Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Washington Jose de Sousa

Ciências Humanas

História
  • inteligência artificial, agroecologia e economia solidária na educação do campo: aplicando estratégias integradas de intervivência universitária e pesquisa-ação na popularização da ciência (pureza/rn, 2020/2021)
  • Progride em ações da Organização de Aprendizagem e Saberes em Iniciativas Solidárias e Estudos no Terceiro Setor (Oasis) no sistema público de educação básica sob a forma de intervivência universitária. Objetiva contribuir para a formação de jovens rurais em ciência, tecnologia e inovação a partir da extensão universitária centrada na cooperação com a educação básica para estimular a pesquisa e o conhecimento de indicadores sociodemográficos municipais e regionais e de sistema produtivos sustentáveis. A Oasis/PPGA/UFRN é grupo de ensino, pesquisa e extensão vinculado à linha Gestão Social e Políticas Públicas do Programa de Pós-Graduação em Administração da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Desde 2009, a Oasis/PPGA/UFRN desenvolve o Projeto de Intervivência Universitária em vários municípios potiguares. Um dos 15 municípios participantes, Pureza, foi escolhido pela equipe para a realização da mostra científica aqui programada. Trata-se de ação a ocorrer na Escola Municipal Maria do Livramento, localizada na comunidade rural de Bebida Velha, onde a equipe está estimulando atividades de educação contextualizada focada na agricultura familiar, no cooperativismo e na economia solidária inclusive via recursos de inteligência artificial. O projeto integra 200 jovens da educação básica, 40 trabalhadores do programa de Educação de Jovens e Adultos (EJA) e 60 sócios da Cooperativa Mista da Agricultura Familiar e Economia Solidaria de Bebida Velha (COOPABEV). As ações ocorrerão por meio de intercâmbios entre escola/comunidade, áreas de produção e Universidade, com ampla participação de estudantes da UFRN e da equipe pedagógica da escola na definição de critérios e etapas, na execução, no acompanhamento e na avaliação. A apresentação dos trabalhos na I Mostra de Ciências de Bebida Velha ocorrerá mediante instalações pedagógicas. Na instalação pedagógica, as turmas poderão utilizar recursos estéticos como músicas, poesias, repentes e dramatização banners, cartazes, maquetes, experimentos de iniciação científica júnior, e protótipos de projetos sociais aliados a resultados de trabalhos investigativos, além de produtos locais da agricultura familiar. Trata-se de estratégia didático-pedagógica de construção de cenários que guardam aspectos da instalação artística no que se refere à dimensão estética, exigindo o uso de múltiplos suportes e artifícios estéticos e a espacialização flexível, que permite montagens e desmontagens de contextos. Os participantes mobilizarão outras escolas do município e agricultores familiares de modo a gerar, como produto, número superior a 50 trabalhos, com foco em inteligência artificial, matemática, estatística e políticas públicas, com naturezas econômica, social, ambiental e demográfica mediados por temas correlacionados à agricultura familiar, ao cooperativismo e à economia solidária.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 29/12/2020-31/12/2022
Foto de perfil

