúso e evita problemas técnicos de manutenção e evolução. Apesar dos benefícios, as LPSs são pouco utilizadas em empresas de pequeno e médio porte. Além disso, as técnicas existentes para extração de LPSs a partir de produtos variantes desenvolvidos de forma oportunista não consideram as limitação de recursos humanos, financeiros, e necessidade específicas de empresas de pequeno e médio porte. Com foco neste cenário, este projeto de pesquisa visa a definição de um processo e a construção de uma ferramenta para auxiliar pequenas e médias empresas alcançar o reúso sistemático utilizando seus produtos já existente.
  • Universidade Tecnológica Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2023
Foto de perfil

Wesley Nunes Gonçalves

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • inteligência artificial aplicada no monitoramento de impactos causados pelas secas e cheias extremas no pantanal
  • Eventos extremos de seca vêm se intensificando nos últimos anos no Pantanal, causando incêndios que geram perdas significativas para a biodiversidade, serviços ecossistêmicos e população. Assim, é necessário o desenvolvimento de soluções que possibilitem o monitoramento desses eventos e dos seus impactos. Não existe mapeamento detalhado da infraestrutura do Pantanal, dificultando o combate destes eventos e o resgate da população exposta à estas situações. Pretendemos desenvolver soluções inovadoras baseadas em aprendizado profundo para o mapeamento e monitoramento dos impactos causados pelas secas e cheias extremas no Pantanal. Pretende-se: (a) monitorar os focos de incêndio ativos e áreas queimadas usando imagens orbitais com alta e média resolução espacial; (b) monitorar os recursos hídricos; (c) mapear a infraestrutura do Pantanal. Serão propostos métodos novos de segmentação (áreas queimadas, vegetação e estradas) e detecção de objetos (edificações, estradas, pontes e focos de incêndio ativos). Serão desenvolvidos modelos baseados em gaussianas para a detecção de pontos e retângulos envolventes (edificações, focos ativos, etc) e retas (estradas). Na segmentação serão propostos métodos fracamente supervisionados (poucas anotações e anotações esparsas), e também métodos que considerem o desbalanceamento entre as classes. Serão desenvolvidos métodos de adaptação de domínio para lidar com grandes áreas e imagens de múltiplos sensores. Os dados gerados serão de livre acesso e integrados ao planejamento territorial visando mitigação e adaptação aos eventos extremos e serão disponibilizados aos gestores públicos e salas de situação envolvidas. O presente projeto complementa grandes programas em andamento, como a Rede Pantanal (MCTI), coordenado por membros da equipe, que garantirá que várias iniciativas se beneficiem dos produtos gerados, otimizando tempo, recursos públicos e promovendo maior integração entre redes de pesquisa no Brasil.
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Wesley Ricardo de Souza Freitas

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • o papel da green human resource management e da manufatura enxuta para a performance ambiental de empresas do agronegócio de mato grosso do sul
  • O objetivo desta pesquisa consiste em verificar se a Green Human Resource Management (GHRM) depende da Manufatura enxuta (LM) para a melhoria do desempenho ambiental (EP) em uma amostra de empresas ligadas ao Agronegócio do Estado de Mato Grosso do Sul, que é uma grande referência no Agronegócio, pela sua produtividade e tecnologias utilizadas. Como pano de fundo teórico, a fundamentação abordará sobre as teorias gestão de recursos humanos verdes, manufatura enxuta e desempenho ambiental. Para atender ao objetivo principal e os específicos, serão realizados estudos de casos e um survey, junto a uma amostra de empresas do Agronegócio localizadas no Estado de Mato Grosso do Sul. A amostra será calculada utilizando o software G-Power. Os respondentes-chaves serão os gestores de produção, pois a produção/operação é responsável pela maior parte dos impactos ambientais em razão dos recursos naturais utilizado nos processos e que tem efeitos ambientais significativos, além disso os gestores de produção são gestores de linha que aplicam as práticas de recursos humanos na área de fabricação, mas também, poderá ser respondente o gerente geral e/ou responsável pela empresa, desde que possua amplo conhecimento sobre a gestão da empresa e seus processos. Em relação aos resultados, espera-se: (a) validar empiricamente o modelo conceitual proposto; (b) o desenvolver alguns artigos para apresentação dos resultados desse projeto; (c) estabelecer parcerias para fortalecimento do grupo de pesquisa e ampliação da rede de pesquisadores (d) demonstrar aos gestores empresariais que a utilização de práticas de Green Human Resource Management e da manufatura enxuta pode contribuir para a melhoria do desempenho ambiental promovendo vantagens competitivas sustentáveis das empresas do agronegócio do Estado de Mato Grosso do Sul.
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 04/04/2022-30/04/2025
Foto de perfil

