Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Renato Barboza

Ciências da Saúde

Medicina
  • estudo o efeito do bloqueio das vias inflamatórias mediadas por hmgb-1 e induzidas por proteínas mal enoveladas e/ou agregadas.
  • O processo inflamatório é um dos componentes mais importantes relacionado à processos neurodegenerativos, podendo ser desencadeado por diversos estímulos que levam a ativação de receptores da imunidade inata e consequentemente levar à morte de neurônios. Dentre as vias inflamatórias estudadas em doenças neurodegenerativas, a via mediada pela proteína HMGB-1 tem se mostrado fundamental. Tem sido proposto que proteínas mal enoveladas e/ou agregadas como alfa-sinucleina ou SOD-1, relacionadas com Doença de Parkinson (DP) e Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA), respectivamente, podem estimular a produção e liberação de HMGB-1 por neurônios e micróglias. Quando liberadas no espaço extracelular, a HMGB-1 age por meio de ativação dos receptores RAGE e do TLR4, que por sua vez, ativam vias inflamatórias medias pelo fator de transcrição gênica NF-kappaB, levando a produção de proteínas como IL-6 e TNF-alfa;. Dessa forma, dado a importância da HMGB1 na mediação de processos neuroinflamatórios, o objetivo deste projeto é estudar o efeito do bloqueio das vias inflamatórias mediadas por HMGB-1 e induzidas por proteínas relacionadas com a ELA e DP. Para tanto, células THP-1 diferenciadas em macrófagos serão estimuladas com sobrenadantes condicionados provenientes de culturas de células SH-SY5Y que superexpressam alfa-sinucleina ou SOD-1 nas suas formas selvagem e mutante. Como bloqueadores, serão utilizados bloqueadores para MyD88 e TRIF relacionadas com as vias dos TLR, assim como o Parthenolide, reconhecido por bloquear vias inflamatória dependentes de NF-kappaB. Os efeitos decorrentes dos bloqueadores, serão mensurados pela verificação de parâmetros inflamatórios (IL-6, TNF-alfa, IL-1beta; e translocação de NF-kappaB) e expressão de RAGE e TLR4. Doenças neurodegenerativas, embora largamente estudadas, ainda carecem de um preciso entendimento sobre sua patogênese, assim como de tratamentos terapêuticos que visem a atenuação da doença. Nosso resultados poderão ajudar nesse sentio
  • Universidade Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Renato de Almeida Sarmento

Ciências Agrárias

Agronomia
  • monitoramento e análise de risco ecológico de microplásticos e agrotóxicos em ecossistemas sujeitos a elevada pressão agrícola
  • A contaminação por microplásticos (MPs, <5mm) é um problema ambiental global. Fontes como fertilizantes (ex. lodo de esgoto), coberturas plásticas e disposição inadequada de resíduos sólidos, são responsáveis pela presença de MPs em campos agrícolas e ecossistemas aquáticos adjacentes. No entanto, estudos sobre o impacto ecológico dessas partículas na biota são escassos, principalmente na região Norte do Brasil. Além disso, os efeitos combinados de MPs e agrotóxicos permanecem inexplorados, apesar de representarem, individualmente, um grave problema ambiental em áreas sob forte pressão agrícola. Adicionalmente, os MPs podem servir de vetores de contaminantes (ex. metais e compostos orgânicos), mas muitos estudos negligenciam cenários ambientalmente relevantes, bem como a influência na biodisponibilidade e toxicidade. Hipotetizamos, assim, que a presença de MPs possa alterar a biodisponibilidade e a toxicidade de agrotóxicos na biota local e em ecossistemas adjacentes (ex: rios), o que poderá ameaçar o sucesso de medidas de mitigação/remediação. Este projeto visa assim a implementação de programas de monitoramento e análise de risco ecológico integrativo destes contaminantes emergentes, certamente em coexistência, em ecossistemas de elevada pressão agrícola como algumas regiões do Estado de Tocantins. Combinando testes laboratoriais padronizados e outros engenhosamente modificados, avaliando respostas biológicas da célula às comunidades, o projeto visa responder às seguintes questões-chave: 1) Qual o nível de contaminação de MPs e principais agrotóxicos, em solos agrícolas e corpos d’água adjacentes? 2) Quais os efeitos ecotoxicológicos químicos e/ou físicos dos MPs em invertebrados representativos desses ambientes? E dos agrotóxicos? 3) Qual o papel dos MPs na biodisponibilidade e na toxicidade dos agrotóxicos? Os resultados deste projeto fornecerão evidências científicas cruciais para a adequação dos programas de gestão e conservação dos sistemas de solos e água.
  • Universidade Federal do Tocantins - TO - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Renato de Castro Garcia

Ciências Sociais Aplicadas

Economia
  • fundamentos analíticos da geografia da inovação e do conhecimento no brasil: elementos conceituais, análise empírica e implicações de políticas
  • Nos últimos 40 anos, o mundo testemunhou profundas transformações no cenário global de inovação. Nesse período, algumas regiões de países desenvolvidos, como São Francisco, Nova York, Frankfurt e Tóquio, consolidaram sua posição como principais hotspots globais de inovação. Em adição, regiões em países em desenvolvimento, como a área da Baía de Shenzhen-Hong Kong, Cingapura e Bangalore, tornaram-se centros emergentes de importantes atividades inovadoras. No resto do mundo, outros centros emergiram em regiões isoladas, mesmo que sejam caracterizados por uma menor densidade de inovação. Este é o caso de alguns polos de inovação, ou hotspots, no Brasil, como São Paulo e Rio de Janeiro. Enquanto isso, a produção de conhecimento em todos esses hotspots localizados tornou-se cada vez mais interligada, formando complexas redes de inovação global, cuja conectividade às vezes desafia a distância geográfica. Desse contexto emergem questões de pesquisa relacionadas com o papel desses centros de inovação no processo de geração e de difusão de novos conhecimentos sobre todo o sistema econômico. Quais são os principais fatores que explicam essas transformações industriais e tecnológicas? Quais são os principais canais pelos quais a inovação foi capaz de florescer nessas experiências bem-sucedidas? Quais são as principais lições aprendidas para os países em desenvolvimento? Como o desenvolvimento dessas experiências pode fornecer novos insights para as políticas de desenvolvimento regional baseadas na inovação? Inserido nesse debate, este projeto de pesquisa tem como objetivo analisar as trajetórias tecnológicas dos hotspots de inovação selecionados no Brasil e seus efeitos sobre o desenvolvimento regional baseado na inovação. Assim, este projeto de pesquisa pretende lançar luz sobre os elementos principais que caracterizam os hotspots de inovação no Brasil, com desdobramentos sobre a discussão das implicações de políticas de desenvolvimento regional baseadas na inovação.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Renato Francisco Rodrigues Marques

Ciências Humanas

Sociologia
  • dupla carreira no futsal brasileiro: desafios e ações na dedicação simultânea entre esporte e estudos
  • Entende-se dupla carreira como a dedicação simultânea entre carreiras em duas diferentes áreas de atuação. Um dos principais desafios enfrentados por aspirantes a atletas de elite é combinar as carreiras acadêmica e esportiva, em um percurso duplo de barreiras e tensões, especialmente por serem muitas vezes expostos/as a cargas de treinamento e dedicação similares ao imposto no esporte de elite. Neste contexto, o objetivo geral deste projeto de pesquisa é analisar os processos de dupla carreira esportiva e acadêmica vivenciados por atletas brasileiros/as de futsal de elite, a partir de suas próprias perspectivas. Como objetivos específicos têm-se: Analisar as formas de ação e investimentos dos/as atletas nos campos esportivo e acadêmico; Analisar qual é o grau acadêmico dos/as atletas, seus pais e mães, e as influências de possíveis heranças culturais familiares sobre as carreiras acadêmicas e esportivas dos/as atletas; Analisar o processo de escolarização dos/as atletas quanto à frequência em aulas, tempo dedicado e apoio para os estudos. Como principal referencial teórico para análise dos resultados será utilizada a Sociologia Reflexiva de Pierre Bourdieu, com especial atenção às formas de constituição de habitus relacionados à dupla carreira e a influência de herança cultural familiar. Os participantes deverão: ser atleta de futsal de elite ativo/a na data da entrevista; ter ao menos dezoito anos de idade completos na data da entrevista; ter participado de ao menos um jogo oficial pela seleção brasileira principal de futsal. Serão realizadas entrevistas semiestruturadas, por meio do software Google meet, com áudio e vídeo gravados. Além disso, os/as participantes elaborarão duas linhas do tempo em folha de papel, apontando datas de eventos importantes que possam ter influenciado suas trajetórias esportiva e acadêmica. Para a análise de dados utilizar-se-á o método da Análise Temática Reflexiva e software NVivo® Windows Academic.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Renato Grillo