Washington Jose de Sousa

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • transversalidade da ciência e da tecnologia para o desenvolvimento sustentável: iniciação científica junior e inovações na educação do campo à luz dos objetivos do desenvolvimento sustentável
  • Tendo como público prioritário estudantes de escolas rurais, de municípios potiguares com baixo Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - IDH-M, é objetivo desta proposta fomentar educação contextualizada por meio de pesquisa-ação em ambientes escolares e divulgação científica, baseadas na transversalidade da ciência e na aplicação de tecnologias na agricultura familiar intentando a superação de vulnerabilidades socioeconômicas em áreas do Semiárido potiguar. Serão eventos abertos à população e realizados em locais de grande confluência pública. Nos municípios contemplados, rodas de conversa, ciclos de palestras, instalações pedagógicas e exposições serão realizados, parte nas escolas contempladas e, parte, durante a culminância, em ginásio de esportes por meio da mobilização das escolas e ampla divulgação institucional pela UFRN. Eventos e reuniões preparatórias ocorrerão antes e depois do momento de culminância, atendendo a diferentes abordagens e visões da transversalidade da ciência em sintonia com demandas da agricultura familiar. Um dos momentos de culminância ocorrerá em seminário em auditório do Campus Central da UFRN. A proposta tem forte aderência ao objeto e objetivos da Chamada considerando a característica de instrumento de melhoria da qualidade do ensino de ciências na educação básica pública (Ensino Fundamental I e II e Ensino Médio) visando à difusão do conhecimento científico e tecnológico e à popularização da ciência nos municípios do Semiárido contemplados, ambos com baixo IDH. Atende ao objeto da Chamada quando leva em conta possibilidades de empego de tecnologias aplicadas a especificidades de escolas rurais em áreas do bioma Caatinga. Ao adotar a estratégia de integração ensino, pesquisa e extensão, este projeto torna-se inovador, considerando que ocorrerá em cooperação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte com o sistema básica envolvendo professores e alunos com diferentes níveis de ensino e áreas de conhecimento. A intercooperação considera diálogos entre diferentes linguagens, demonstrando multidisciplinaridade ao estabelecer o tratamento do tema de uma disciplina por várias disciplinas ao mesmo tempo - das Ciências Humanas e Sociais Aplicadas aos campos da Saúde e das Ciências Biológicas (pelo prisma da segurança alimentar e nutricional) e, também, das Engenharias e Ciências Exatas (contemplando temas técnicos de agronomia e operações matemáticas). Uma natureza interdisciplinar possibilita que alunos e professores de diversos níveis e campos de conhecimento interajam métodos de uma disciplina para outra, de um nível de ensino para outro, mediados por diálogos e possibilidades de aplicação de recursos de inteligência artificial na educação básica, na agricultura familiar e no ensino e cooperativismo rurais. Viés transdisciplinar, com o prefixo “trans” referindo-se ao que surge ao mesmo tempo entre as disciplinas, compõe esta proposta, tanto por meio das disciplinas quanto para além de qualquer disciplina, como no caso do chamado senso comum. Tem potencial acadêmico multiplicador considerando o fato de que a atividade será sistematizada e publicada na forma de texto científico com o objetivo de possibilitar replicações.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 11/10/2021-31/10/2023
Foto de perfil

Watson Loh

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • aliando a versatilidade de cristais líquidos liotrópicos com propriedades mecânicas de nanoceluloses – relação entre microestrutura e propriedades macroscópicas
  • Nanomateriais à base de celulose vêm sendo amplamente estudados visando aplicações em diferentes tipos de formulações, dada a sua abundância, sustentabilidade, facilidade de obtenção e versatilidade principalmente em propriedades mecânicas. Comumente, essas formulações possuem em suas composições os surfactantes, moléculas que garantem ao sistema características como espumabilidade, elevada viscosidade, detergência e molhabilidade. Esses surfactantes se associam, em solução, formando fases líquido-cristalinas, como a lamelar, originando novas possibilidades de aplicações direcionadas. Apesar de ambos os sistemas serem investigados separadamente, informações sobre seus modos de interação e, consequentemente, as propriedades resultantes de suas combinações, são pouco exploradas. Essa proposta tem por objetivo investigar a interação de nanomateriais celulósicos em suspensão, como os nanocristais e as nanofibras, com fases lamelares formadas por surfactantes, combinando-se as propriedades de ambos os componentes na direção de fluidos complexos, como cristais líquidos, dispersões de (nano)partículas e hidrogéis, com alta performance e potenciais aplicações nas áreas cosmética, de lubrificantes e de limpeza de superfícies. Para isso, a proposta contará com um time multi-institucional formado por especialistas tanto na obtenção e aplicação de nanomateriais celulósicos quanto no estudo de sistemas coloidais formados por associação de surfactantes. O estudo será baseado em diferentes técnicas experimentais de caracterização, como microscopia eletrônica, reologia, ressonância magnética nuclear 1D e 2D, e espalhamento de luz e de raios-X, de modo a obterem-se informações, a nível molecular, e, desse modo, correlacionar a microestrutura dos sistemas com as propriedades macroscópicas resultantes, fomentando assim a formulação de novos produtos com caráter sustentável e com propriedades melhoradas.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 21/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Webe João Mansur