Wesley Vieira da Silva

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • mensuração do desempenho dos ecossistemas de inovação da região nordeste a partir da capacidade de interação entre os atores
  • As economias estaduais têm se valido de novas ações de apoio governamental a setores emergentes (como os intensivos em tecnologia e de tecnologia da informação e comunicação), apoio a setores existentes e de um importante conjunto de atividades ligadas ao turismo junto à orla litorânea, o que tem contribuído para o fenómeno da litoralização. Para atender e entender os fatores que devem ser levados em consideração para a busca de desenvolvimento por meio de estratégias, a mensuração de desempenho tem auxiliado para que as decisões e estratégias venham a ser tomadas e delineadas de forma eficaz e eficiente. Com base nestas premissas, levanta-se a seguinte questão de pesquisa: Como mensurar o desempenho de ecossistemas de inovação da Região Nordeste a partir da capacidade de inovação de atores?. Para tanto, buscou-se responder a essa questão a partir do objetivo geral que é: Propor um modelo de avaliação de desempenho para ecossistemas de inovação a partir da capacidade de interação entre os atores. Quanto aos objetivos específicos, busca-se: Realizar um mapeamento na literatura (estado da arte) sobre os estudos primários a respeito da temática investigada para identificar gaps teóricos; Mapear os principais ecossistemas de inovação nos 9 estados da Região Nordeste do Brasil (Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe) e suas características; Construir indicadores com base na percepção dos atores dos ecossistemas pesquisados; Mensurar o desempenho dos ecossistemas a partir dos indicadores levantados; Identificar os parâmetros de propriedade intelectual (marca, patente de invenção, patente de utilidade, etc) e transferência de tecnologia utilizada pelos atores; Propor ações estratégicas e complementares às Políticas Públicas de Inovação a partir dos indicadores identificados.
  • Universidade Federal de Alagoas - AL - Brasil
  • 10/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Whasley Ferreira Duarte

Ciências Agrárias

Agronomia
  • processo integrado de aproveitamento de subprodutos da cadeia produtiva do café para produção de destilado, bioativos e biofertilizante microalgal
  • O café é uma das principais comodities mundiais tendo o Brasil produzido 69 milhões de sacas em 2020, o que corresponde a 36% da produção mundial. Mais de 50% do volume do fruto do café é removido durante o processamento gerando subprodutos como casca, polpa, grãos defeituosos e água residuária. Diversas pesquisas vêm sendo realizadas atualmente buscando-se o desenvolvimento de processos e tecnologias que permitam o aproveitamento destes subprodutos e ainda a geração de produtos de valor agregado. A composição de açucares fermentescíveis, proteínas, nutrientes diversos, oligossacarídeos, compostos bioativos e o volume gerado dos subprodutos justificam a pesquisa e desenvolvimento no contexto do aproveitamento dos subprodutos do café. Ademais, alguns dos subprodutos do café representam um problema ambiental quando não corretamente descartados. Recentemente utilizamos a casca “melosa” do café, produzindo uma bebida destilada com aroma marcante de café verde que apresentou todos os parâmetros de qualidade (MAPA) para consumo. Propomos neste projeto a utilização de grãos defeituosos do café (pretos, verdes e ardidos) como substrato para fermentação alcoólica na produção de um destilado de café e a utilização da vinhaça resultante para o cultivo de microalgas a serem utilizadas como biofertilizante. Além do uso como substrato para cultivo de microalga, a vinhaça também será utilizada para extração de compostos bioativos termoestáveis de valor agregado como ácido clorogênico. Os grãos defeituosos serão triturados e utilizados no preparado do mosto. Após a fermentação o fermentado será destilado para produção de uma aguardente de café que será caracterizada quanto aos aspectos físico-químicos. A vinhaça resultante da destilação será utilizada como substrato de Desmodesmus sp. A biomassa da microalga será avaliada como biofertilizante na cultura da soja. A vinhaça será também utilizada para extração em fase sólida para recuperação de, principalmente, acido clorogênico.
  • Universidade Federal de Lavras - MG - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Wildo Navegantes de Araújo