Ciências Humanas

Filosofia
  • i mostra científica de ilha solteira: “reuso e reciclagem de materiais”
  • A presente proposta visa a organização e realização da I Mostra Científica, em âmbito municipal, a ser realizada na cidade de Ilha Solteira - SP envolvendo a participação de estudantes da rede de ensinos fundamental I e II, ensino médio e ensino técnico, bem como familiares e comunidade em geral, cuja temática será “Reuso e Reciclagem de Materiais”. Essa é uma ação que conta com a colaboração conjunta da Coordenação do curso de Licenciatura em Física e do Programa de Pós-Graduação em Ciência dos Materiais, ambos da Unesp de Ilha Solteira, bem como da Secretaria Municipal e Estadual de ensino do Município. O objetivo da Mostra é promover o contato dos participantes com materiais que permitam mostrar como a ciência e a tecnologia estão articuladas e dialogam com a vida das pessoas, além de instigar a capacidade inventiva e investigativa dos estudantes desde cedo e possibilitar ações de comunicação entre ciência e sociedade, já que o tema sugere alternativas para a minimização das consequências da problemática do lixo e de ações de sustentabilidade, a qual depende diretamente da conscientização e ação da sociedade. A Mostra contemplará a apresentação de pôsteres e experimentos, os quais serão dispostos em um espaço amplo e aberto ao público em geral do município de Ilha Solteira – SP ou via mídias digitais caso ainda estejam implementadas as restrições sanitárias devido ao COVID-19. Os trabalhos a serem apresentados serão avaliados por um comitê científico e os seis melhores serão premiados de modo a promover um incentivo aos estudantes para a Ciência, através do desenvolvimento de projetos de natureza científica, acadêmica e cultural. Com isto se espera o fortalecimento do vínculo escola-universidade, ampliando, dessa forma, o interesse pela ciência, a geração de conhecimento e ações que possam trazer benefícios para o município e região.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 28/12/2020-31/12/2022
Foto de perfil

Renato Jose Pires Machado

Ciências Biológicas

Zoologia
  • atualização taxonomica e guia de identificação para ordem neuroptera (insecta) do brasil
  • Esta proposta tem como principal foco proporcionar um melhor entendimento das espécies brasileiras de Neuroptera, uma das ordens de insetos historicamente negligenciada no Brasil. A ordem é hoje representada no país por 426 espécies atuais e 85 fósseis, número este sabidamente inferior a real diversidade do grupo. Apesar do relativo baixo numero de espécies, a ordem possui um grande potencial econômico, pois vários de seus representantes são usados no controle de pragas, alguns podem ser pragas de apiários, enquanto outros são usados em programas de biomonitoramento. Entretanto para um melhor entendimento da importância destes insetos os estudos taxonômicos são fundamentais, mas atualmente existem poucos taxonomistas focados no grupo, sendo somente um associado a uma pós-graduação no Brasil. Neste sentido o principal objetivo desta proposta é fortalecer os grupos de pesquisas com Neuroptera no país, criando uma integração entre os grupos nacionais e internacionais, gerando bases para a formação de novos taxonomistas. Assim a proposta tem como principais metas: coletas focadas em regiões pouco exploradas no país, onde sabidamente o grupo é sub-representado; iniciar uma coleção de tecidos para futuros trabalhos moleculares; equipar laboratórios de pesquisas; organização de coleções e museus com grande representação da ordem; atualização do catalogo taxonômico da fauna do Brasil e integração destes dados com uma base internacional (Lacewing Digital Library); publicação de um guia de identificação ilustrado para os gêneros atuais de Neuroptera do Brasil; e uma lista das espécies fósseis. Espera-se que o efetivo cumprimento destas metas possibilite novos dados para as pesquisas dos alunos de pós-graduação envolvidos nesta proposta, e que a disponibilização online dos dados aqui gerados de forma gratuita possa influenciar no interesse de novos estudantes e posterior formação de novos taxonomistas focados nesta tão importante ordem de insetos.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Renato Luiz Guerino Cunha

Ciências da Saúde

Medicina
  • seleção, desenvolvimento e validação de novos vetores para a manufatura de células de defesa geneticamente modificadas para o tratamento de pacientes portadores de mieloma múltiplo e leucemia mielóide aguda – um projeto br-cart-platform
  • Com o sucesso da terapia com células T CAR para neoplasias de células B, novos alvos têm sido investigados para inúmeras neoplasias que carecem de tratamentos inovadores com potencial curativo. O BCMA tem sido proposto como um alvo potencial para células T CAR em mieloma múltiplo e inúmeros outros para o tratamento de pacientes portadores de leucemia mielóide aguda. Recentemente, a American Society of Hematology apoiou a iniciativa de criar uma plataforma para desenvolver células T CAR com tecnologia 100% brasileira que permitiu selecionar novos clones scFv, com o objetivo de serem incorporados em novos vetores lentivirais. A identificação de novos anticorpos para os alvos humanos para as proteínas BCMA (MM) e CD123 ou CD99 (LMA) foi realizada com o uso biopainéis e biblioteca phage-display para a região scFv humana. As sequências de DNA dos clones scFv e as proteínas das regiões determinantes de complementariedade obtidas foram analisadas e comparadas com bases de dados universais. As sequências selecionadas apresentaram menos de 80% de similaridade e algumas foram consideradas inéditas, um indicativo de que os produtos de terapia avançada do presente projeto são originais e possuem alto potencial de registro de patentes. Assim, neste projeto objetiva-se: 1) validar através de novos vetores lentivirais e experimentos in vitro os novos clones scFv selecionados; 2) validar modelos animais para experimentos in vivo dos novos clones scFv e vetores lentivirais desenvolvidos e; 3) validar o processo de manufatura em sala limpa de acordo com as boas práticas de fabricação de vetores e células T CAR para uso clínico. Ao final, espera-se que a nova tecnologia brasileira seja traduzida para uso em protocolos de pesquisa clínica como novas opções de tratamento para pacientes portadores de MM e LMA e, ao mesmo tempo, se resultados clínicos satisfatórios, resultará em pedido de registro do produto celular junto à ANVISA com o objetivo de incorporá-lo ao Sistema Único de Saúde.
  • Fundação Hemocentro de Ribeirão Preto - SP - Brasil
  • 08/12/2020-31/12/2023
Foto de perfil

Renato Luiz Sobral Anelli

Ciências Sociais Aplicadas

Arquitetura e Urbanismo
  • o papel das redes de infraestrutura na redução das vulnerabilidades das cidades brasileiras às mudanças climáticas.
  • Este projeto de pesquisa visa suprir a lacuna de estudos teóricos e aplicados sobre os impactos das mudanças climáticas nas cidades brasileiras em interface com infraestruturas urbanas e assentamentos precários. Insere-se em um contexto em que a elevação das temperaturas do planeta e a intensificação dos eventos extremos afetam com maior intensidade as populações mais pobres. O modelo de urbanização das cidades brasileiras, com ocupações de áreas precárias sujeitas a inundações e deslizamentos, impermeabilização do solo e ilhas de calor contribuem para modificar os processos de precipitação e de umidade do ar, agravando tais impactos que se distribuem de modo desigual no território. A descoordenação setorial entre as áreas correlatas à ciências ambientais, ao planejamento urbano e infraestrutura dificultam a implementação de políticas públicas com foco na resiliência das cidades. O projeto reúne uma rede de pesquisadores interinstitucionais com o propósito de discutir o papel das redes de infraestrutura de transporte, drenagem, saneamento e áreas verdes em interface com as mudanças climáticas. Tais redes estruturam a urbanização e devem ter seus paradigmas alterados para ampliar a resiliência das cidades aos eventos extremos do clima. Tem como objeto localidades com características distintas no estado de São Paulo. A metodologia envolve as seguintes etapas: sistematização e análise bibliográfica; seleção de novos casos a partir da experiência acumulada pela equipe; análise de áreas vulneráveis, considerando a ausência ou provisão de infraestrutura; levantamento da cadeia de impactos dos eventos extremos, identificando parâmetros de recorrência e relevância; construção de parâmetros de planejamento e de projeto urbano que visam orientar as políticas públicas; produção de material e métodos para ampliar competências de corpos técnicos/administrativos de instituições públicas, privados e de organizações da sociedade civil.
  • Universidade Presbiteriana Mackenzie - SP - Brasil
  • 08/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Renato Machado Monaro