Engenharias

Engenharia Civil
  • etapa ii: desenvolvimento de solver multiplataforma para solução de sistemas de equações diferenciais parciais gerais de 2ª ordem voltados para problemas de engenharia e geofísica do petróleo e gás
  • Este projeto tem como objetivo dar continuidade ao desenvolvimento e implementação de uma ferramenta computacional para a solução de equações e sistemas de equações diferenciais parciais (EDP) de segunda ordem, dependentes do tempo ou não, lineares ou não, capaz de suportar diversas condições de contorno e condições iniciais, para domínios uni, bi e tridimensionais, para os ambientes Windows® e Linux. Tais problemas são comuns a diversas áreas do conhecimento, destacando-se a Engenharia e Geofísica Aplicada à indústria do Petróleo e Gás, que são as linhas de pesquisa de atuação do proponente. Este desenvolvimento parte de uma concepção original de implementação computacional para a solução de EDPs via métodos numéricos que utilizam discretização de domínio, sendo contemplados até o momento os Métodos das Diferenças Finitas e o Método dos Elementos Finitos, destacando-se as formulações contínua e descontínua para esse último. Ambos os métodos são objetos de estudo e desenvolvimento no Laboratório de Métodos de Modelagem e Geofísica Computacional (LAMEMO), cujas linhas de pesquisa incluem os Métodos dos Elementos de Contorno e o Método dos Volumes Finitos, a serem incluídos no software no futuro. A estrutura do projeto divide-se em duas vertentes fundamentais: uma dedicada à pesquisa teórica, voltada ao desenvolvimento de técnicas avançadas de modelagem e/ou aprimoramento das já existentes para solução numérica de problemas da física-matemática governados por de EDPs de segunda ordem, com incorporação no Solver de avanços no estado da arte em áreas como modelagem de dados sísmicos, imageamento, tomografia, inversão, problemas da mecânica dos sólidos e dos fluidos em geral, interação solo-fluido-estruturas, acústica e análise dinâmica. A outra vertente de aplicação da ferramenta desenvolvida é dedicada à análise de problemas reais, principalmente, da Indústria do Petróleo e da Engenharia, em especial, da Engenharia Civil e Engenharia de estruturas Off-Shore.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 14/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Weber Andrade Gonçalves

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • relação entre os complexos convectivos de mesoescala e os desastres naturais no sul do brasil
  • Os Complexos Convectivos de Mesoescala (CCM) têm sido estudados ao longo dos anos em todo o globo. Especialmente sobre a América do Sul, estes sistemas tem sido foco de pesquisas sobre a região da saída do Jato de Baixos Níveis, coincidindo com a região da Bacia do Prata. Contudo, não existe uma pesquisa que apresente a evolução as características físicas e morfológicas destes sistemas com uma perspectiva de 26 anos de dados de sensoriamento remoto, sendo este um dos objetivos desta presente pesquisa. Além disso, na literatura não foi explorado até o presente momento a relação entre a ocorrência e intensidade dos CCM e os desastres naturais sob às regiões de sua influência, fato este que também é um dos objetivos deste projeto de pesquisa. Sendo assim, esta pesquisa pretende suprir estas lacunas encontradas na literatura, dando apoio principalmente a previsão do tempo e Nowcasting, provendo um melhor conhecimento da sazonalidade, ciclo de vida, e características físicas e morfológicas dos CCM. Tais sistemas poderão ser simulados com maior eficácia, provendo uma melhor previsão de tempo e Nowcasting para a população em geral. Para tanto, serão utilizados dados de rastreamento de Sistemas Convectivos a partir de satélites geoestacionários, o ISCCP-Tracking (26 anos de dados), do ForTracc (4 anos de dados), dados de desastres naturais provenientes do Centro de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais (Cemaden), além de dados de precipitação do satélite GPM (IMERG) e in situ, além dos dados de reanálise do ERA-Interim.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 07/04/2022-30/04/2025
Foto de perfil

Weeberb João Réquia Júnior

Outra

Ciências Ambientais
  • inter-relação entre mudanças climáticas, qualidade do ar, queimadas, serviços ecossistêmicos e saúde da população brasileira
  • As condições atuais e algumas projeções indicam que o Brasil continuará tendo desafios ambientais, incluindo questões relacionadas às variações climáticas, ocorrência de queimadas, poluição atmosférica, gestão dos serviços ecossistêmicos e saúde da população. Este projeto visa o estudo da inter-relação dessas questões ambientais no Brasil. O estudo será dividido em 5 objetivos: i) Quantificar os efeitos das mudanças climáticas sobre a poluição do ar, queimadas e saúde da população no Brasil. ii) Quantificar os efeitos das queimadas na concentração de gases e partículas atmosféricas no Brasil. iii) Avaliar os impactos das variações espaço-temporais do clima, poluição do ar e queimadas na saúde da população brasileira. iv) Avaliar a relação entre serviços ecossistêmicos e clima, poluição do ar, queimadas e saúde. v) Consolidar os resultados das inter-relações entre mudanças climáticas, qualidade do ar, queimadas, serviços ecossistêmicos e saúde da população brasileira (resultados dos objetivos i, ii, iii e iv) visando a criação de indicadores ao desenvolvimento urbano sustentável para os municípios brasileiros. A proposta metodológica engloba diversos métodos quantitativos com foco em análise espaço-temporal, incluindo modelo aditivo generalizado para as análises do objetivo 1 e 2, geoestatística e Over-dispersed Poisson Regression para as análises do objetivo 3, machine learning para a análises do objetivo 4, e análise espaço-multicriterial para criação de indicadores de desenvolvimento urbano sustentável no objetivo 5. Toda a proposta metodológica já foi aplicada em estudos anteriores liderados pelo coordenador da presente proposta de pesquisa. O study design desta proposta de pesquisa está orientado para que os resultados decorrentes das abordagens quantitativas e espaço-temporais contribuam de forma efetiva com a produção e validação de indicadores de sustentabilidade urbana. Esses indicadores estão direcionados para a avaliação dos riscos de impactos climáticos relevantes para o setor ambiental, de planejamento urbano, de agricultura, de infraestrutura de transporte e de saúde pública.
  • Fundação Getúlio Vargas - RJ - Brasil
  • 15/12/2020-31/12/2023
Foto de perfil