Ciências da Saúde

Medicina
  • determinação da acurácia de diferentes testes e dinâmica da transmissão e evolução da infecção por sars-cov-2 na população privada de liberdade
  • No Brasil, o encarceramento em massa sem estrutura adequada leva a uma superpopulação carcerária em condições inapropriadas, acarretando problemas de saúde relacionados ao ambiente. Locais de alta densidade populacional são considerados como potenciais disseminadores da COVID-19 por sua elevada transmissibilidade. Avaliar novas tecnologias diagnósticas para o COVID-19 e conhecer a dinâmica da transmissão da doença na população privada de liberdade (PPL) é imprescindível para ações eficazes de controle nesse cenário de alta vulnerabilidade. No sistema prisional, as medidas habitualmente adotadas para a população geral não são aplicáveis. Para a realidade das prisões, as medidas atualmente adotadas visam minimizar o contato com pessoas externas às unidades prisionais, através da suspensão de visitas, limitação das audiências e redução das transferências. Os estudos em PPL podem auxiliar os serviços de saúde a implementar medidas mais eficazes no controle da doença, bem como gerar resultados que colaborem para a prevenção futura de surtos epidêmicos. Por conta da possibilidade de testar pelo menos três técnicas diagnósticas novas para detecção do vírus ou do desenvolvimento de anticorpos (RT-PCR, ELISA, GeneXpert-COVID-19, teste rápido imunocromatográfico), os resultados dessa pesquisa poderão ir além dos resultados diretamente para a população prisional, mas também trazer resultados da acurácia dos testes que poderão ser incorporados no arsenal de medidas para o controle do COVID-19. Na proposta, visamos determinar a acurácia de diferentes testes diagnósticos e a dinâmica da transmissão e evolução da infecção por SARS-COv-2 em presídios no Mato Grosso do Sul (Estabelecimento Penal Jair Ferreira de Carvalho e Instituto Penal de Campo Grande) e Distrito Federal (Complexo da Papuda: Penitenciária do DF I e Penitenciária do DF II). Os objetivos específicos são avaliar a acurácia de novos diagnósticos para coronavírus no cenário local; Medir a prevalência e a taxa de infecção por coronavírus nas prisões; Caracterizar a dinâmica da infecção viral por coronavírus em PPL; Descrever os dados epidemiológicos e clínicos dos casos confirmados de COVID-19; Identificar a cadeia de transmissão do vírus no ambiente prisional. Será conduzido um estudo observacional, descritivo, quantitativo de casos de infecção por SARS-COv-2 em população privada de liberdade associado a uma abordagem analítica relacionada ao estudo de acurácia entre testes laboratoriais. Os participantes serão previamente informados do estudo e terão suas dúvidas esclarecidas. Aqueles participantes que forem considerados elegíveis e aceitarem participar deverão assinar o TCLE, e só então responderão ao questionário com perguntas objetivas, dando início a sua participação na pesquisa. Os dados coletados ficarão sob a guarda e a responsabilidade dos pesquisadores por período de cinco anos. Os resultados decorrentes do estudo, favoráveis ou não, serão organizados e apresentados à sociedade científica na forma de relatórios para os gestores, publicações de artigos científicos e resumos em eventos científicos, prezando sempre pelo sigilo de modo que nenhum participante seja identificado. Reitera-se que a pesquisa não trará riscos imediatos ou futuros aos participantes. Durante a coleta de sangue e swab nasal e orofaríngeo poderá ocorrer desconforto durante os procedimentos e, raramente, hematoma no local da punção venosa. Reitera-se, ainda, que o benefício direto será o diagnóstico laboratorial da doença, seja na fase assintomática como sintomática, reduzindo, por exemplo, surto e óbitos. Além disso, a utilização dos dados/resultados obtidos no desenvolvimento da pesquisa será importante para a reorientação de ações e propostas de vigilância e manejo referentes à transmissão dessa infecção na população estudada. Seguindo as determinações da Resolução no. 466/2012 do Conselho Nacional de Saúde, a mesma será encaminhada ao Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (CEP/UFMS) e para o Comitê de Ética em Pesquisa da Faculdade de Medicina da Universidade de Brasília (FM/UnB) para as providências de praxe.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 27/08/2020-26/09/2022
Foto de perfil

Wilfredo Fernando Leiva Maldonado

Ciências Sociais Aplicadas

Economia
  • estudos em: impaciência e aversão ao risco em processos pandêmicos; políticas de coberturas de depósitos em instituições financeiras; e mercado de trabalho e responsabilidades familiares da mulheres urbanas
  • Esta proposta abrange três estudos que serão desenvolvidos por pesquisadores nacionais e internacionais especialistas nos assuntos abordados. O primeiro: análise de características de aversão ao risco e impaciência quando os agentes enfrentam processos pandêmicos que limitam a oferta de mão de obra. Com utilidades recursivas e agregadores estocásticos será feita esta separação. Esperamos que os resultados gerem subsídios de políticas de controle de processos pandêmicos que não prejudiquem fortemente o crescimento econômico. O segundo: análise de políticas de cobertura de depósitos em instituições financeiras. Bancos Centrais ao redor do mundo definem fundos que sobrem eventuais quebras de instituições financeiras, com a finalidade de evitar corridas bancárias e efeitos dominó. Variáveis como o valor das taxas de coberturas e tamanho ótimo de fundos são de grande importância no desenho de provisão de seguros para os depósitos de clientes de estas instituições financeiras. O objetivo é trazer elementos que ajudem à provisão prudencial e equilibrada deste tipo de seguros. O terceiro: determinar se o aumento da disponibilidade de trabalhadores domésticos eleva o desempenho no mercado de trabalho de mulheres com maior escolaridade, porém com responsabilidades domésticas. Vários estudos revelam que, em países desenvolvidos, fluxos migratórios de baixa qualificação ajudam mulheres altamente escolarizadas com esse tipo de responsabilidades, porém, pouco se sabe sobre esse efeito em países em desenvolvimento. Uma das principais contribuições será dar novas explicações para o diferencial de salários por gênero entre os trabalhadores urbanos altamente qualificados, estudando como o trabalho migrante afeta os tipos de firmas em que elas trabalham. O impacto causal será analisado com a abordagem de shift-share e choques de chuva nos municípios de origem (shift) combinados com fluxos migratórios passados (share) como fonte de variação exógena para os migrantes no destino.
  • Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade - USP - SP - Brasil
  • 05/04/2022-30/04/2025
Foto de perfil