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • plataforma para testes de proteção de geradores eólicos de velocidade variável com conversor back-to-back de três níveis
  • A energia eólica é uma das formas de geração de eletricidade que mais cresce no mundo. A utilização de energia eólica no Brasil representa 10% da capacidade instalada, no entanto, está em forte crescimento. Desta maneira, o entendimento do funcionamento dos geradores eólicos é de fundamental importância para o controle e proteção destes equipamentos. Nos geradores eólicos há uma crescente utilização de eletrônica de potência. Um tópico de pesquisa ainda pouco explorado é a análise dos transitórios eletromagnéticos que ocorrem nos aerogeradores durante a ocorrência de faltas nos geradores elétricos. Sobretudo quando estes estão associados a conversores/inversores de potência. O objetivo principal deste projeto é a proposição de novas técnicas de proteção para aerogeradores baseados em geradores de indução e geradores síncronos de rotor bobinado. Para tanto, será realizado um extenso levantamento bibliográfico seguido da avaliação das técnicas de proteção atualmente empregadas e propostas para aerogeradores de velocidade variável. O entendimento do comportamento transitório dos aerogeradores será fundamental para a proposição de técnicas inovadoras de proteção. O estudo do comportamento transitório será realizado por meio de simulações e ensaios realizados em laboratórios em máquinas elétricas reais. Além disso, as formas de ondas coletadas em conjunto com as informações obtidas nas simulações servirão para testar o desempenho das técnicas de proteção sob avaliação.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Renato Machado Pereira

Engenharias

Engenharia Química
  • olimpíada de matemática dos institutos federais (omif)
  • Vide projeto anexo
  • Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Mato Grosso - MT - Brasil
  • 17/02/2021-28/02/2023
Foto de perfil

Renato Mancini Astray

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • rede colaborativa do instituto butantan para o desenvolvimento de candidatos vacinais contra sars-cov-2
  • Apesar dos esforços mundiais recentes, ainda não existe uma vacina contra o Vírus da Síndrome Respiratória Aguda Grave do tipo 2 (SARS-CoV-2), o agente pandêmico da COVID-19, doença que já matou mais de 190 mil pessoas no mundo e 3.313 no Brasil até o dia 23 de abril de 2020. Propostas vacinais já em fase de testes e têm demonstrado a necessidade de desenho de antígenos e formulações mais precisas para atingir a imunidade protetora. O desconhecimento da imunologia e de aspectos básicos da interação patógeno-hospedeiro elevam o grau de empirismo dessas preparações vacinais precoces, resultando em produtos com pouca eficácia ou que tragam complicações pós-vacinais. Cabe lembrar que os candidatos mais avançados baseiam-se em vacinas genéticas, que até hoje não possuem sequer um produto licenciado para uso em humanos. Este cenário aponta para a necessidade do desenvolvimento de uma segunda geração de vacinas contra o SARS-CoV-2, baseadas em conhecimento científico mais estabelecido. Levando em consideração o desafio de se desenvolver uma vacina eficaz e segura contra o SARS-CoV-2, criamos a Rede Colaborativa para Desenvolvimento de Vacinas (RCDV) do Instituto Butantan (IBu), composta por laboratórios especializados em virologia, biologia molecular, imunoquímica, genética, biotecnologia e ensaios pré-clínicos. O fato de essa Rede estar abrigada no IBu, reconhecido produtor nacional de vacinas, dá o respaldo industrial necessário para colocar rapidamente no mercado uma nova vacina. No âmbito da RCDV, esta proposta se baseia no desenvolvimento de vacinas recombinantes de base proteica. Serão usadas múltiplas abordagens para a produção dos antígenos, na forma de virus-like particles (VLP) constituídas de proteínas estruturais inteiras (S, M, N e E) de SARS-CoV-2, vacinas de subunidades e quimeras proteicas. Essas abordagens permitirão descrever mais apropriadamente as propriedades imunogênicas de cada antígeno incluído na formulação. Para a avaliação dessas diversas abordagens, um centro estruturado de ensaios em animais do Instituto desenvolverá boa parte dos ensaios pré-clínicos necessários para a avaliação da toxicidade das preparações mais promissoras e da resposta imune. A consolidação da RCDV com o projeto de desenvolvimento de uma vacina contra o SARS-CoV-2 poderá resultar no desenvolvimento de uma preparação inovadora, com tecnologia nacional. A geração de conhecimento sobre a imunogenicidade das proteínas virais e do potencial uso desses antígenos apoiará o desenvolvimento de kits de diagnóstico, ou fabricação de anticorpos monoclonais e produção de soros hiperimunes. A RDCV se soma à recente iniciativa institucional pela construção de laboratórios multipropósitos e pilotos virais em condições BPL e BPF que visam dar ao país a estrutura necessária para uma resposta rápida a doenças emergentes.
  • Instituto Butantan - SP - Brasil
  • 16/07/2020-15/09/2022
Foto de perfil

Renato Martins da Silva

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • estudo clínico - fase iii, randomizado, duplo-cego e controlado por placebo para avaliar a eficácia e segurança do azvudine (fnc) no tratamento de pacientes adultos afetados pela infecção do vírus sars-cov2.
  • A doença infecciosa COVID-19 que cursa com síndrome respiratória aguda grave 2, causada pelo coronavírus (SARS-CoV-2), tornou-se uma emergência de saúde pública de interesse internacional devido à epidemia global de 2020. Cerca de 80% dos casos confirmados são ligeiros ou assintomáticos e a maioria recupera-se sem sequelas. No entanto, 15% são infecções graves que necessitam de oxigênio e 5% são infecções muito graves que necessitam de ventilação assistida em ambiente hospitalar. Os casos mais graves podem evoluir para pneumonia grave com insuficiência respiratória grave, septicemia, falência de vários órgãos e morte. Entre os sinais de agravamento da doença estão: a falta de ar, dor ou pressão no peito, cianose de extremidades, perturbações na fala e no movimento. O agravamento pode ser súbito e ocorre geralmente durante a segunda semana requerendo atenção médica de urgência. A OMS ainda não aprovou qualquer medicamento para o tratamento de infecções por coronavírus em seres humanos, e ainda não há uma vacina disponível. O medicamento AZVUDINE (FNC) é um novo tipo de inibidor da transcriptase reversa de nucleosídeo, que promove uma inibição significativa e de amplo espectro de vírus de RNA e DNA, apresentando uma boa segurança clínica. AZVUDINE está na fase III do ensaio clínico anti-HIV (GQ-FNC-201) e anticoronavírus (COVID-19), com boa eficácia e segurança até o momento.
  • INSTITUTO GALZU - RJ - Brasil
  • 28/06/2021-30/06/2023
Foto de perfil