Weeberb João Réquia Júnior

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • qualidade ambiental ao redor das escolas e capacidade cognitiva dos estudantes de ensino médio no brasil
  • Evidências científicas têm mostrado que crianças e adolescentes podem sofrer efeitos negativos quando expostos à baixa qualidade ambiental (ex., baixa qualidade do ar, baixa densidade de áreas verdes etc.) em diferentes locais, incluindo a qualidade ambiental ao redor das escolas. Dentre os efeitos diretos (ex., doenças cardiorrespiratórias) na saúde desse grupo populacional, um número crescente de estudos tem encontrado impactos na redução da capacidade cognitiva dos estudantes, resultando em baixo desempenho escolar. Embora muitas pesquisas já examinaram a relação entre as características ambientais ao redor das escolas e o desempenho escolar dos alunos, nenhum estudo ainda foi realizado no Brasil, com exceção de um único estudo publicado recentemente pelo coordenador deste projeto (a referência deste estudo está indicada nesta proposta de pesquisa). O objetivo deste projeto é verificar a relação entre desempenho escolar dos alunos de ensino médio e exposição ambiental ao redor das escolas brasileiras, incluindo exposição à poluição do ar, às áreas verdes, aos incêndios florestais e às variações climáticas. Seguindo o study design abordado pelos estudos epidemiológicos na literatura, neste projeto, a capacidade cognitiva dos alunos será representada pelo desempenho escolar. Especificamente, consideraremos a nota dos alunos obtida no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Iremos acessar os microdados do Enem, que apresentam o menor nível de desagregação de dados recolhidos por meio do exame, com informações individuais a nível do aluno. Esse nível individual dos dados será um ponto positivo para a literatura internacional, pois até o momento, boa parte dos estudos foram baseados em dados a nível de escola (uma média por escola), e não a nível de estudante. Quanto aos dados de exposição, serão levantados por meio de técnicas de sensoriamento remoto. As análises desse projeto envolveram técnicas avançadas em geoestatística e bioestatística.
  • Fundação Getúlio Vargas - RJ - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Wellington da Silva Fonseca

Outra

Divulgação Científica
  • feira de ciências na eetepa dr. celso malcher e mostras científicas e tecnológicas para escolas públicas do pará 2022 - 2023.
  • A região Amazônica sempre está em evidência quanto aos assuntos ligados à sustentabilidade e aos cuidados com o meio ambiente, apesar disso é uma região alvo da exploração indevida de suas riquezas. Neste contexto, é importante de divulgar e motivar a cultura sustentável na Amazônia através de ciência e tecnologia. É imprescindível exceder a meta de uma aprendizagem meramente de conceitos e de teorias, associadas com conteúdos abstratos e neutros, para um ensino mais cultural que assegure uma melhor compreensão, apreciação e aplicação da tecnologia e da ciência, levando-se em conta as questões sociais e, entendendo, que tanto a ciência, quanto a tecnologia são resultados do saber humano e que, portanto, estarão sempre presentes no contexto social. Deste modo, mediante estas questões, surge um novo enfoque que vem ganhando corpo na prática de sala de aula, objetivando não apenas possibilitar a experimentação da tecnologia dentro das tarefas práticas, mas também procurar uma relação recíproca entre ciência, tecnologia e aprendizagem, com a finalidade principal de estreitar a relação entre a escola, à melhoria na sociedade e a futura profissão desses futuros cidadãos. Este projeto busca atuar no EETEPA Dr. Celso Malcher e apresentar mostras científicas e tecnológicas em Belém e no Interior do Estado do Pará para abranger um maior número de alunos e aproximar mais estes alunos da UFPA, em especial as meninas. Assim, o Programa Laboratório de Engenhocas tem como proposta o ingresso de alunos de escolas públicas do Estado do Pará nas Universidades em cursos de ciências exatas, engenharia e tecnologia, para que possam utilizar de todo aprendizado adquirido na área de ciência e tecnologia, para assim, ingressarem de forma qualificada no mercado de trabalho, efetivando de fato a práxis educacional.
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 20/12/2021-31/12/2023
Foto de perfil