William Douglas Gomes Peres

Ciências Humanas

Filosofia
  • science days: conectando as ciências e o estado à região do contestado
  • A relação da Rede Federal de Educação Ciência e Tecnologia pelo IFSC e pelo IFC presentes na região, proponentes destas atividades com a história do Contestado é ampla. Seja pela questão territorial, pois Caçador e as cidades nominadas fazem parte da região e teve em seu território, deflagrada a Guerra do Contestado (1912-1916), evento que modificou não só a cidade, mas como toda a região, como pode ser visto anteriormente. Desde sua emancipação, em 1934, Caçador tem uma preocupação constante com a questão da Guerra do Contestado, e que esse conflito, que tem em seu âmago questões ainda latentes, como a questão de terras, a economia baseada na extração da madeira, a questão ferroviária e o esquecimento e silenciamento de uma identidade regional, a do caboclo. Essa preocupação vem sendo exposta e trabalhada junto às escolas, principalmente, municipais e estaduais, que tem em seu currículo, temas ou matérias relacionadas ao Contestado e tem trabalhado junto aos municípios vizinhos com ações de preservação, conservação e divulgação da questão do Contestado, principalmente, através das atividades da Semana do Contestado. Desde 2010, a Prefeitura Municipal de Caçador tem sob sua manutenção, o Museu Histórico e Antropológico da Região do Contestado, instituição criada para preservar, conservar e comunicar/divulgar a história e memórias da região do Contestado. Para isso, a Prefeitura Municipal vem, a cada ano, buscando aperfeiçoar o seu quadro funcional, com a Coordenação do Museu, sendo feita por um historiador com especialização em História, e a gestão museológica, feita por uma museóloga, com especialização em arquitetura e patrimônio arquitetônico e com mestrado em Patrimônio, Cultura e Sociedade, com a dissertação intitulada: “Quem tem mói, mói; quem não tem, mói também: as representações do “outro” no Museu Histórico e Antropológico da Região do Contestado, Caçador/SC”. Estudo esse de extrema relevância no campo das ciências sociais, por abordar as questões de representações sociais, onde há sempre divergências. De um lado, há, involuntariamente, o empoderamento do “vencedor” (THOMÉ, 1999), visto pelos homens, e, de outro, um lado mais histórico e humanitário, visto pelas mulheres, no quadro e nos bonecos. Tanto homens como mulheres, como visto supra, têm sua representação da Guerra do Contestado como algo muito ruim, que fez vítimas em suas famílias e deixou a região alterada socioeconomicamente até hoje. A Teoria das Representações Sociais serviu para a compreensão da identidade grupal dos visitantes, em menor ou maior grau, com a Guerra do Contestado. E, a partir dela viu-se uma ligação forte entre os visitantes e a etnia cabocla, parcamente tratada pela expografia do Museu, como aferiu-se na amostragem dos questionários da dissertação. O trabalho com as representações em museus auxilia na compreensão dos diferentes públicos que por ali passam, e como cada grupo social pensa, como esses pensamentos foram construídos e como essas representações influenciam sua passagem pelos museus. Os grupos sociais, em suas respostas, falaram muito da ausência do caboclo na exposição do Museu do Contestado. O Museu, aprimora, anualmente, o conhecimento de seu acervo e consequentemente, sobre as exposições, proporcionando aos visitantes um espaço de fruição, mas também de aprendizado, principalmente da história da região. Os funcionários do Museu também, como apoio da Prefeitura Municipal estão em constante aprimoramento, com participação em oficinas de capacitação, simpósios, e cursos. Em todo esse trabalho em prol da memória e da história do Contestado, o Museu recebe, anualmente em torno de 7 a 10 mil visitantes, oriundos das mais diversas cidades do país, e de alguns outros países. Além de toda esse aparato museológico e histórico, o Museu conta, também, com atividades educativas, que vão desde as mediações/monitorias de grupos, exposições (curta, média, longa duração e itinerantes) até palestras, oficinas e seminários sobre o tema da instituição, levando assim a sua missão como museu para várias cidades do Contestado. Além disso, as cidades da região vem num crescente movimento, desde 2015, e demais parceiros, trabalham com a Semana do Contestado. Semana esta que é mais um momento e meio de comunicação das instituições com os cidadãos da comunidade onde estão inseridas. Uma forma de disseminar não só atividades acadêmicas, mas também as memórias e histórias de um povo, de sua própria população. E, assim, as instituições, prefeituras e estruturas públicas, através de seus servidores e órgãos componentes, se coloca como meio, também, de desenvolvimento e socialização de conhecimentos e fomento da feira de ciências Science Days, muito importante para a região do Contestado.
  • Instituto Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 28/12/2020-31/12/2022
Foto de perfil