Renato Pereira de Freitas

Engenharias

Engenharia Nuclear
  • desenvolvimento de métodos que auxiliem a identificação de roubos, furtos e adulterações de obras de arte e veículos.
  • O constante crescimento nos índices de criminalidade no Rio de Janeiro vem aumentando de forma sistemática os custos com segurança no estado. Um importante caminho para a solução desse problema é a aproximação entre o meio acadêmico e o setor de segurança, ação que nos últimos anos vêm sendo promovida por editais de agências de fomento, tais como: Edital 07/2018 da FAPERJ e Edital 15/2019 da CAPES, Edital 13/2021 da FAPERJ. Com fomento do Edital Ciência Forense 07/2018 da FAPERJ, o presente grupo de pesquisa iniciou no IFRJ, campus Paracambi, um centro de pesquisa em ciências forenses, que resultou em uma parceria entre o IFRJ e o Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE). A parceria entre essas duas instituições atualmente caminha para um convênio entre ambas, objetivando a transferência de conhecimento e tecnologia. A presente proposta tem como principal objetivo propor métodos que auxiliem na perícia de obras de arte, veículos roubados e modelagens computacionais de crimes. A partir da execução desta proposta, será possível criar e implementar métodos e técnicas que não foram propostos anteriormente. Além disso, será possível difundir todos os métodos já desenvolvidos junto a peritos da polícia científica do Rio de Janeiro. A execução da proposta também vai permitir uma parceria sistemática, entre academia e a polícia científica, permitindo o intercâmbio de conhecimento técnico-científico. Vale destacar que o trabalho a ser realizado neste projeto possui natureza fortemente multidisciplinar e atuará em diversas áreas do conhecimento, dentre as quais podemos destacar: Física Forense, Espectroscopia, e Ciência Forense Computacional. Desta forma o presente projeto pode ser dividido em três linhas principais de atuação: Perícias em obras de arte; Perícia em veículos clonados; Mapeamento e visualização de crimes contra bens e vidas.
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 08/04/2022-30/04/2025
Foto de perfil

Renato Raul Boschi

Ciências Humanas

Ciência Política
  • inct de políticas públicas, estratégias e desenvolvimento
  • O Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Políticas Públicas, Estratégias e Desenvolvimento (INCT/PPED) tem como principal objetivo contribuir para a renovação conceitual e instrumental da ação pública comprometida com o desenvolvimento. A partir da constatação das mudanças no cenário internacional que vêm ocorrendo desde o início do século XXI, tornou-se evidente a necessidade de adaptação do Estado e de suas políticas ao novo contexto, bem como a importância de estratégias inovadoras do governo, de outros atores sociais e, especialmente, das empresas. O projeto INCT/PPED pretende responder ao duplo desafio de inovar na interpretação dos processos em curso - através da atualização da matriz conceitual relativa ao entendimento dos processos de desenvolvimento - bem como de subsidiar a ação pública governamental através da renovação das formas de intervenção pública em matéria de desenvolvimento econômico. Esse duplo desafio se concretiza num conjunto de ações de amplo impacto nos planos: da pesquisa e da interpretação; da capacitação, através do ensino e da produção discente; da ampla e irrestrita difusão de resultados; da construção de elos entre as múltiplas redes onde os professores participantes do INCT/PPED já constituem lideranças acadêmicas, tanto no plano nacional quanto internacional; do compromisso de subsidiar os processos de implementação de políticas de desenvolvimento. Tanto no plano doméstico como no internacional existem novas tendências pesadas que atribuem uma maior complexidade ao quadro que caracterizou a situação do Brasil na primeira década de 2000. Se por um lado os avanços no plano doméstico foram importantes, principalmente a partir da construção de um modelo de crescimento dinamizado pelo mercado interno e com forte inclusão social, o aumento de renda ocorrido na última década abriu espaço para novas demandas sociais que exigem políticas públicas mais assertivas, estruturantes, inclusivas e participativas. Por sua vez, já no plano internacional, a crise dos países centrais, originada na especulação financeira dos derivativos nos Estados Unidos, resulta muito mais que um simples gargalo no crescimento: expressa uma re-acomodação estratégica nas relações de poder no sistema mundial. Frente ao mundo unipolar, liderado pelos Estados Unidos, começa a tomar forma um sistema multipolar que abre janelas para se repensarem desafios e oportunidades no grau de atuação dos Estados (especialmente aqueles situados na semi-periferia com maior capacidade relativa de agência) no sistema internacional de fluxos comerciais, financeiros e de circulação de tecnologia. Há evidências de que o contexto presente é caracterizado por enormes possibilidades e oportunidades típicas de momentos de crise e redefinição de paradigmas. No entanto, tudo indica que o atual ciclo de crescimento dependeria fortemente da geração de vantagens no plano institucional e das capacidades estatais de cada país, pensadas em termos democráticos, ambientalmente sustentáveis e socialmente inclusivas. A nova proposta do trabalho do INCT/PPED pretende articular um marco teórico e conceitual que, tendo em conta o trabalho realizado até hoje, defina as linhas de atuação do instituto para os próximos seis anos, com o objetivo de proporcionar instrumentos que permitam dar uma resposta adequada às novas exigências que, tanto no plano doméstico como internacional, se colocam no processo de desenvolvimento do Brasil e de outros países emergentes. Para tanto, as linhas de pesquisa que definiram o trabalho do INCT/PPED nos últimos cinco anos foram reformuladas e atualizadas no intuito de, a partir de uma postura inovadora, poder subsidiar processos de formulação e implementação de políticas públicas. No atual contexto consideramos essencial poder dar uma resposta efetiva de política pública nos planos da inovação, do agronegócio, da área de sustentabilidade ambiental, e da política externa e cooperação internacional. Tendo em vista a consecução destes objetivos em sua acepção mais geral, nossa proposta se subdivide em quatro linhas de pesquisa. A primeira linha de pesquisa (Capacidades Estatais, Políticas Públicas e a Dimensão Institucional) abrange e unifica, a partir do conceito de capacidades estatais, as outras três linhas de pesquisa, destinadas a analisar especificamente três dimensões que se revelam fundamentais para o desenvolvimento brasileiro no atual contexto histórico: a dinâmica do agronegócio, a questão da sustentabilidade ambiental e inserção externa do País. A linha de pesquisa 2 (Políticas de inovação, fronteiras tecnológicas e coalizões de interesse: a dinâmica da agricultura em perspectiva comparada) integra-se com a discussão teórica de capacidades estatais na medida em que persegue as escolhas de caminhos nacionais próprios e singulares no que tange às políticas de inovação, com particular foco na área do agronegócio. A linha de pesquisa 3 (Governança de Bens Comuns e Serviços Ecossistêmicos na Economia Sustentável) procura formular diretrizes para políticas públicas inovadoras voltadas à governança de bens públicos em diversos contextos territoriais, contemplando as agendas verde (biodiversidade, serviços ecossistêmicos); cinza (energia, mudanças climáticas, ambiente urbano); e azul (recursos marinhos). Tal perspectiva adotará uma abordagem interdisciplinar e comparada ao referir-se à regulação dos comuns globais. Finalmente, a linha de pesquisa 4 (Política Externa, Regionalismo e Cooperação Internacional) focalizará três dimensões da inserção internacional do Brasil e em perspectiva comparada com outras potências emergentes: política externa, processos de regionalismo e a cooperação internacional. O projeto anexo neste formulário contém a descrição detalhada do programa e de cada uma das linhas de pesquisa.
  • Universidade do Estado do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 23/11/2016-30/11/2024
Foto de perfil

Renato Rodrigues Neto

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • aplicação de tecnologias de baixo custo para a remoção de poluentes orgânicos e inorgânicos em sistemas aquáticos.
  • Insegurança hídrica doméstica é um problema mundial e atinge milhões de pessoas, incluindo muitos brasileiros. Vários fatores têm contribuído para este problema global, tais como o desmatamento, a urbanização não planejada, a industrialização não sustentável, a poluição, etc. É objetivo deste trabalho, desenvolver e aplicar tecnologias de baixo custo para purificação da água, mitigando os problemas com a poluição local e global, tendo como foco, os metal(oide)s (Fe, Al, Mg, Hg, Cd, Cu, Zn, Ni, Pb e As) e poluentes orgânicos (HPAs, esteróis e hormônios). Serão aplicadas técnicas de descontaminação de ultrassom e eletrocinética para desenvolvimento de um protótipo. Pretende-se utilizar como estudo de caso comunidades do norte do estado do ES. Esta região tem sofrido com vários eventos de poluição pontuais (ex. esgoto) ou de larga escala, como no caso do rompimento da barragem de Fundão, em Mariana, MG, que liberou mais de 50 milhões de m3 de rejeito de minério de Fe em 2015. Este material foi carreado ao longo do rio Doce, se depositando em parte na calha fluvial ou chegando até o litoral do ES. Este cenário levou ao empobrecimento da qualidade das águas da região, se adicionando a problemas já existentes como a falta de tratamento de esgoto, o desmatamento, a poluição industrial, entre outras. Para piorar, a costa norte do ES, junto com o nordeste brasileiro, recebeu uma grande quantidade de petróleo cru de origem desconhecida no segundo semestre de 2019. Para mitigar este problema de insegurança hídrica causada por poluentes de várias fontes, vamos reunir pesquisadores de diferentes instituições do Brasil e da Dinamarca, com experiência em monitoramento de poluentes e aplicação de técnicas físico-químicas para purificação de água. Ao conhecimento dos autores esta é a primeira vez que técnicas de ultrassom e eletrocinética são aplicadas em conjunto para resolução da contaminação orgânica e inorgânica de águas. Os resultados poderão ser empregados universalmente.
  • Universidade Federal do Espírito Santo - ES - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Renato Sousa Lima