Wellington Lima Cedro

Ciências Humanas

Educação
  • atividade pedagógica na formação de professores que ensinam matemática a partir de parcerias entre instituições de ensino superior e escolas de educação básica em diferentes regiões brasileiras
  • Com o objetivo de analisar um processo formativo compartilhado com base na perspectiva histórico-cultural, tendo como foco a Atividade Pedagógica em diferentes contextos escolares a partir dos desafios atuais que envolvem a formação inicial e continuada de professores que ensinam matemática, este projeto contempla uma proposta de articulação entre dez instituições federais e estaduais de Ensino Superior com vistas ao desenvolvimento de um trabalho em rede com pesquisadores de diferentes regiões do país, no que se refere a estudos sobre formação de professores e Atividade Pedagógica. Esse projeto se sustenta na premissa de que a organização dos processos de formação de professores apoiada na teoria histórico-cultural é capaz de promover a ressignificação da atividade pedagógica dos docentes. As vivências dos membros da equipe executora e os espaços de aprendizagem que existem (por exemplo os Clubes de Matemática) e que serão criados para o desenvolvimento do projeto nos levam a acreditar na viabilidade desta investigação. Considera-se a abrangência do projeto relevante, visto que atende a quatro regiões brasileiras, envolvendo pesquisadores de dez instituições de ensino superior e que se estenderá a várias escolas públicas da Educação Básica. Como produtos desta pesquisa teremos artigos, e-books, dissertações, teses e materiais didáticos, que serão escritos em parceria com os professores da Educação Básica. Espera-se com os resultados e produtos desta pesquisa possamos ampliar a discussão sobre a formação inicial e continuada de professores que ensinam matemática, fornecer informações e sistematizações de materiais que possam contribuir para novos projetos de pesquisa e apresentar uma proposta de ação a partir de Grupos de Compartilhamento para o desenvolvimento da Atividade Pedagógica. As ações do projeto serão divididas em etapas que envolvem criação de grupos, levantamento de trabalhos, realização de encontros formativos e a sistematização da formação docente.
  • Universidade Federal de Goiás - GO - Brasil
  • 26/05/2022-31/05/2025
Foto de perfil

Wendel Coura Vital

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • avaliação da expansão da leishmaniose visceral em cenários de mudanças climáticas
  • A leishmaniose visceral (LV) é considerada pela OMS uma das seis endemias de maior relevância no mundo e as condições socioeconômicas; processos migratórios decorrentes de instabilidade social como fome, secas e inundações; fatores ambientais; desmatamento; construção de barragens; imunossupressão por HIV, dentre outros podem contribuir para sua expansão. Foi elaborado pelo Ministério da Saúde brasileiro o Plano Setorial da saúde para a mitigação e adaptação à mudança do clima e todas as doenças transmissíveis que podem sofrer influência direta ou indireta da mudança climática, como a LV, foram contempladas. Neste contexto, este projeto se justifica pela tendência emergente e expansão da LV em resposta as condições ambientais e climáticas, pela alta letalidade da doença e pela carência de estudos que utilizem a modelagem de nicho ecológico para a previsão de potenciais áreas de risco para a doença devido a mudanças climáticas e ambientais. Diante deste cenário o presente projeto traz as seguintes indagações: mudanças climáticas e antrópicas podem afetar a distribuição e expansão da LV? Quais regiões da Bacia do Rio Doce seriam as mais afetadas? e Qual será o comportamento da LV no futuro em dois cenários distintos de mudanças climáticas? Para responder a estes questionamentos será realizado um estudo ecológico que analisará o padrão de distribuição espaço temporal dos casos confirmados de LV notificados no SINAN, no período de 2001 à 2020, na Bacia Hidrográfica do Rio Doce, que sofreu com o impacto do rompimento da barragem de Fundão, da Samarco. A partir da distribuição espacial dos casos será avaliada sua relação com os biomas existentes e os fatores climáticos e realizada a busca dos fatores determinantes para a expansão da doença. Serão escolhidos algoritmos de modelagem de nicho ecológico para a elaboração de modelos preditivos da expansão da doença em diferentes cenários climáticos. As análises serão realizadas a partir de bancos de dados.
  • Universidade Federal de Ouro Preto - MG - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025