William Ernest Magnusson

Ciências Biológicas

Ecologia
  • peld do sudoeste do amazonas (psam)
  • O PELD-PSAM visa consolidar e recuperar infraestrutura de campo (parcelas e transecções de amostragem usados no sistema RAPELD) inicialmente instaladas em 2006. A instalação da infraestrutura de pesquisa padronizado permitiu a inclusão de informações desta região no desenvolvimento de estudos sobre padrões e processos na distribuição de plantas e animais. Estes estudos incluírem vários grupos de plantas lenhosas, aves, morcegos, cobras, anfíbios, lagartos, jacarés e peixes. Somente um estudo avaliou os fatores afetando a distribuição de vários grupos taxonômicos juntos e aqueles autores apontaram a falta de estudos integrados nas áreas longe do rio Amazonas. Um dos maiores impedimentos ao reconhecimento de impactos de longo prazo é o problema de escala. Isto é, como diferenciar mudanças devido aos impactos locais dos efeitos de mudanças globais? Em geral, mudanças locais somente podem ser interpretadas se inseridos num modelo regional ou global. Uma maneira de contornar estes problemas é de usar métodos padrões comparáveis entre sítios, permitindo a integração sobre espaço e tempo. Os métodos usando dentro do sistema RAPELD são compatíveis com os usados em muitos outros sítios de pesquisa no Brasil, sistemas usados em outros países, e idênticos os usados em alguns outros sítios PELD na Amazônia (FORR, IAFA, POPA). Uma das áreas de maior preocupação ambiental está nos redores da estrada BR 319 que atravessa o interflúvio dos rios Purus e Madeira e conecta Manaus e Humaitá. A estrada está em péssima condição e não é adequada para trânsito intensivo. No entanto, os planos para a recuperação da estrada levantaram preocupação entre os ambientalistas porque este pode facilitar acesso à região e resultar em desmatamento extensivo. Simulações do desmatamento previsto para os próximos 20 anos apontam que o cenário “com estrada” reduzirá a cobertura florestal original em pelo menos 16,6%. Áreas fora de unidades de conservação, representam cerca de 44% da região da BR 319 e estão localizadas em sua maioria nas regiões que hoje sofrem o maior grau de ameaça. Vários estudos pontuais tinham sido feitos, mas não existirem estudos integrados que permitiriam a avaliação dos impactos da estrada na fauna e flora. A remedição em módulos fora das unidades de conservação (área tampão) para madeira morta em 2019 mostrou que o corte ilegal de árvores em terras públicas ameaça a floresta na região. Duas de 5 parcelas em uma área de pesquisa foram afetadas por corte ilegal de árvores, e 3 de cinco em outra área. Os estudos feitos até agora e os levantamentos previstos nesta proposta providenciam a linha de base para a avaliação do efeito da estrada dentro e fora das unidades de conservação. As unidades pesquisa (módulos do sistema RAPELD) já instalados estão orientados a 90 graus das estradas, permitindo uma avaliação da distância que efeitos da recuperação da estrada terão na biodiversidade. A avaliação da susceptibilidade da floresta a mudanças é importante porque a região é responsável para a captação de água para as áreas usadas por colônias de pescadores nos rios Madeira e Purus. Até o momento, não foram desenvolvidos estudos experimentais dentro da área proposta para o PELD-PSAM, exceto o experimento “natural” que envolve a BR 319 e o posicionamento das parcelas a várias distâncias da estrada. No entanto, observações durante os levantamentos feitos durante os últimos 10 anos indicam que as interações entre organismos e processes ecológicos podem estar sendo afetados pela disponibilidade de sódio. A floresta amazônica recicla água do Oceano Atlântico e o oestes da Amazônia tem menor deposição de sódio do que em regiões mais perto do mar. Este processo pode ser interrompido pelo desmatamento com fortes implicações para a disponibilidade de sódio na floresta. Sódio tem pouca importância para a maioria de plantas, mas pode ser limitante para animais. Isto fica óbvio no comportamento de abelhas, que são atraídas em massa para qualquer fonte de sal, como suor humano. Não se sabe as diferenças causada pela disponibilidade de sódio na polinização ou decomposição da liteira em áreas naturais, ou quais os efeitos de criação de animais com o provisionamento de sal em áreas perto da floresta ou fontes de sal associados com lixo humano perto da rodovia. Estas perguntas podem ser respondidas com experimentos controlados. A integração de dados sobre ecologia de ecossistemas desta região já foi feita em estudos de grande escala e estes providenciam subsídios para políticas públicas nacionais. No entanto, ainda não foi feito uma integração destes estudos numa escala local (Município de Humaitá) para identificar lacunas e tirar conclusões quando viável. Esta é um dos principais objetivos desta proposta. Todas estas perguntas somente podem ser respondidas com estudos de longo prazo usando métodos comparáveis. Para entender quais processos naturais (fenômenos meteorológicos, tipo de solo, interações entre espécies etc.) e intervenções humanas afetam a biodiversidade é necessário ter dados de longo prazo sobre muitos grupos biológicos.
  • Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia - AM - Brasil
  • 05/12/2020-31/12/2024
Foto de perfil