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • biossensores elétricos e eletroquímicos moduláveis com eletrodos baseados em papel ou filmes micro/nanofabricados para o desenvolvimento de testes rápidos, point-of-care e em massa da covid-19
  • A pandemia da COVID-19 tem evidenciado a necessidade por diagnósticos rápidos, escalonáveis e implantáveis em campo (point-of-care, POC), fundamentais por contribuírem para descentralizar os cuidados médicos e fornecer dados clínicos sobre um número significativo de pessoas. Porém, o desenvolvimento desses testes é ainda um desafio. A partir de avanços em química de superfície, inteligência artificial, e eletrodos nanodecorados com vantagens complementares, nosso objetivo é gerar biossensores viáveis para traduzir diagnósticos POC da COVID-19 para prática clínica. Usaremos papel pirolisado como eletrodo escalonável e biorrenovável com a adição do Tween 20, que leva à formação in-situ de um nanofilme hidrofílico (2 nm). Esse filme impede a biopassivação por proteínas (desafio para eletroanalítica em biofluidos) e permite a capilaridade das amostras através dos poros do papel, elevando a sensibilidade. Enquanto as estratégias de anti-biopassivação da literatura comprometam a sensibilidade, nosso método leva a um aumento de 125% da corrente após 1 h de exposição a plasma humano. Também usaremos transistores eletrolíticos como transdutores por apresentarem vantagens como i) operação inerente em meio aquoso, ii) baixa tensão de funcionamento (< 1V), iii) possibilidade de miniaturização e iv) capacidade de amplificação de sinais. Imunoensaios impedimétricos serão realizados para testes de anticorpos (Ab) da COVID-19 por meio da adsorção direta da proteína Spike (S) sobre nanopartículas de ouro (AuNP). Essa bioconjugação AuNP/S é rápida (10-30 min) e modular, podendo ser reprogramada para detectar outros analitos pela simples adição do seu biorreceptor sobre as AuNPs. A partir de um método de machine learning, os dados serão convertidos em equações simples para classificar com acurácia amostras de soro de indivíduos saudáveis e pacientes da COVID-19.
  • Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais - SP - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Renato Vasconcelos Botelho

Ciências Agrárias

Agronomia
  • aspectos fisiológicos, bioquímicos e agronômicos da cultura da nogueira pecan no sul do brasil em sistemas sustentáveis
  • A nogueira pecan (Carya illinoinensis (Wangeh.) K. Koch) é uma frutífera de clima temperado da família Juglandaceae, sendo originária das regiões temperadas da américa do norte ao longo do rio Mississipi no Texas, EUA. Porém, de acordo com as condições climáticas favoráveis, também é cultivada na Austrália, Canadá, México, África do Sul e Brasil. Em território Nacional, a cultura começou a ser explorada comercialmente entre 1960 e 1970 desde o Estado de Minas Gerais até o Rio Grande do Sul. Com o passar dos anos e a melhoria do aporte tecnológico, a produção brasileira colocou o país como o quarto maior produtor do fruto, com safra recorde de 3,5 mil toneladas em cerca de 10.0000 hectares. Sua utilização para fins madeireiros também tem sido explorada. O projeto visando o desenvolvimento de tecnologias sustentáveis para o cultivo da Nogueira Pecan e o maior conhecimento de sua fisiologia, bioquímica e desenvolvimento nas condições do sul do país e em sistemas sustentáveis, está dividido em 4 subprojetos com objetivos e metodologias bem definidas: 1) Subprojeto 1: Melhoramento da nogueira pecan: seleção de genótipos superiores 2) Subprojeto 2: Microorganismos benéficos no desenvolvimento da nogueira pecan, 3) Subprojeto 3: Avaliação de sistemas agrosilvopastoris para a nogueira pecan, 4) Subprojeto 4: Estudo da dormência em diferentes cultivares de nogueira Pecan. O projeto conta com a colaboração de diferentes instituições no Brasil e no Exterior: Universidade Estadual do Centro-Oeste do Paraná (Unicentro), Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná (IDR-PR), Instituto Federal do Paraná (Campus de Palmas), Universidade Federal do Paraná, Universidade de Bolonha (Itália) e Instituto Politécnico de Viseu (Portugal). Estão envolvidos na execução do projeto 12 pesquisadores doutores assim como alunos de pós-graduação (mestrado e doutorado) e de graduação (Iniciação Científica e Iniciação Tecnológica).Também tem o apoio da Empresa Nozes Pitol (Anta Gorda-RS).
  • Universidade Estadual do Centro-Oeste - PR - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Renato Vicentini dos Santos

Ciências Biológicas

Genética
  • biologia de sistemas do florescimento: aumento sustentável da produtividade da cana-de-açúcar
  • A cana-de-açúcar é uma das principais culturas globais para açúcar e biocombustíveis, embora a genética da cana-de-açúcar contribua para o aumento da biomassa, ela também apresenta florescimento precoce, sendo o florescimento uma característica indesejável. As perdas de produtividade devido ao florescimento são substanciais e podem chegar a 20-30%. Apesar da importância global da cana-de-açúcar, poucas informações são conhecidas sobre a regulação gênica do processo de florescimento. Uma maior compreensão do controle do florescimento é importante visando a manipulação deste processo, seja para atrasá-lo visando aumento de produtividade, ou para se obter um momento de florescimento mais uniforme e previsível. O projeto propõe a obtenção de linhagens transgênicas expressando repressores florais, nas quais a floração é retardada em diferentes graus. Também realizaremos análises de qPCR para genes previamente identificados em amostras ao redor dos pontos de indução, a fim de obter mais informações sobre essas mudanças dinâmicas. Em estudo anterior de nosso grupo (Manechini et al, 2021), realizamos análises para identificar genes diferencialmente expressos na indução em uma variedade comercial com florescimento tardio. Essa análise identificou genes associados à indução de ortólogos do gene FT, que esta na primeira etapa da indução floral. Este projeto da continuidade a um projeto financiado pela FAPESP que identificou os perfis transcricionais em um ponto de tempo específico durante a indução do florescimento. Utilizaremos uma câmara de fotoperíodo construída para este propósito (uma das poucas no mundo, financiada pela FAPESP), que nos permitirá analisar o florescimento de plantas cultivadas em condições indutivas e não indutivas. As linhagens transgênicas serão cultivadas na instalação de fotoperíodo e as amostras serão colhidas ao longo de um período de tempo que abrange o ponto de indução floral, conforme publicado anteriormente por nosso grupo.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Renato Xavier Coutinho

Ciências Humanas

Educação
  • institutos de educação profissional e tecnológica e a escola da ponte: possibilidades para o ensino técnico integrado entre brasil e portugal
  • Concebe-se que o Currículo Integrado não é uma justaposição aleatória de unidades curriculares, tampouco uma mera relação inter e/ou transdisciplinar. Consiste numa concepção de Ensino, em que há retomada do sentido da Educação Profissional e Tecnológica e do seu papel humano e social. Uma das propostas pedagógicas adequadas ao Currículo Integrado, e que permite o diálogo dos estudantes com o currículo e com o mundo ao seu redor na perspectiva de compreendê-lo, explicá-lo e transformá-lo, é aquela adotada pela Escola Básica da Ponte em Portugal. Esta escola garante autonomia aos estudantes e comunidade escolar em decisões que são tomadas de forma colaborativa e democrática sobre os processos educacionais. Assim, este projeto propõe trazer os saberes implementados na Escola da Ponte e pressupostos teóricos desenvolvidos no Instituto Politécnico do Porto (IPP) na implantação de um projeto piloto nos cursos técnicos integrados oferecidos pelo IFFar, cujas propostas curriculares visam a formação integral do indivíduo, ou seja, superar a dicotomia trabalho manual e trabalho intelectual para agregar o campo intelectual ao trabalho produtivo, formando assim, trabalhadores capazes de atuar como dirigentes e cidadãos. O Currículo Integrado precisa ter em seu bojo a nitidez do estatuto epistêmico em que se originou e o seu sentido iminente ético-político. A formação omnilateral exige que todo ser humano seja concebido e pensado em suas demandas e aspirações, todas as dimensões de todos os seres humanos. Não apenas lhe incutir algumas competências e habilidades que irão, de modo instrumental, habilitá-lo e inseri-lo no universo do trabalho, mas oportunizar-lhe ampla e irrestrita reflexão em relação à sua autodeterminação e autonomia. A inserção do modelo proposto na Escola da Ponte no Currículo Integrado pressupõe uma nova concepção epistemológica, uma nova abordagem pedagógica e um panorama sistêmico e integrador do que é o conhecimento.
  • Instituto Federal Farroupilha - RS - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Renato Zanella