William Gaia Farias

Ciências Humanas

História
  • a política internacional e as estratégias militares relacionadas ao comércio e navegação no rio amazonas e mar do caribe (1895-1920).
  • O projeto objetiva reconstruir processos, ações e planos sobre a navegação interligada entre o Mar do Caribe e a Amazônia, considerando a política internacional, a diplomacia do governo brasileiro com diversos países em trânsito com interesses nesse contexto e os impactos no comércio no período de transformações da economia e das relações internacionais que caracterizou o auge da Era dos Impérios. O pressuposto mais importante para tal considera a navegação como um fio condutor da economia construída pela expansão industrialista e imperialista que passou a ser objeto duplo de preocupações nas relações internacionais devido os conflitos entre duas ou mais nações que poderiam afetar o comércio e o transporte marítimos e pelas possibilidades dos navios suprirem fontes de contrabando e financiamento de partes em conflito. Parte da guerra de independência de Cuba, iniciada em 1895, quando do bloqueio naval imposto pelos Estados Unidos contra a Espanha, que suscitou para a diplomacia brasileira a primeira grande discussão em torno do direito das embarcações neutras, o acesso às rotas de comércio na área e o tratamento dado pelos beligerantes aos navios brasileiros. O período estudado será até o final da Primeira Guerra Mundial, pois houve preocupações com a manutenção da neutralidade no conflito que motivaram um intenso controle à navegação e aos navios e os desdobramentos da crise dos combustíveis, com a consolidação da rota de comércio de carvão mineral entre Estados Unidos e Amazônia com entrepostos ao longo do Caribe. Considerando o recorte temporal e o pressuposto ora estabelecido, serão analisados os tratados, acordos e documentos internacionais que regulavam a navegação na região, os debates sobre condições de neutralidade e navegabilidade em conflitos, as rotas e produtos comercializados no eixo do Caribe – Amazônia, os elementos de política internacional que impactaram a navegação e o comércio, o contrabando e a vigilância de navios pela Marinha do Brasil.
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

William Reis Silva

Engenharias

Engenharia Aeroespacial
  • investigação das ramificações do filtro de partículas aplicadas a sistemas dinâmicos aeroespaciais
  • Propõe-se realizar a determinação de órbita e atitude de satélites artificiais utilizando o Filtro de Soma Gaussiana (FSG), Filtro de Kalman Ensemble (FKEn) e o Filtro de Partículas H Infinito Estendido (FPHinfE) comparando os resultados obtidos com o Filtro de Kalman Unscented (FKU) e Filtro de Partículas (FP) frequentemente usado na literatura. O Filtro de Partículas (FP) padrão adota uma abordagem de estimação de força bruta estatística que muitas vezes funciona bem para problemas que são de difícil trato para o Filtro de Kalman Estendido (EKF) convencional, porém os métodos de estimação FPHinfE, resolvem o problema empobrecimento de amostra comum para o FP que causa perda de precisão no processo de estimação. A aplicação utiliza dados simulados de medidas para órbita e atitude do CBERS-4 (China Brazil Earth Resources Satellite), com modelo cinemático de atitude descrito por quatérnios sendo os sensores de atitude disponíveis são: dois DSS (Sensor Solar Digital) montados no corpo do satélite tal que fornecem uma função não linear dos ângulos de atitude roll, pitch e yaw; dois IRES (Sensores de Terra Infravermelho) que fornecem a medida direta dos ângulos de roll e pitch com certo nível de erro; e um triedro de giros mecânicos. Outra aplicação consiste em determinar a órbita do satélite Jason-2, utilizando dados GPS reais de seus receptores a bordo, o que é um problema não linear, no que diz respeito à dinâmica e às equações de observação. Os resultados podem servir como uma forma alternativa para futuras missões, com relação ao processo de estimação de órbita e atitude, tento em vista os requisitos de projeto para precisão e tempo de processamento.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