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • desenvolvimento e aplicação de métodos para determinação multirresíduo de agrotóxicos, fármacos de uso humano e veterinário em amostras de alimentos, ambientais e biológicas para avaliar os impactos sobre a saúde humana e ambiental
  • A utilização de agrotóxicos e fármacos de uso veterinário de forma intensiva na agricultura e na pecuária, respectivamente, bem como a quantidade de fármacos presente em efluentes domésticos e hospitalares têm agravado os riscos de contaminação dos alimentos, meio ambiente e seres vivos. Dispor de capacidade analítica adequada, com instrumentação moderna e pessoal capacitado é de fundamental importância para o conhecimento da situação visando a proteção da saúde da população e do meio ambiente. Para avaliar os níveis de resíduos de agrotóxicos e outros contaminantes em alimentos (de origem vegetal e animal), amostras biológicas (sangue, urina, peixe, abelha e pássaros) e ambientais (água, efluente, solo, sedimento, ar e plantas), bem como estudar os impactos relacionados, é necessário desenvolver e validar métodos amplos e modernos empregando cromatografia líquida de ultra-alta eficiência e cromatografia gasosa acopladas à espectrometria de massas em série (UHPLC-MS/MS e GC-MS/MS, respectivamente) para quantificar em níveis bastante baixos (ng-µg/L ou kg). Através das análises e dos estudos de avaliação toxicológica e dos riscos aos humanos, animais e ao meio ambiente associados será possível constatar se há exposição e qual a extensão. Medidas para remoção/mitigação da contaminação serão estudadas para avaliar a eficiência e a viabilidade. A equipe do projeto tem larga experiência em estudos colaborativos para estabelecimento de métodos de análise e avaliação da ocorrência de resíduos e contaminantes nas matrizes mencionadas, bem como na avaliação da toxicidade dos compostos e os riscos associados. Será empregando planejamento fatorial para a otimização dos experimentos. Os resultados obtidos permitirão gerar informações sobre a extensão da exposição da população, principalmente dos trabalhadores rurais, e do meio ambiente a agrotóxicos e outros contaminantes, permitindo a tomada de decisão pelos órgãos de controle no âmbito da saúde pública e do meio ambiente.
  • Universidade Federal de Santa Maria - RS - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Ricardo Alexandre Arcêncio

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • impacto da covid-19 na prevenção e controle da tuberculose no brasil: análise das políticas de proteção social, da situação epidemiológica e de incorporação tecnológica (projeto cov-tb)
  • A Tuberculose (TB) consiste numa doença de magnitude, de relevância social, afetando principalmente países em desenvolvimento, com quadro dramático de pobreza. O Brasil está na lista de países afetados, em que apesar do progressos rumo à meta pelo Fim da TB, a prevenção, o diagnóstico e o tratamento são desafiadores. O percentual de cura entre os diagnosticados nem chega aos 72%. O que parecia crítico, com a pandemia da COVID-19, pode ter se agravado, pelo desmantelamento de políticas direcionadas ao enfrentamento da doença, estresse gerado nos serviços de saúde e modificações na epidemiologia da TB. Estratégias importantes, como o DOTS, que lograram êxito no controle da doença, por imprimir uma lógica de orientação para o cuidado centrado na pessoa, tiveram suas atividades suspensas. A inclusão da TB na agenda política foi uma tônica questionável pelos Movimentos Sociais, e a atuação deles pode ter tido um efeito portentoso na proteção das famílias afetadas pela TB. Inovações tecnológicas foram requeridas pelos serviços, notadamente por meio da saúde digital, para acompanhamento das pessoas afetadas pela doença, de forma remota, todavia muitos profissionais se viram desprovidos desse recurso. Assim, o estudo tem como objetivo avaliar o impacto da COVID-19 na prevenção e controle da tuberculose. Para tal, o projeto se estrutura em três Eixos, que são: Eixo 1: abordagem da política, onde serão realizadas entrevistas com informantes-chave das instituições, da gestão, dos Movimentos Sociais, e recolha de documentos oficiais, com posterior triangulação. No Eixo 2, epidemiológico, haverá levantamento de dados de TB e COVID-19 para conformação das coortes e assim avaliar o real impacto da pandemia na epidemiologia da TB. E no Eixo 3, haverá introdução de uma tecnologia para acompanhamento de usuários com TB (o VDOT) em alguns municípios das cinco macrorregiões, selecionados com base no eixo 2. Ao final, será verificado o impacto do VDOT na adesão e cuidado.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Ricardo Alves de Mesquita

Ciências da Saúde

Odontologia
  • terapia de fotobiomodulação na mucosite oral e orofaríngea: aspectos clínicos, bioquímicos, inflamatórios, microbiológicos, avaliação da qualidade de vida e desfechos psicológicos.
  • O tratamento com quimioterapia (QT) acarreta efeitos colaterais e a mucosite oral e/ou orofaríngea (MOO) o mais frequente. A terapia de fotobiomodulação (TFBM) é o seu tratamento mais eficaz. A literatura ainda é escassa sobre a MOO e TFBM na qualidade de vida (QV), depressão e ansiedade dos indivíduos, nos parâmetros inflamatórios e microbiológicos. O objetivo deste ensaio clínico randomizado será avaliar os efeitos clínicos, bioquímicos, inflamatórios e microbiológicos da TFBM no manejo da MOO induzida por QT e o impacto da magnitude da MOO na qualidade de vida, depressão e ansiedade. Pacientes de ambos os sexos em QT serão divididos em três grupos de acordo com a localização da aplicação da TFBM. Parâmetros clínicos e inflamatórios serão avaliados por meio da investigação de citocinas inflamatórias, redes extracelulares de neutrófilos (NET) e de eosinófilos (EET) na saliva. O isolamento e identificação de Candida spp. será feito a partir de amostras de saliva. Raspados da mucosa oral serão utilizados para investigação de infecção pelos vírus do herpes simples (HSV-1) e citomegalovírus (CMV). A qualidade de vida, depressão e ansiedade serão avaliados pelos instrumentos: Parental-Caregiver Perceptions Questionnaire (P-CPQ), Family Impact Scale (FIS), Oral Health Impact Profile (OHIP-14) e Children's Depression Inventory (CDI). As comparações serão feitas entre os grupos com base nos desfechos clínicos, inflamatórios e microbiológicos propostos, bem como no impacto na qualidade de vida, depressão e ansiedade. A hipótese é que a TFBM aplicada nos grupos que utilizarão o dispositivo intraoral na orofaringe e extraoral será mais eficaz em todos os parâmetros. Os dados podem contribuir com medidas preventivas, tratamento e redução de comorbidades em pacientes com MOO induzida por QT, bem como elucidar os mecanismos da doença, impacto na qualidade de vida, ansiedade, depressão e medidas adjuvantes de proteção.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Ricardo Andrade Reis

Ciências Agrárias

Zootecnia
  • estratégias de manejo para a intensificação sustentável de pastagens tropicais
  • O desafio da intensificação sustentável da pecuária de corte consiste em manter o equilíbrio do ecossistema, aumentar a produtividade por animal e por área, produzir carne de alta qualidade em termos nutricional e segurança alimentar, reduzindo as emissões de gases de efeito estufa (GEE). Para tanto, é necessário utilizar práticas de manejo da pastagem sustentáveis que respeitem os limites da solo e da forrageira e garantam a produção de forragem de alto valor nutritivo em quantidade e qualidade. O manejo do pasto com ajuste da taxa de lotação para manter a interceptação luminosa de 95% da radiação incidente, no caso do capim marandu manejado sob lotação contínua varia de 25 a 40 cm de altura. Considerando a eficiência de pastejo de 50% e a fertilização com nitrogênio (N), pode-se obter produção de forragem com alto valor nutricional e com altos teores de proteína solúvel. A suplementação proteico energética, portanto, pode ser uma estratégia para maximizar a eficiência de utilização do excesso de N da forragem e aumentar a síntese de proteína microbiana. Além disso, como alternativa aos antibióticos, o uso de compostos naturais presentes em plantas e seus extratos tem sido estudado com o objetivo de manipular a fermentação ruminal e o metabolismo animal para aumentar a síntese de PB microbiana e reduzir as emissões de GEE. Dentre os fitogênicos, destacam-se os taninos condensados, saponinas e óleos essenciais. Serão conduzidos dois experimentos com o objetivo de avaliar os efeitos de aditivos fitogênicos (taninos condensados, blends de óleos essenciais e saponina) na recria de tourinhos em pastos de capim Marandu, e suas implicações sobre características estruturais e composição química da forragem, consumo e digestibilidade de nutrientes, eficiência de uso de N e síntese de proteína microbiana, parâmetros ruminais, desempenho animal, ganho por área e taxa de lotação, bem como determinar as emissões de GEE das excretas dos animais.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Ricardo Antonio Francisco Machado

Engenharias

Engenharia Química
  • síntese de polímeros derivados de cerâmicas (pdc) a partir de estruturas híbridas (organic-inorganic polymers) - aplicação como suporte para catalisadores
  • Polímeros híbridos orgânico-inorgânicos são obtidos a partir da copolimerização de monômeros orgânicos com precursores inorgânicos, cujo produto final apresenta características únicas, de acordo com o precursor empregado. No Brasil, a síntese de precursores cerâmicos vem se desenvolvendo ao longo dos anos sendo que colaborações e parcerias entre instituições brasileiras e estrangeiras tem demonstrado um grande valor para a formação de novos pesquisadores atuantes na área. Colaborações entre a Universidade Federal de Santa Catarina e a Universidade de Bayreuth, localizada na cidade de Bayreuth – Alemanha – permitiram a produção de trabalhos na área de polímeros híbridos para aplicações como recobrimento protetivo (coatings) e polímeros pré ceramicos, bem como a formação de doutores que hoje atuam nessas áreas de pesquisa. A área de polímeros pré ceramicos (polymer derived ceramics) é, atualmente, uma das mais estudadas pois apresenta um leque de aplicações bastante vasto. A Universidade de Limoges/CNRS, localizada na cidade de Limoges– França, sedia o Institut Européen des Ceramiques, coordenado pelo Prof. Dr. Samuel Bernard, onde polímeros pré cerâmicos são utilizados para o desenvolvimento diversos materiais com estrutura hierárquica de porosidade controlada. Alguns dos objetivos principais do instituto francês concentram-se na obtenção de um sistemas de membranas para produção de hidrogênio e energia, sistemas para geração de energia, purificação e separação de gás e armazenamento de energia. Este projeto visa a obtenção angariar recursos para darmos prosseguimento as nossas atividades de pesquisa e desenvolvimento com as instituições citadas.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2023
Foto de perfil

Ricardo Augusto Souza Fernandes

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • determinação da contribuição harmônica em pontos de acoplamento comum com microrredes: análises dos efeitos dinâmicos dos componentes harmônicos nas operações conectada e ilhada
  • Dispositivos não lineares têm contribuído significativamente para o aumento das distorções harmônicas nos sistemas de distribuição de energia elétrica (SDEE), afetando a qualidade da energia elétrica entregue aos consumidores. Deste modo, a identificação da origem da contribuição harmônica permite a aplicação de ações mitigadoras. No contexto de microrredes (MRs), sabe-se que elas podem operar conectadas ou ilhadas do SDEE, gerando dois possíveis cenários de análise. Quando a MR opera de forma conectada, é importante identificar se a maior contribuição harmônica no ponto de acoplamento comum (PAC) é proveniente dos elementos que compõem a MR ou se a maior injeção de harmônicos é do SDEE. Por outro lado, quando operada no modo ilhada, é importante ter um pré-conhecimento da contribuição harmônica no PAC para que seja possível investigar os efeitos de harmônicos de sequência negativa no gerador síncrono de referência da MR e a estabilidade da mesma no momento de sua desconexão, considerando ainda a influência de condições climatológicas, principalmente em dias e horários que apresentem variações abruptas de irradiação solar. A princípio, essas análises serão realizadas mediante simulações computacionais para que a metodologia seja completamente implementada e avaliada. Na sequência, a metodologia será validada por meio de uma bancada experimental, em que um protótipo de hardware será desenvolvido e integrado a um gerador arbitrário de sinais. Dessa forma, poderá ser validado o real desempenho da metodologia proposta neste projeto. Destaca-se que não há na literatura uma abordagem que determine a contribuição harmônica no PAC de conexão da MR com o SDEE. Assim, é válido mencionar que, além de propor uma nova metodologia de determinação da contribuição harmônica, a mesma será empregada no contexto de MRs, considerando a avaliação de seu desempenho para os cenários supracitados (modos de operação conectada e ilhada) e embarcada em hardware de baixo custo.
  • Universidade Federal de São Carlos - SP - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Ricardo Bentes de Azevedo

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • nanopartículas de ouro bioconjugadas com anticorpos para a detecção de sars-cov-2 pela técnica de espalhamento de luz dinâmico (dls)
  • “Testar, testar, testar é a chave para controlar a propagação do SARS-CoV-2” (e, consequentemente, de sua manifestação clínica - COVID-19), de acordo com a OMS. No entanto, mesmo quatro meses após as primeiras notificações da nova doença pela China, o acesso aos testes de diagnósticos ainda é difícil em todo o mundo. O Brasil não foge desta realidade. O teste de diagnóstico padrão ouro para detecção do SARS-CoV-2 é o RT-PCR. Esse tipo de análise leva em média 12 h (apenas para ser processado pelos laboratórios), requer equipamentos, reagentes e expertise apropriadas e é, em geral, realizada de forma centralizada, e ocorrendo, na maioria das vezes, distante do local de coleta. Isso, normalmente acarreta uma espera de mais de 48 horas pelos resultados. Neste sentido, faz-se necessário e urgente o desenvolvimento de testes capazes de detectar a presença do vírus de forma rápida (até no máximo 1 h), descentralizada (preferencialmente em postos de atendimento), com alta sensibilidade e especificidade. Nesta proposta, está sendo proposto um teste para o diagnóstico do vírus causador da COVID-19 a partir da saliva de pacientes, com algumas vantagens adicionais: rápido (5 a 30 min desde a coleta), permite um aumento no número de análises, sem necessidade de pessoal altamente treinado e qualificado, uso de equipamentos mais simples e de menor custo (a ser desenvolvido no projeto), é de fácil e rápida implementação em sistemas de saúde público ou privado, com possibilidade de análise nos pontos de atendimento (point of care) e apresenta alta sensibilidade e especificidade. Para atingir estes objetivos, a proposta da equipe é desenvolver um método para o diagnóstico do vírus SARS-COV-2 usando como leitor um sistema de baixo custo, a ser desenvolvido no projeto, bem como a técnica de espalhamento dinâmico de luz (DLS), a ser utilizada em laboratórios centrais. Para tanto, um imunoteste baseado em reação específica de aglutinação do SARS-COV-2 será padronizado e validado por nanopartículas de ouro funcionalizadas com anticorpos anti-glicoproteína spike do vírus (Ac-AuNPs). A resposta do sistema será detectada em equipamentos que utilizam a técnica de dispersão Rayleigh induzida por laser, que permite a detecção sensível (e extremamente precoce da infecção) e seletiva (garantindo maior fiabilidade do teste) da dispersão de Rayleigh dos agregados de Ac-AuNPs com o vírus. Como as AuNPs apresentam propriedades dependente de tamanho e forma (efeito plasmônico), a incidência de luz irá determinar como as alterações de tamanho pelo efeito da agregação/proximidade causam a mudança de tamanho ( a ser detectado em equipamento por técnica de DLS, e com resultado qualitativo e quantitativo) e cor da solução (detectado em um sistema simples e barato, menos de mil reais, a ser desenvolvido no projeto) em presença do vírus. Esse último é um teste qualitativo, com resultados obtidos inclusive a olho nu em 5 min, dependendo da carga viral presente na amostra. Vale ressaltar que o sistema quando utilizado por técnica de DLS vai possibilitar avaliar, por exemplo, se o paciente está infectado ou se está respondendo ao tratamento). Vale também destacar que este projeto poderá ser adaptado para qualquer vírus, o que pode permitir ao Brasil adquirir uma plataforma rapidamente adaptável para outros possíveis desafios, inclusive mutantes do coronavírus-2. A proposta envolve uma equipe multidisciplinar e interdisciplinar que trabalhará em redundância -dois ou mais laboratórios trabalhando no desenvolvimento do sistema de forma concomitante, compartilhando todas as informações, em uma plataforma de uso comum, para que os objetivos sejam alcançados o mais rapidamente possível. Este projeto é baseado na pesquisa desenvolvida com sucesso por Driskell e col. (2011), no qual um sistema semelhante foi desenvolvido com sucesso para o vírus influenza.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 16/07/2020-15/09/2022
Foto de perfil