William Teixeira da Silva

Lingüística, Letras e Artes

Artes
  • desenvolvimento de metodologias para análise de aspectos práticos do repertório brasileiro para instrumentos acústicos e eletrônica
  • Este projeto de pesquisa propõe o desenvolvimento de metodologias analíticas para o estudo, a execução e a criação do repertório musical brasileiro para instrumentos acústicos e meios eletrônicos. Por meio de uma pesquisa artística, todas as peças analisadas passarão pelo crivo da performance para que sejam identificadas as questões que impedem uma maior difusão do repertório da música eletroacústica mista no geral. Isso implica tanto no desenvolvimento de uma metodologia analítica que contemple a relação do performer em sua interação com a eletrônica, como também na modificação de patches e tapes existentes otimizando-os para a performance. Desse modo, espera-se contribuir para a música mista, que tem sido pesquisada mais sob o ponto de vista de sua estruturação eletrônica e suas teorias adjacentes, acrescentando assim o agenciamento da performance para seu discurso musicológico. A partir da relação entre performance musical e tecnologia, resulta-se também na democratização do acesso ao repertório e à tecnologia recente, incluindo essa interface de maneira mais efetiva nos processos educacionais, adequando-a às demandas e ao conhecimento prévio de intérpretes em formação.
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Willians Lopes de Almeida

Ciências Humanas

Educação
  • a transversalidade da ciência, tecnologia e inovação: perspectivas para o desenvolvimento educacional e tecnológico do amapá.
  • O estado do Amapá apresenta localização privilegiada com uma área territorial de 142.470,762 km², de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE,2020). O estado é situado ao norte do país, parte da Amazônia Oriental, e faz fronteira com o estado do Pará, ao sul e oeste, a noroeste pelo Suriname, ao norte com a Guiana Francesa e a nordeste com o oceano Atlântico. Neste sentido, a biodiversidade da floresta local aliada às possibilidades de estudo, de contribuição científica e acadêmica e da difusão de conhecimentos somadas às tecnologias de inovação, possibilitam muitas transformações científicas capazes de desenvolver melhores tecnologias voltadas aos relacionamentos entre as comunidades e ao mundo do trabalho. Assim, em consonância com a chamada CNPq/MCTIC Nº 06/2021, a presente proposta apresenta evento referente a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) a ser realizado pelo Instituto Federal do Amapá (IFAP) com a temática “A transversalidade da ciência, tecnologia e inovação: perspectivas para o desenvolvimento educacional e tecnológico do Amapá”. Com o objetivo de oportunizar reflexões e compartilhamento de estudos e experiências científicas no contexto da transversalidade, tema deste ano, o evento contará com a participação de pesquisadores, estudantes do Ensino Básico, Técnico, Tecnológico e demais cursos superiores de instituições públicas e privadas, além da comunidade em geral nos municípios do estado. Assim, estima-se que a SNCT realizada pelo IFAP venha a contribuir para o conhecimento de tecnologias atuais e, sobretudo, para o desenvolvimento de tecnologias locais com a perspectiva de alcançar a máxima interação e comunicação entre os setores de C&T do Amapá.
  • Instituto Federal do Amapá - AP - Brasil
  • 05/10/2021-31/10/2023
Foto de perfil