Ricardo Bezerra Cavalcante

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • observatório de pesquisas, inovações e tecnologias de combate à infodemias (obinfo)
  • As informações no contexto de pandemias, na atual era digital, difundem-se rapidamente por diferentes tipos de mídias e produzem um exorbitante volume informacional, incluindo falsas teorias, “fake news”, provocando desinformação, pânico, confusões, riscos à saúde, deflagrando o fenômeno denominado de infodemia, reconhecido como um problema de saúde pública mundial pela OMS. É preciso desenvolver inovações, tecnologias e conhecimentos que possam subsidiar o combate à infodemia no atual contexto pandêmico e em outras futuras. Para tanto, busca-se desenvolver o Observatório de Pesquisas, Inovações e Tecnologias de combate à infodemias (OBINFO). O OBINFO é uma iniciativa em rede entre Universidades Brasileiras (UFJF, USP, UFSJ, UFV, UFRGS, UCB, UFMG, UFRJ, UFF, UNIRIO) que vem desenvolvendo a pesquisa multicêntrica “Infodemia de COVID-19 e suas repercussões sobre a saúde mental de pessoas idosas”. Pretende-se: Desenvolver Plataforma Web Inteligente do OBINFO, bem como avaliar sua usabilidade; Desenvolver e publicar resultados de pesquisas sobre infodemias; Disseminar informações, vídeos e eventos relacionados à gestão de infodemias; Disseminar informações e conhecimentos sobre estratégias de mitigação de infodemias baseadas em evidências científicas; Promover a infovigilância de notícias falsas de interesse à saúde pública; Desenvolver, validar e publicizar a Escala de Transtorno Reativo Infodêmico Informatizada; Desenvolver, validar e publicizar o consenso de estratégias de enfrentamento a infodemias. A pesquisa de desenvolvimento ocorrerá em 4 fases: FASE 1: Desenvolvimento da Plataforma Web Inteligente do OBINFO; FASE 2: Avaliação de usabilidade da plataforma; FASE 3: Desenvolvimento e avaliação das propriedades psicométricas da Escala de Transtorno Reativo Infodêmico informatizada na plataforma; FASE 4: Desenvolvimento e avaliação do Consenso de estratégias de enfrentamento a infodemias disponibilizado na plataforma.
  • Universidade Federal de Juiz de Fora - MG - Brasil
  • 05/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Ricardo Bomfim Machado

Ciências Biológicas

Ecologia
  • cerrados do planalto central – estrutura, dinâmica e processos ecológicos – fase 4
  • A proposta apresenta visa dar continuidade aos levantamentos e monitoramento de comunidades de plantas e animais na APA Gama e Cabeça de Veado, uma unidade de conservação distrital inserida na matriz urbana da cidade de Brasília-DF. Os estudos propostos complementarão as pesquisas desenvolvidas na Fase 2 (2013-2016) e Fase 3 (2017-2020) e irão também analisar os efeitos das alterações ambientais naturais e antropogênicas sobre a biota da área. Nesta fase será utilizada a abordagem do estado-pressão-resposta para verificar, em cada grupo taxonômico isoladamente ou em conjunto, como as espécies, comunidades, ecossistemas e processos ecológicos respondem a tais perturbações e variações. A execução do projeto está a cargo da Universidade de Brasília, com o envolvimento de pesquisadores dos departamentos de Zoologia, Ecologia, Botânica e Genética e Morfologia. Como parceiros na execução do projeto, estão a Universidade Católica de Brasília, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade. A proposta terá a participação 45 pesquisadores, colaboradores, alunos de pós-graduação e de graduação. Os alunos de pós-graduação e seus orientadores estão associados com os programas de mestrado e doutorado em Ecologia, Zoologia, Ciências Ambientais da Universidade de Brasília e mestrado em Ciências Genômicas e Biotecnologia da Universidade Católica de Brasília. Ao final do desenvolvimento do projeto espera-se que o conjunto de informações geradas estejam disponíveis na forma de artigos científicos e na base de dados do SiBBr, que alunos de graduação e de pós-graduação estejam treinados em técnicas e protocolos de coleta e análise de dados sobre a biodiversidade e padrões espaciais, que a gestão das unidades de conservação envolvidas seja aprimorada e que a comunidade da região tenha acesso a palestras e materiais didáticos sobre a importância da biodiversidade do Cerrado. Por fim, espera-se que ocorra uma maior integração dos sítios PELD, pois o Sítio ACGV pretende promover a troca de experiência com integrantes dos sítios ARAR, PNCG, TANG e STQK.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 10/12/2020-31/12/2024
Foto de perfil

Ricardo César Aoki Hirata

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • estratégias híbridas hidroeconômicas de enfrentamento das mudanças climáticas globais em cidade
  • Entre 2013 e 2017, longos períodos de estiagem criaram uma crise no abastecimento de água que afetou 48% dos municípios brasileiros, causando graves problemas para a saúde pública, economia e ambiente. Soluções tradicionais, baseadas em sistemas de abastecimento de água centralizados com fonte-única, têm-se mostrado ineficazes no País. Assim, o objetivo deste projeto é o de criar soluções "híbridas hidroeconômicas", ou seja, aquelas que reduzam a vulnerabilidade do abastecimento em cidades, a partir do uso integrado de métodos clássicos e inovadores de engenharia, gestão e técnicas baseadas na natureza (Nature, Engineering and Management based Solutions, NE&MS). O trabalho está fundamentado na modelação de fluxo em aquíferos (código Modflow), acoplado a um modelo de água superficial (WEAP ou outro), que permita a alocação do recurso hídrico, considerando o uso conjuntivo de águas superficiais e subterrâneas; recarga manejada de aquíferos; e sistemas de captação aquífero-rio (riverbank filtration), este será testado em estudo piloto. Tais soluções serão avaliadas dentro de um novo arranjo de gestão, que levará em conta aspectos socioeconômicos, hábitos sociais dos usuários, os "produtores privados de água" [proprietários de poços ou aqueles que produzem água de reuso, que serão integrados ao abastecimento público; e produtores rurais e urbanos, que reduzem a demanda por água por incentivos, incluindo os financeiros], e as políticas de uso da terra. As soluções serão testadas de forma pioneira nas cabeceiras das bacias dos rios Bauru-Batalha (municípios paulistas de Bauru, Piratininga e Agudos). Toda a experiência interdisciplinar nas áreas de hidrogeologia, hidrológica, socioeconomia e governança, criará uma plataforma “hidroeconômica” de múltiplas soluções, que subsidiará uma gestão adequada às condições paulistas. Ao final, um fórum permanente será criado e que apoiará a governança das águas, através das agências governamentais parceiras
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Ricardo Coutinho

Ciências Exatas e da Terra

Oceanografia
  • desenvolvimento de métodos inovadores para avaliação do derramamento do óleo ocorrido em 2019 nos ecossistemas da costa brasileira
  • Vide projeto anexo
  • Instituto de Estudos do Mar Almirante Paulo Moreira - RJ - Brasil
  • 15/12/2020-31/12/2023