Willy Alvarenga Lacerda

Engenharias

Engenharia Civil
  • instituto geotécnico de reabilitação do sistema encosta-planície e desastres naturais
  • No Brasil, o processo histórico e atual de ocupação das terras tem promovido transformações cada vez mais rápidas no meio urbano-industrial e no meio rural, deixando rastros de degradação sócio-econômica-ambiental e degenerando a qualidade de vida. A integração destas transformações com as mudanças climáticas em curso favorecem não apenas as alterações nos regimes de chuvas com aumento de frequência das chuvas intensas, mas também a elevação do nível do mar. Tais fatos permitem antever a intensificação das ameaças e riscos de desastres relacionados a fenômenos naturais como os movimentos de massa e erosão nas encostas; assoreamento nos rios e inundações nas planícies fluviais e baixadas costeiras, igualmente sujeitas a instabilização dos materiais de superfície. A magnitude destes desastres pode atingir uma dimensão catastrófica em períodos de eventos climáticos extremos, especialmente nas áreas mais habitadas dos centros urbanos e industriais, ou mesmo em áreas rurais de produção florestal, agrícola e pastoril. Estes eventos extremos geralmente catalisam outras formas de instabilidade relacionadas, por exemplo, ao rompimento de dutos (de óleo, gás, etc.) e espraiamento de contaminantes químicos; ou bloqueio de vias de circulação; dentre outras. O atual INCT-REAGEO sustenta uma tradição de pesquisas com foco central nos aspectos geotécnicos associados a encostas e planícies. A continuidade e desdobramento das pesquisas, ora proposta como FASE II, prendem-se a consolidação e desdobramento do conhecimento científico e das inovações metodológicas e tecnológicas alcançadas até o presente. A ênfase atual converge para pesquisas voltadas à previsão, prevenção, mitigação e reabilitação dos sistemas de encostas e planícies/baixadas costeiras frente aos desastres naturais induzidos por chuvas extremas. Isto envolve a geração de conhecimento básico sobre os condicionantes e mecanismos de instabilização, movimentos de massas e erosão dos solos, em ambientes de encostas e planícies, visando o aprimoramento metodológico das cartas de suscetibilidade e de riscos em diferentes escalas de interesse para planejamento e gestão territorial-ambiental. Envolve também o aprimoramento e desenvolvimento de novas técnicas de estabilização e de reforço de solos em zonas de riscos. Acrescentam-se os estudos afins aos desastres em taludes submarinos dentro da realidade de exploração do petróleo na zona do Pré-Sal. Pretende-se em ultima instancia, o desenvolvimento de novos conceitos associados ao reconhecimento, classificação e zoneamento de áreas de riscos, assim como o aperfeiçoamento dos métodos de engenharia existentes e a proposição de novos procedimentos e técnicas de intervenção. Trata-se de uma demanda espontânea relacionada à segurança direta da população, com atenção especial sobre áreas urbanas e rurais, vias de circulação de bens (rodovias e ferrovias) e acessos portuários, contribuindo, portanto, para a integração nacional e a estabilidade sócio-econômica e ambiental do país. Esta proposta dará continuidade a pesquisas em andamento, com procedimentos metodológicos e tecnológicos integrados. A equipe envolvida é formada por pesquisadores com grande experiência nos tópicos ora abordados. São profissionais de dedicação exclusiva da COPPE-UFRJ, IGEO-UFRJ, UERJ, UFPE, UFRGS e UNB, com atuação abrangente em geotecnia, geologia, geomorfologia, geoecologia e hidrologia nos ambientes de encostas, planícies e talude submarino. Vale ressaltar que as instituições envolvidas participam do INCT-REAGEO desde sua fundação em 2009, agregando equipes com um histórico de colaboração anterior. Prioriza-se uma visão integrada dos processos atuantes no sistema encosta-planície. Os resultados pretendidos servirão à sociedade como base de planejamento e gestão territorial-ambiental, fornecendo o suporte técnico-científico para estabelecimento de previsão e monitoramento dos fenômenos em foco, e de medidas inovadoras de mitigação, prevenção, adaptação e reabilitação. O programa do INCT-REAGEO/Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia sobre Reabilitação do Sistema Encosta-Planície: FASE II, foi estruturado de modo a contemplar pesquisas fundamentais e aplicadas, inovadoras, e afins ao melhor entendimento e controle dos mecanismos hidrológicos e mecânicos reguladores da estabilidade de encostas e das planícies fluviais e costeiras. Destaca-se o aprimoramento de metodologias apoiadas em Sistemas de Informação Geográficas (SIG) e aplicadas na construção das cartas de susceptibilidade e de riscos afins aos fenômenos naturais indicados no Projeto e o aprimoramento de tecnologias voltadas à reabilitação de áreas degradadas via revegetação e/ou intervenções geotécnicas apropriadas. Nas planícies costeiras destaca-se ainda o aprimoramento das técnicas de disposição de sedimentos dragados, controle de contaminação e construção em solos moles. Como extensão, busca-se também avaliar e contribuir no aprimoramento dos sistemas de alerta e alarme frente aos desastres naturais em foco, especialmente nas áreas urbanas onde se concentra grande parte da população. O projeto envolve a formação e qualificação de recursos humanos em níveis de doutorado, mestrado e iniciação científica, assim como em nível de pós-doutorado. Estimula-se a articulação e integração entre os Grupos de Pesquisas e a colaboração com Empresas e Órgãos Governamentais. Incluem-se ofertas de cursos de extensão e de publicações voltados à transferência de conhecimento e de tecnologias para grupos técnicos e material didático para a população em geral.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 28/11/2016-30/11/2024